Saltar para o conteúdo

Artix Linux

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Artix Linux
Logotipo

Captura de tela
Artix 20210101 com o KDE Plasma
Desenvolvedor Equipe Principal, Desenvolvedores, Suporte, Contribuidores e outros
Arquiteturas arm x86-64
Modelo do desenvolvimento Software Livre
Lançado em 27 de julho de 2017 (6 anos)
Versão estável 20230306 / 6 de março de 2023; há 16 meses[nota 1]
Versão em teste ISOs semanais /
Língua natural Multilíngue
Família Arch Linux
Núcleo Linux
Método de atualização pacman
Gerenciamento de pacotes pacman
Interface bash / Cinnamon / LXDE / LXQt / MATE / Plasma 5 / XFCE
Licença GNU GPL / Outras
Estado do desenvolvimento Corrente
Website artixlinux.org (em inglês).
Posição no Distrowatch 106ª (em inglês, em castelhano, em francês, em alemão, em tcheco/checo, em japonês e em chinês).
Origem comum  Terra
Portal do Software Livre

Artix Linux (ou simplesmente Artix /ɑːrtɪks/) é uma distribuição rolling release baseada no Arch Linux que usa inits, como o OpenRC, runit, s6, ou dinit,[1] em vez do systemd usado no Arch Linux.

O Artix Linux tem os seus próprios repositórios, mas como é uma distribuição baseada no pacman, pode usar os pacotes dos repositórios do Arch Linux ou qualquer outra distribuição derivativa, até mesmo para pacotes que dependem explicitamente no systemd. O Arch User Repository (AUR) também pode ser usado.

O Arch OpenRC[2] começou em 2012[3] e o Manjaro OpenRC foi subsequentemente desenvolvido juntamente. Em 2017[4][5] esses projetos se fundiram para criar o Artix Linux.

Captura de tela do Artix community-gtk edition 2020-02 mostrando o tema escuro padrão
Captura de tela do Artix community-gtk edition 2020-02 apresentando uma mistura de aplicações GTK e Qt: Kdenlive, GIMP, LibreOffice Writer, Claws mail, Smb4K e um despejo do Neofetch

Histórico de Versões[editar | editar código-fonte]

A distribuição inicialmente oferecia dois ambientes de instalação, uma imagem ISO com uma linha de comando básica e outra com o instalador gráfico Calamares baseado no ambiente de trabalho LXQt,[6] com uma versão para o i3 sendo lançada logo em seguida.[7] Essas versões antigas contavam com o sistema de init OpenRC, com versões contendo o runit sendo lançadas logo depois.[8][6] As últimas mídias de instalação estão disponíveis em diversos ambientes de área de trabalho, tais como o LXDE, XFCE, MATE, Cinnamon e KDE Plasma 5. Adicionalmente, duas edições não oficiais da comunidade apresentando áreas de trabalho em GTK e Qt e uma base de software maior são oferecidas, visando a usuários menos experientes ou sem tempo para configurar as versões mais minimalistas. Todas as mídias de instalação atuais vêm em versões para OpenRC, runit, s6, e dinit.[9]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Uma avaliação publicada no DistroWatch em 27 de novembro de 2017 encontrou alguns erros, mas em geral relatou que "o Artix está trabalhando com uma ideia boa (...) Ele é mínimo, é rolling [release] e oferece um sistema de init pouco utilizado.", e encerrou dizendo que "todos esses pontos (...) fazem o projeto ser útil".[8] Outra avaliação nesta mesma época pelo linux-community.de, mais crítica, concluiu que "os resultados até então não são exatamente motivadores".[10] Avaliações muito mais favoráveis foram apresentadas posteriormente em ambos os sítios.[11][12] Uma avaliação da Softpedia deu uma classificação de 5 estrelas de 5 ao Artix, observando o seu "ambiente gráfico belo e agradável".[13] As avaliações dos leitores do DistroWatch são sobretudo bastante favoráveis, com uma classificação média de 9,1 com 229 avaliações.[14]

Notas

  1. O Artix Linux lança ISOs estáveis e semanais; imagens estáveis são testadas para garantir que o sistema irá inicializar e instalar da forma prevista e são lançadas semestralmente. No entanto, é recomendado experimentar as ISOs semanais primeiro e apenas usar as estáveis como uma alternativa em caso de problemas.

Referências

  1. «Dinit — service manager and "init" system» (em inglês). Consultado em 14 de outubro de 2022. Cópia arquivada em 22 de agosto de 2022 
  2. «Archlinux, systemd-free» (em inglês). Consultado em 4 de setembro de 2019. Cópia arquivada em 27 de maio de 2022 
  3. artoo (14 de outubro de 2013). «OpenRC & eudev on Arch». Arch Linux Forums (em inglês). Consultado em 4 de setembro de 2019. Cópia arquivada em 15 de junho de 2022 
  4. «Return of the Jedi». Archlinux, systemd-free (em inglês). 27 de julho de 2017. Consultado em 14 de abril de 2020. Cópia arquivada em 27 de maio de 2022 
  5. «Manjaro-openrc will be discontinued». Manjaro Linux Forum (em inglês). 25 de agosto de 2017. Consultado em 4 de setembro de 2019. Cópia arquivada em 6 de dezembro de 2020 
  6. a b «ISOs antigas do Artix Linux». SourceForge (em inglês). Consultado em 8 de abril de 2020. Cópia arquivada em 18 de dezembro de 2021 
  7. «ISOs antigas do Artix Linux / i3». SourceForge (em inglês). Consultado em 8 de abril de 2020. Cópia arquivada em 18 de dezembro de 2021 
  8. a b «Review: Artix Linux - DistroWatch Weekly». DistroWatch (em inglês). 27 de novembro de 2017. Consultado em 4 de abril de 2020. Cópia arquivada em 12 de julho de 2022 
  9. «Artix Linux ISOs» (em inglês). Consultado em 14 de outubro de 2022. Cópia arquivada em 24 de setembro de 2022 
  10. «Neue Arch-Linux-Variante ohne Systemd» [Nova variante do Arch Linux sem systemd] (em alemão). Consultado em 26 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 14 de outubro de 2022 
  11. «Review: Artix Linux 20200125 - DistroWatch Weekly». DistroWatch (em inglês). Consultado em 26 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 10 de agosto de 2022 
  12. «Klein und kompakt: Artix – Arch Linux ohne Systemd» [Pequeno e compacto: Artix – Arch Linux sem systemd] (em alemão). Consultado em 26 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 28 de janeiro de 2022 
  13. «A simple, fast, systemd-free operating system based on Arch Linux and OpenRC or Runit». Softpedia (em inglês). 2 de julho de 2019. Consultado em 27 de abril de 2020. Cópia arquivada em 20 de outubro de 2021 
  14. «Reader supplied reviews for Artix Linux» (em inglês). Consultado em 9 de março de 2023. Cópia arquivada em 14 de outubro de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]