Ash Ketchum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde novembro de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ash Ketchum
サトシ
(Satoshi)
Ash Ketchum
Criado por Satoshi Tajiri[1]
Vozes Japão Rica Matsumoto
Estados Unidos Veronica Taylor (1998-2006)
Estados Unidos Sarah Natochenny (2006-presente)
Brasil Fábio Lucindo (1999-2016)[2][3]
Brasil Charles Emmanuel (2016-presente)[4]
Portugal Maria João Luís (T01 + Filmes 01-02)
Portugal Cristina Carvalhal (Filme 03-04)
Portugal Sandra Faleiro (T01-02)
Portugal Sandra de Castro (T03-04; T08-10)
Portugal Bárbara Lourenço (T05-06)
Portugal Raquel Ferreira (T07)
Portugal Raquel Rosmaninho (T11-presente + Filmes 10-presente)
Perfil
Idade 11 anos
(atualmente em Sun e Moon)
Vida no animangá
Família Delia Ketchum (mãe)
Personagem de Pokémon
Portal Animangá

Ash Ketchum (サトシ, Satoshi?) é um personagem fictício do anime e mangá da franquia Pokémon, propriedade da Nintendo.

Criado por Satoshi Tajiri, Ash é o protagonista das séries de anime da franquia, e aparece em outros produtos relacionados com a mesma. Caracteriza-se como um treinador Pokémon cujo maior objetivo é o de se tornar o maior mestre Pokémon do mundo.[5]

No Japão, Ash é dublado por Rica Matsumoto desde o início do anime (Rica também faz músicas para o anime no Japão); nos Estados Unidos por Veronica Taylor (desde 2006 substituindo Sarah Natochenny); e no Brasil, foi dublado por Fábio Lucindo até a saga XY, depois passou a ser dublado pelo Charles Emmanuel a partir da saga XY&Z.[4]

Significado do nome[editar | editar código-fonte]

Seu sobrenome, "Ketchum", é derivado da frase Gotta catch 'em all, que em português significa Temos que pegar, em alusão ao slogan antigo da série.

Na versão japonesa, seu nome é Satoshi, derivado diretamente do nome do criador da franquia, Satoshi Tajiri. É bem provável que seu nome americano tenha sido escolhido entre os nomes disponíveis nas versões Red e Blue originais e em Pokémon Yellow, onde "Ash" é uma das opções de nome prontas para o personagem jogador das versões americanas. Na versão francesa do anime, Ash é chamado de "Sacha".

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ash Ketchum nasceu na cidade de Pallet em Kanto, quando completou 10 anos, foi ao laboratório do Professor Carvalho buscar seu primeiro Pokémon, ele de início escolhe um Squirtle, porém este já fora levado por Gary Carvalho, lhe restando apenas o Pikachu, tornando-se também protagonista do anime junto com Ash. Ele tem como objetivo se tornar o maior mestre Pokémon do mundo, viajando para diversas regiões e competindo em várias ligas regionais, porém sem nenhum título em ligas principais, tendo como seu melhor desempenho um vice campeonato na liga de Kalos, em Pokémon XYZ. Ash já viajou em 7 regiões, e participou de 8 ligas, ganhando apenas a Liga Laranja e a Batalha da Fronteira (que somente se encontram no anime).

Aparência[editar | editar código-fonte]

Ash tem a pele morena, e tem embaixo dos olhos um "z", que é uma marca de nascença. Seus cabelos são negros e espetados para os lados, e tem os olhos castanhos. Recentemente, ele usa uma camisa preta e por cima um colete azul com listras brancas nas ombreiras, uma calça azul acidentado com tênis vermelhos com detalhes pretos, uma luva preta que vai até certa parte de seus dedos e tem detalhes vermelhos na ponta, e usa um boné vermelho com um arco branco e uma aba branca.

Aparições[editar | editar código-fonte]

Anime[editar | editar código-fonte]

Desde a primeira temporada, é protagonista do anime de Pokémon, exceto nos spin-offs.

Mangá[editar | editar código-fonte]

Ash também aparece como protagonista no mangá As Aventuras Elétricas de Pikachu. O Ash desta série é muito diferente do apresentado no anime, por ser mais preguiçoso, viajar quase sempre sozinho e adorar garotas mais velhas. Como no anime, seu Pokémon inicial é Pikachu, mas Ash não o recebe do Professor Carvalho e sim o encontra roendo a fiação elétrica de sua casa. Como no desenho, Ash conquistou a confiança de Pikachu o salvando de um bando de Spearow. O mangá conclui-se com a vitória de Ash na Liga Laranja, após a qual ele passa a viajar com Gary.

Jogos[editar | editar código-fonte]

Ash também já apareceu uma única vez nos jogos da franquia, em Pokémon Puzzle League, lançado no ano de 2000 para Nintendo 64. Em Pokémon Red e Blue (e nos remakes de FireRed e LeafGreen), ele contém uma linha do tempo semelhante ao do protagonista Red. Isso se reproduz em quase todos os jogos da série principal.

Pokémon[editar | editar código-fonte]

Dentre os protagonistas, Ash é o que mais captura e armazena Pokémon durante as temporadas. Seu principal Pokémon é o Pikachu (desde o primeiro episódio) que o acompanha fora da pokébola, estando sempre presente em todas as formações de equipe usadas pelo treinador.

Embora já tenha várias espécies de Pokémon em sua coleção, uma constante nas equipes de Ash é o fato dele sempre ter um ou todos os Pokémon iniciais normalmente escolhidos pelos treinadores de uma região (como nos jogos). Em geral, seus iniciais também terminam ganhando boa parte do destaque em seus times. Na série original (que compreende Kanto à Johto), ele capturou os dois trios de iniciais de Kanto e Johto, sendo Charizard, antes um tímido Charmander que lhe deu muito trabalho após a evolução, seu segundo melhor parceiro depois de Pikachu, além de principal combatente. Em Hoenn, Sceptile, evoluído de um Treecko, seu único inicial da região. Em Sinnoh, Torterra (evoluído de Turtwig) e Infernape (antes um Chimchar pertencente ao Paul) foram seus iniciais, marcando também a primeira vez em que Ash teve dois iniciais totalmente evoluídos em uma equipe. Chegando a Unova, novamente os três iniciais ingressaram ao time, mas Pignite (evoluído de um Tepig) foi o que mais se desenvolveu como lutador. Por fim, em Kalos, Greninja (evoluído de Frogadier) é o único dos iniciais a ingressar nas fileiras de Ash, mas com uma já notável habilidade conhecida como uma fusão de Ash e o Greninja, fazendo-o se tornar o Ash-Greninja, sendo a primeira vez em que um membro regular do tipo água na equipe de Ash evolui.

Sendo um Treinador Pokémon, Ash sempre carrega 6 Pokémon por jornada (por padrão), sendo que a maioria deles estão guardados com o prof. Carvalho. Outros (como Squirtle e, até recentemente, Charizard) são deixados em certos lugares para treinamento, embora ainda pertençam a ele. Na série original, Ash costumava se despedir de muitos Pokémon que viajaram com ele, porém, a partir de Johto, passa a deixar suas capturas regionais todas em Pallet, com o prof. Carvalho. Nesse meio tempo, as únicas exceções foram o Aipom que Ash pegou em Kanto e que trocou permanentemente pelo Buizel de Dawn, e Goodra, a quem ele treinou em Kalos, mas o deixou voltar para seu lar nas Wetlands, além do Greninja (Ash-Greninja). Entre os tipos de Pokémon que Ash nunca teve oficialmente estão psíquico, metálico e o mais recente, fada. Ele já liberou vários Pokémon, entre eles o Lapras, o Pidgeot, e deixou vários em treinamento, porém estes ele ainda tem acesso, são estes o Charizard, o Squirtle e o Primeape.

Referências

  1. «Pokeani Data». Consultado em 2008-03-20. 
  2. Nielsen Souza (17 de janeiro de 2016). «Pokémon: Hoopa and the Clash of Ages dublado em SP». ANMTV. 
  3. «Fábio Lucindo - menino prodígio». Consultado em 9 de janeiro de 2012. [ligação inativa]
  4. a b Erika Tsuha (13 de maio de 2016). «Pokémon: elenco e prévia da dublagem carioca». ANMTV. Consultado em 13 de maio de 2016. 
  5. «The Ultimate Game Freak». Time Asia [S.l.: s.n.] 154 (20): 1. 22 November 1999. Consultado em 2009-09-25.