Artur Tamagnini de Sousa Barbosa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2011). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Se procura por o político, veja João Tamagnini Barbosa.

Artur Tamagnini de Sousa Barbosa (Macau, 1880 - Macau, 1940) foi um administrador colonial que por três vezes desempenhou o cargo de Governador de Macau.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Casou com a poetisa Maria Ana Acciaioli Tamagnini, e faleceu durante o seu terceiro mandato como governador da antiga colónia portuguesa de Macau.

Iniciou o seu primeiro mandato em 1918, tendo como residência oficial o Palácio de Santa Sancha, localizado na Freguesia de S. Lourenço.

O seu terceiro mandato foi muito mais difícil de desempenhar do que os outros dois porque, neste último mandato, ele teve que preparar Macau para enfrentar a Segunda Guerra Mundial e negociar com os japoneses para que estes respeitassem a neutralidade desta pequena colónia portuguesa. Este seu difícil trabalho foi depois transferido para Gabriel Maurício Teixeira, Governador de Macau entre 1940 a 1947.

Encontra-se colaboração da sua autoria na Gazeta das colónias [1] (1924-1926).

Mandatos como Governador de Macau[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Precedido por
Manuel Ferreira da Rocha e Agostinho Vieira de Matos
Governador de Macau
19181919
Sucedido por
Henrique Monteiro Correia da Silva
Precedido por
Manuel Firmino de Almeida Maia Magalhães
Governador de Macau
19261931
Sucedido por
Joaquim Anselmo de Mata Oliveira
Precedido por
António José Bernardes de Miranda
Governador de Macau
19371940
Sucedido por
Gabriel Maurício Teixeira