As Solteiras

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
As Solteiras
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Drama
Romance
Criador(es) Dulce Santucci
País de origem  Brasil
Idioma original português
Produção
Diretor(es) Tito Di Miglio
Elenco Lídia Costa
Neuza Amaral
Flora Geny
Arlete Montenegro
Armando Bógus
Exibição
Emissora original Brasil TV Excelsior
Formato de exibição Preto e branco
Transmissão original 6 de fevereiro de 1964 - 13 de março de 1964
Episódios 22
Cronologia
Corações em Conflito
Ambição

As Solteiras é uma telenovela brasileira produzida pela extinta TV Excelsior e exibida de 6 de fevereiro a 13 de março de 1964 no horário das 19 horas, totalizando 22 capítulos. Foi escrita por Dulce Santucci e dirigida por Tito Di Miglio.[1]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Conta a história de Leandra, que obriga suas três filhas solteiras (Andréa, Carmem e Dora) a levarem uma vida ilusória. A mais moça, Dora, cria o conflito, apaixonando-se por Luís Emílio, inimigo da mãe.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem[2]
Lídia Costa Leandra
Neuza Amaral Andréa
Flora Geny Carmem
Arlete Montenegro Dora
Armando Bógus Luís Emílio

Referências

  1. FERNANDES, Ismael (1982). Memória da telenovela brasileira. São Paulo: Proposta. p. 164. ISBN 8511220143 
  2. «As Solteiras». Teledramaturgia. Consultado em 7 de junho de 2021 
Ícone de esboço Este artigo sobre telenovelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.