As Super Novas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
As Super Novas, Vol. 1
Álbum de estúdio de Ivete Sangalo
Lançamento 25 de outubro de 2005
Gravação Junho – Setembro de 2005
Gênero(s)
Duração 44:52
Idioma(s)
Formato(s)
Gravadora(s) Universal
Produção Alexandre Lins
Cronologia de Ivete Sangalo
MTV ao Vivo
(2004)
Ivete no Maracanã
(2007)
Singles de As Super Novas
  1. "Abalou"
    Lançamento: 17 de outubro de 2005[1]
  2. "Chorando Se Foi"
    Lançamento: 12 de dezembro de 2005
  3. "A Galera"
    Lançamento: 3 de março de 2006
  4. "Quando a Chuva Passar"
    Lançamento: 4 de julho de 2006

As Super Novas, Vol. 1[nota 1] é o quinto álbum de estúdio da cantora brasileira Ivete Sangalo, lançado em 25 de outubro de 2005 pela Universal Music Brasil.[2] Com 12 faixas, sendo dez inéditas, o disco conta com os singles "Abalou", a regravação da canção do grupo Kaoma "Chorando Se Foi", "A Galera" e "Quando a Chuva Passar", que fez parte da trilha sonora da novela Cobras & Lagartos; outra canção notável do álbum foi "Soy Loco Por Ti América", regravação da canção interpretada por Caetano Veloso que também foi trilha de abertura da novela América.

Ivete embarcou na Turnê D'As Super Novas para promover o álbum em agosto de 2006, começando em Salvador, Bahia.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

O álbum também pôde ser adquirido com a compra do perfume Extraordinary, da marca de cosméticos Avon. "Quem teve a idéia de fazer essa parceria foi meu irmão Jesus. É por isso que eu digo que uma pessoa que anda do lado de Jesus não precisa se preocupar com nada", disse a cantora. Segundo o empresário de Ivete, a marca de cosméticos comprou 600 mil cópias e, os pedidos chegaram a 200 mil. Nas lojas foram colocadas 150 mil unidades na primeira tiragem.[2]

Arte da capa[editar | editar código-fonte]

Para a capa do álbum, Ivete foi inspirada pelas coletâneas dos anos 70 que traziam os grandes sucessos da época e que ganhavam títulos como "As super novas" ou "As Dez Mais". Na verdade, a cantora queria chamar atenção para suas novas canções, já que ela havia lançado o MTV Ao Vivo algum tempo antes.[3] Ela aparece vestindo uma calça jeans, top, sandálias de salto alto e brincos com pena de pavão, quase deitada em cima de uma moto com as nádegas arrebitadas, e com sua mão no queixo e a boca meio entreaberta. Ao ser indagada sobre por que resolveu fazer o estilo "gostosona", a artista respondeu: "Eu queria aparecer belíssima, bem sensual. Adoro aparecer bonita. Sou mulher. Além disso, quando resolvi fazer a capa do CD, eu me lembrei das capas nas quais Rose di Primo (famosa modelo/atriz dos anos setenta) aparecia de biquíni. Só que a mamãe aqui não está podendo".[4] Segundo a cantora, a ideia da capa surgiu quando ela já estava gravando no estúdio: "“Eu queria fazer algo divertido, mas ao mesmo tempo sensual. A idéia [sic] da capa foi do meu irmão Jesus Sangalo. Foi uma inspiração nos final dos anos 70 e início dos 80. Algo inspirado nas novelas Dancin' Days e Te Contei?, que fizeram muito sucesso na época. Por causa disso decidimos brincar com esses elementos, de uma mulher "gostosona" em cima de uma moto"”.[5]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
AllMusic 4 de 5 estrelas.[6]
Carnasite 3 de 4 estrelas.[7]
CliqueMusic 3.5 de 4 estrelas.[8]
Istoé Gente 2 de 5 estrelas.[9]

Hagamenon Brito do jornal Correio da Bahia deu ao álbum uma crítica positiva, dizendo que "As Super Novas vol 1 não decepciona quem acompanha a carreira da cantora. Sobretudo após Clube Carnavalesco Inocentes em Progresso, influenciado pelo então namorado Davi Moraes".[10] Mauro Ferreira da revista Istoé Gente escreveu uma crítica fria ao álbum, dizendo que nem os elementos de funk e ritmos latinos disfarçavam o caráter primário do repertório de Ivete, que era formado por "letras e melodias pobres", e adicionando que "tanto ecletismo sinaliza salutar tentativa de renovar a desgastada axé music, só que Ivete, mais uma vez, apresenta um disco aquém de seu potencial como cantora".[9]

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

As Super Novas foi o segundo álbum mais vendido de 2005, apenas atrás de Perfil de Ana Carolina,[11] e recebeu uma certificação de diamante com mais de 1,2 milhões de cópias vendidas, o que consolidou-a como uma das maiores cantoras com vendagens de discos no Brasil.[12]

Singles[editar | editar código-fonte]

Outras canções[editar | editar código-fonte]

A faixa "Soy Loco Por Ti América" foi tema de abertura da novela das nove, América, exibida em 2005 e incluída no lugar de "Órfãos do Paraíso", canção de Milton Nascimento, tema anterior da abertura da novela e que foi substituído após a saída do diretor Jayme Monjardim, cujo lugar foi assumido por Marcos Schechtman. Com a troca de diretores, a autora Glória Perez garantiu a troca da abertura pela canção gravada pela cantora baiana.[14]

Turnê[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Turnê D'As Super Novas

Depois de uma turnê europeia para divulgar sua carreira internacionalmente, Ivete embarcou na Turnê D'As Super Novas em 5 de agosto de 2006, em Salvador para promover o álbum, com um público de 60 mil pessoas.[15] A turnê estava prevista para estrear logo após o lançamento do álbum, no segundo semestre de 2005, porém acabou atrasando um ano para ser lançada, uma vez que Ivete quis reestruturar todo o palco e incrementar novos cenários, buscando referências em artistas de outros países.[16] O roteiro ficou por conta do Rafael Dragaud, enquanto a cenografia foi feita por Rafael Dragaud e a coreografia ensaiada por José Cláudio Ferreira.[17] A turnê ainda utilizou um telão em LED 15X6m, que projetou imagens de cenário no fundo do palco, além de painéis G-Lec de tecnologia alemã ao redor do palco.[16] A turnê trouxe um palco com o dobro de tamanho do anterior, contendo de 20 metros de comprimento, além de dois elevadores para a movimentação da cantora em entrar e sair dele entre as trocas de roupa.[17] Ivete entrava no palco em cima de uma moto, totalmente vestida de couro, explicando que era seu momento de domínio de sua carreira: "Esse figurino representa meu novo momento, mostra meu lado tigresa".[15] Um dos elevadores trazia, em certo momento do show, um piano para que a cantora tocasse "Quando a Chuva Passar" enquanto cantava.[15] Durante as canções de samba-reggae o cenário da Jamaica era projetado, simulando o local.[16]

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

As Super Novas – Edição padrão[18]
N.º TítuloCompositor(es) Duração
1. "Abalou"  
  • Ivete Sangalo
  • Larissa Meira
  • Gigi
3:53
2. "Poder"  
  • Ivete Sangalo
  • Gigi
  • Radamés
3:54
3. "Pra Sempre Ter Você"  Eva Cavalcante 3:30
4. "A Galera"  
  • Augusto Conceição
  • Fábio Alcântara
  • Cuca
  • Rayala
3:48
5. "Eh! Maravilha"  Gigi 3:36
6. "Zum Zum Ê" (com a participação de Carlinhos Brown)
  • Augusto Conceição
  • Fábio Alcântara
  • Cuca
3:09
7. "Cadê Você?"  Márcio Brasil 4:12
8. "Quando a Chuva Passar"  Ramon Cruz 4:06
9. "Na Bahia"  
  • Ivete Sangalo
  • Gigi
3:45
10. "Mega Beijo"  Lourenço 3:34
11. "Soy Loco Por Ti América"  
3:40
12. "Chorando Se Foi" (Ao Vivo no Guarujá)
  • Ulises
  • Gonzalo Hermosa
  • versão: Chico de Oliveira
3:38
Duração total:
44:52

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Tabelas semanais[editar | editar código-fonte]

Tabela musical (2005) Posição
Portugal Portugal (AFP)[20] 20

Fim de ano[editar | editar código-fonte]

Tabela musical (2005) Posição
 Brasil (Top Anual)[11] 2

Certificados e vendas[editar | editar código-fonte]

País Certificador Certificação Vendas
 Brasil ABPD Diamante[21] 1.200.000+[12]

Referências

  1. http://www.territoriodamusica.com/noticias/?c=7732
  2. a b Kriss, Elba (25 de outubro de 2005). «Ivete Sangalo lança CD Supernovas, em São Paulo». Terra. Consultado em 7 de agosto de 2016. 
  3. http://revistaquem.globo.com/Quem/0,6993,EQG1061841-3428,00.html
  4. https://books.google.com.br/books?id=5TUnAAAAQBAJ&pg=PA365
  5. http://www.carnatal.com.br/blog/2005/10/26/ivete-sangalo-lanca-novo-cd-em-sao-paulo
  6. Avaliação no All Music Guide
  7. Santos, Marcello (21 de dezembro de 2005). «As Super Novas – Vol. 1». Carnasite. Consultado em 24 de fevereiro de 2018. 
  8. Avaliação no UOL Música
  9. a b As Super Novas Volume 01
  10. https://books.google.com.br/books?id=5TUnAAAAQBAJ&pg=PA363&lpg=PA363
  11. a b «Números no Mercado - Ano 2005». ABPD. Consultado em 17 de setembro de 2015. 
  12. a b «Confira a trajetória de Ivete Sangalo através de suas músicas». Fique Ligado. Consultado em 5 de maio de 2012. 
  13. http://memoriaglobo.globo.com/mobile/programas/entretenimento/novelas/cobras-lagartos/trilha-sonora.htm
  14. «Glória Perez derruba Monjardim» 
  15. a b c «Ivete estreia show em Salvador e mostra seu lado tigresa». Terra. 18 de dezembro de 2005. Consultado em 11 de agosto de 2012. 
  16. a b c «Show de Ivete Sangalo reúne 50 mil pessoas em Salvador». O Fuxico. 18 de dezembro de 2005. Consultado em 11 de agosto de 2012. 
  17. a b «Megaprodução de Ivete terá até elevador no palco». Terra. 18 de dezembro de 2005. Consultado em 11 de agosto de 2012. 
  18. «As Super Novas de Ivete Sangalo». iTunes Store. Consultado em 17 de setembro de 2015. 
  19. «Ivete Sangalo ‎– As Super Novas (Vol.01) (CD, Album) at Discogs». Discogs. Consultado em 17 de setembro de 2015. 
  20. «IVETE SANGALO - AS SUPER NOVAS (ALBUM)». portuguesecharts.com. Consultado em 17 de setembro de 2015. 
  21. «Ivete Sangalo Certificação - Ivete Sangalo». ABPD. Consultado em 26 de julho de 2015. 

Notas

  1. Pelas normas ortográficas em vigor, o nome deste álbum seria grafado As Supernovas.