Aruremas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Aruremas
Escola-madrinha ARUC
Cores Vermelho, amarelo e branco
Símbolo Emas e folhas de arruda
Bairro Centro de Recanto das Emas

Associação Recreativa, Desportiva e Cultural Unidos do Recanto das Emas, popularmente conhecida como Aruremas[1] é uma escola de samba brasileira, sediada em Recanto das Emas, no Distrito Federal.[2][3]

Desde 1997, tem como rainha de bateria Deiva Rocha[4]

Em 2006, com um enredo que falava sobre o vermelho, uma de suas cores, a escola desfilou com duas rainhas de bateria, sendo uma delas de apenas 8 anos.[5]

Foi campeã do grupo 1 em 2008 com o enredo Aruremas vem desvendar os mistérios do luar, sendo promovida ao Grupo Especial, onde desfilou em 2009 com enredo Hare Aruremas, Hare Índia, Hare Hare.

Em 2011, desenvolveu um enredo sobre a auto-estima do brasiliense, que contou com o senador Cristóvam Buarque como compositor do samba.[6] Em sua estreia no grupo principal do carnaval, a escola acabou obtendo a sexta e última posição, sendo rebaixada e retornando ao grupo 1 para 2012.

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Corte de bateria[editar | editar código-fonte]

Ano Rainha Madrinha Ref.
1997 - 2010 Deiva Rocha - [4]
2015

Carnavais[editar | editar código-fonte]

Ano Colocação Grupo Enredo Carnavalesco Ref
2006 1 A energia criadora do vermelho Júnior O'Hara
2007 7º lugar Acesso 1 + Especial A voz do povo é a voz de Deus Júnior O'Hara
2008 Campeã 1 Aruremas vem desvendar os mistérios do luar Júnior O'Hara e Erimar Santos
2009 5º lugar Especial Hare Aruremas, Hare Índia, Hare Hare Júnior O'hara
2010 4º lugar Especial Brasília Capital Federal e sua Miscigenação Júnior O'hara [7][8]
2011 6º lugar Especial A autoestima de Brasília, verde que ter quero terra...

Compositores:Alaídes Rodrigues de Sousa e Cristóvam Buarque.

[6]
2012 1
(segunda divisão)

Referências

  1. Jornal de Brasília (acessado em 01/08/2009)[ligação inativa]
  2. Academia do Samba. «Escolas de samba do Distrito Federal». Consultado em 23 de janeiro de 2009 
  3. «NEAD - Aruremas (acessado em 01/08/2009)». Consultado em 1 de agosto de 2009. Arquivado do original em 27 de maio de 2006 
  4. a b Jornal Coletivo. «A rainha de Aruremas». Arquivado do original em 7 de junho de 2010 
  5. «Banda Imagem.art.br (acessado em 01/08/2009)». Consultado em 1 de agosto de 2009. Arquivado do original em 26 de outubro de 2008 
  6. a b Thalita Lins, Correio Braziliense (1 de março de 2011). «Enredo da escola Aruremas investe na autoestima do brasiliense». Consultado em 16 de janeiro de 2012 [ligação inativa]
  7. Correio Braziliense. «ARUc vence Carnaval no DF pela 30ª vez». Consultado em 5 de abril de 2010 
  8. Jornal Alô Brasília. «Começam hoje os desfiles no Ceilambódromo (13/02/2010)». Consultado em 5 de março de 2010 [ligação inativa]