Artur Santos Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Artur Santos Silva no Fórum Internacional dos 20 anos da Rede de Bibliotecas Escolares, em 2016

Artur Eduardo Brochado dos Santos Silva GCIHGCLComM (Porto, 22 de maio de 1941) é um jurista e administrador de empresas português.[1][2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Artur Santos Silva nasceu a 22 de Maio de 1941 no Porto.[1][2]

Licenciou-se em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra[2] (1963), onde foi ator do CITAC - Círculo de Iniciação Teatral da Academia de Coimbra[3].

Iniciou a sua carreira profissional como assistente de Finanças Públicas e Economia Política nessa Faculdade de Direito (1963 -1967). Em 1968 seria nomeado diretor-geral do Banco Português do Atlântico (1968-1975), cargo que ocupou até ao fim do Verão Quente de 1975, quando o almirante Pinheiro de Azevedo o chamou para o VI Governo Provisório; exerceu então a função de Secretário de Estado do Tesouro (1975-1976).

Depois dessa experiência é nomeado vice-governador do Banco de Portugal (1977-1978) e volta a leccionar, como regente das disciplinas de Moeda e Crédito, no Centro Regional do Porto da Universidade Católica Portuguesa (1979-1985), e de Economia Financeira, novamente em Coimbra (1980-1982).

Em princípios dos anos 80, ainda com a banca estatizada, Artur Santos Silva surge envolvido na fundação da Sociedade Portuguesa de Investimentos, a qual seria o embrião do atual Banco BPI. Durante mais de duas décadas exerceu funções nesse banco — foi presidente da respetiva Comissão Executiva (1981-2004, sucedido por Fernando Ulrich) e do Conselho de Administração (2004-2015).

Depois de vários anos como vogal do Conselho de Administração da Fundação Calouste Gulbenkian e da Partex Oil & Gas Holdings Corporation, principal mecenas dessa instituição, em 22 de Dezembro de 2011 Santos Silva foi eleito presidente da Fundação Gulbenkian para o mandato 2012-2017, tendo assumido o cargo a 2 de Maio de 2012, data em que terminou o mandato de Rui Vilar[1].

É também presidente do Conselho Geral da Universidade de Coimbra.

Presidiu ainda à Comissão Nacional[4] para as Comemorações do Centenário da República. Foi membro do conselho de administração da Fundação de Serralves e exerceu o cargo de Presidente do Conselho Administrativo do "Porto – Capital Europeia da Cultura 2001", tendo o seu nome também ligado à Fundação Mário Soares, ao Lugar do Desenho – Fundação Júlio Resende ou ao conselho de fundadores da Casa da Música.[1][2]. Integrou, por fim, o Conselho de Administração da Jerónimo Martins.

Foi agraciado em 2010 com o grau de doutor honoris causa pela Universidade do Porto.[1][2]

É filho do advogado Artur Santos Silva, neto de Eduardo Santos Silva e bisneto de Dionísio Santos Silva.

Condecorações[editar | editar código-fonte]

  • Medalha de Honra; Grau de Ouro pela Câmara Municipal do Porto[1][2]

Ordens nacionais:[1][2][5]

Ordens estrangeiras:[1][2]

Referências

  1. a b c d e f g h Jornal Público e Agência Lusa (22 de dezembro de 2011). «Eleição por unanimidade - Artur Santos Silva é o novo presidente da Gulbenkian». Faz referência (tal como sigarra.up.pt) a condecorações que não são encontradas no sítio da Presidência da República Portuguesa. Indica erradamente "Ordem de Mérito Nacional da República Francesa" e "Ordem de Mérito Civil" (ambos casos sem grau) e "Ordem de Cavaleiro". Jornal Público. Consultado em 21 de maio de 2014. Cópia arquivada em 21 de maio de 2014 
  2. a b c d e f g h «Doutores "Honoris Causa" pela Universidade do Porto : Artur Santos Silva». Faz referência a condecorações que não são encontradas no sítio da Presidência da República Portuguesa. Indica erradamente "Ordem de Mérito Nacional da República Francesa" e "Ordem de Mérito Civil" (ambos casos sem grau) e "Ordem de Cavaleiro". Universidade do Porto. Consultado em 21 de maio de 2014 
  3. DN
  4. Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República (2010). «A Comissão Nacional : Apresentação». Sítio do Centenário da República 1910-2010. Consultado em 21 de maio de 2014. Cópia arquivada em 7 de julho de 2012 
  5. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Artur Eduardo Santos Silva". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 21 de maio de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Personalidades, integrado no Projecto Grande Porto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.