As Esganadas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
As Esganadas
Capa do livro.
Autor(es) Jô Soares
Idioma Língua portuguesa
País  Brasil
Gênero Romance policial
Ilustrador Daniel Bueno
Carol Grespan
Editora Companhia das Letras
Lançamento 22 de outubro de 2011
Páginas 264
ISBN 9788535919752
Cronologia
Assassinatos na Academia Brasileira de Letras
(2005)

As Esganadas é um romance escrito por Jô Soares, lançado em 2011 pela editora brasileira Companhia das Letras.

Quarto romance policial do autor (precedido por O Xangô de Baker Street, O Homem que Matou Getúlio Vargas e Assassinatos na Academia Brasileira de Letras), o livro é ambientado no Rio de Janeiro de 1938 - ano em que Jô Soares nasceu[1] -, durante a Era Vargas, e retrata uma série de assassinatos perpetrados contra vítimas gordas. Subvertendo a narrativa policial comum aos suspenses envolvendo detetives, o serial killer é revelado logo no início da obra, bem como sua motivação para os crimes.[1] A trama concentra-se nos detalhes da busca pelo assassino.[2]

O título faz alusão ao modo como as vítimas são mortas: asfixiadas por sua gula em um processo que envolve interesse gastronômico, especialmente por doces portugueses, e intenso desejo sexual (com requintes de Complexo de Édipo).

As Esganadas atingiu o topo da lista de livros de ficção mais vendidos no Brasil duas semanas após seu lançamento.[3]

Referências

  1. a b «Morte às esganadas». Donna. Zero Hora (link restrito). 13 de novembro de 2011. Consultado em 28 de novembro de 2011 
  2. «Jô Soares volta ao policial e à era Vargas com 'As Esganadas'». Veja. Editora Abril. Consultado em 28 de novembro de 2011 
  3. Maia, Maria Carolina. «Jô Soares chega ao topo com 'As Esganadas'». Veja. Editora Abril. Consultado em 28 de novembro de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]