Aruba nos Jogos Sul-Americanos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Aruba nos Jogos Sul-Americanos

Comitê Olímpico Nacional (CON)
Código do COI ARU
Nome Comité Olímpico Arubano
Sítio oficial
Medalhas
Pos.
15º
Medalha de ouro
0
Medalha de prata
5
Medalha de bronze
11
Total de medalhas
16
Participações nos Jogos Sul-Americanos
1994199820022006201020142018
Praia: 200920112013

Aruba, país insular do Caribe, fez sua primeira participação nos Jogos Sul-Americanos Valencia-1994. Desde então, tem-se feito presente neste evento multi-desportivo. Conta sempre com delegações pequenas.

O país é representado nos Jogos Sul-Americanos pelo Comitê Olímpico de Aruba.

Delegação[editar | editar código-fonte]

Em Santiago-2014, Aruba foi representada por um total de dez atletas, sendo uma das menores delegações presentes aos Jogos.[1] Quatro anos mais tarde, a delegação caribenha teve o mesmo número de representantes em Cochabamba-2018.

Quadro de medalhas[editar | editar código-fonte]

Segue-se, abaixo, o histórico de Aruba nos Jogos Sul-Americanos.[2][3][4][5]

Ano Nação Cidade Posição Medalha de ouro Ouro Medalha de prata Prata Medalha de bronze Bronze Total
1978 Bolívia La Paz - - - - -
1982 Argentina Rosario - - - - -
1986 Chile Santiago - - - - -
1990 Peru Lima - - - - -
1994 Venezuela Valencia 14/14 0 1 2 3
1998 Equador Cuenca 13/14 0 0 2 2
2002 Brasil Brasil 12/14 0 1 2 3
2006 Argentina Buenos Aires 13/15 0 1 1 2
2010 Colômbia Medellín 13/15 0 0 2 2
2014 Chile Santiago 13/14 0 0 1 1
2018 Bolívia Cochabamba 13/14 0 2 1 3
2022 Paraguai Assunção
Total 0 5 11 16

Desempenho[editar | editar código-fonte]

O décimo segundo lugar, obtido no Brasil-2002, foi a melhor campanha de Aruba dentro dos Jogos Sul-Americanos, mesmo que a igualdade no total e na divisão de suas medalhas conquistadas tenham sido as mesmas de Valencia-1994. O país, até o momento, não conquistou nenhuma medalha de ouro neste evento.

Foi em Santiago-2014 que Aruba registrou o seu pior desempenho nestes Jogos, tendo obtido uma medalha de bronze (que lhe valeu o décimo terceiro lugar geral).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Con representantes de renombre - Colombia luchará con lo mejor de sus deportistas para alcanzar el título general de los IX Juegos Suramericanos». www.elmundo.com (em espanhol). 17 de março de 2010. Consultado em 8 de abril de 2010 
  2. «Juegos Suramericanos - Presentación». www.odesur.org (em espanhol). ODESUR - Organización Deportiva Suramericana (salvo em Wayback Machine). 2004. Consultado em 8 de abril de 2010 
  3. «Medallero final de Odesur 2014». www.purodeporte.com.py (em espanhol). Puro Deporte - Paraguay (salvo em Wayback Machine). 19 de março de 2014. Consultado em 15 de março de 2019 
  4. «Tabla de Medallería - Chile 2014 | Deportes - Colombia.com». www.colombia.com (salvo em Wayback Machine) (em espanhol). 18 de março de 2014. Consultado em 15 de março de 2019 
  5. «Medallería - XI Juegos Suramericanos Cochabamba 2018» (em espanhol). ODESUR Cochabamba 2018 (salvo em Wayback Machine). 8 de junho de 2018. Consultado em 9 de junho de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]