Ashton Dearholt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ashton Dearholt
Nome completo Lee Ashton Dearholt Jr.
Outros nomes Richard Holt
Nascimento 4 de abril de 1894
Milwaukee, Wisconsin, EUA
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Morte 27 de abril de 1942
Los Angeles, Califórnia, EUA
Ocupação Ator
Atividade 1915-1938
Cônjuge Helene Rosson (1916 - ?) (divorciados)
Florence Gilbert (1926-1934) (divorciados)
Ula Holt (Julho 1935 - ?)
IMDb: (inglês)
Cartaz do seriado The New Adventures of Tarzan, de 1935, lançado pela Burroughs-Tarzan Enterprises, produção de Ashton Dearholt

Ashton Dearholt (4 de abril de 1894 - 27 de abril de 1942) foi um ator e produtor cinematográfico estadunidense que começou a atuar na era do cinema mudo, alcançando o cinema sonoro e atuando em 75 filmes entre 1915 e 1938. Fundou a Ashton Dearholt Productions, e foi um dos fundadores da Burroughs-Tarzan Enterprises Inc., produziu 14 filmes, dirigiu 2 e escreveu um roteiro para o cinema, em 1924. Ocasionalmente usava o nome Richard Holt.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ashton nasceu em Milwaukee, Wisconsin, em 4 de abril de 1894, filho de Lee Ashton Dearholt (1869 - 1926) e Katherine Castello Rice (1872 - 1949).[2] Ao ingresar no cinema, seu primeiro filme foi To Melody a Soul Responds, em 1915, pela American Film Company, companhia pela qual fez diversos curta-metragens ao longo dos anos 1915, 1916 e 1917. Em 1918, Dearholt trabalhou pela Universal Studios em vários dramas, porém usualmente trabalhava fora do sistema regular de estúdios, produzindo a série "Pinto Pete", gênero Western, durante os anos 1920.

Fundou a Ashton Dearholt Productions[3] em 1923, produzindo 11 filmes entre 1923 e 1925; em alguns desses filmes usava o nome Richard Holt. Dez anos depois ele e Edgar Rice Burroughs fundaram a companhia Burroughs-Tarzan Enterprises,[4] filmando o seriado The New Adventures of Tarzan. Seu personagem no seriado foi um mercenário explorador antagônico enviado para roubar a valiosa Green Goddess. Durante a produção do seriado, na Guatemala, Dearholt casou com a atriz Ula Holt, e Edgar Rice Burroughs terminou com sua primeira esposa para casar com a ex-mulher de Dearholt, Florence Gilbert. Seu último filme foi justamente The New Adventures of Tarzan, em 1935. Em 1938, foi produzida, pela própria Burroughs-Tarzan Enterprises, uma versão editada em forma de longa metragem do seriado The New Adventures of Tarzan, sob o título Tarzan and the Green Goddess.[5]

Apesar de algumas fontes (IMDB, por exemplo) citarem Don Castello como um dos nomes de Ashton Dearholt, alguns livros o negam. Em Serials and Series: A World Filmography, 1912-1956, de Buck Rainey, na página 172, é relatado que Don Castello teria ficado doente durante a produção e teria sido substituído por Ashton Dearholt. Esse episódio também é reforçado no livro Poverty Row Studios, 1929-1940, de Michael R. Pitts (1997), p. 73.

Vida pessoal e morte[editar | editar código-fonte]

Casou com a atriz Helene Rosson em 1916,[6] divorciando-se posteriormente. Em 28 de outubro de 1926, Ashton casou com Florence Gilbert, divordiando-se em 1934. Durante a produção do seriado The New Adventures of Tarzan, em 1934, na Guatemala, Dearholt apaixonou-se pela atriz Ula Holt, enquanto Burroughs, que terminara com sua primeira esposa, casou com a ex-mulher de Dearholts, Florence Gilbert. Em julho de 1935, Derholt então casou com Ula Holt.

Ashton morreu em Los Angeles, em 27 de abril de 1942, e foi sepultado no Hollywood Forever Cemetery.[2]

Filmografia parcial[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • BUCK RAINEY. Serials and Series: A World Filmography, 1912-1956
  • NEW CASTLE HERALD, New Castle, Pennsylvania, de 21 de julho de 1916, p. 14
  • MICHAEL R. PITTS. Poverty Row Studios, 1929-1940, McFarland, 2005.

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. Ashton Dearholt no IMDB
  2. a b Ashton Dearholt noFind a Grave
  3. Ashton Dearholt Productions no IMDB
  4. Burroughs-Tarzan Enterprises Inc. no IMDB
  5. Tarzan e a Deusa Verde no IMDB
  6. O Jornal New Castle Herald, de New Castle, Pennsylvania, de 21 de julho de 1916, em sua página 14, relata que Helen Rosson tinha “recentemente se tornado Sra. Ashton Dearholt” e estava em “lua de mel”.
  7. Tarzan and the Green Goddess no Archive.org

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]