Asima Chatterjee

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Asima Chatterjee
Nascimento 23 de setembro de 1917
Calcutá
Morte 22 de novembro de 2006 (89 anos)
Calcutá
Cidadania Índia, Índia britânica
Alma mater Universidade de Calcutá, Colégio da Igreja Escocesa
Ocupação química, botânico, professora universitária
Prêmios Prêmio Shanti Swarup Bhatnagar de Ciência e Tecnologia
Empregador Universidade de Calcutá

Asima Chatterjee (23 de Setembro de 191722 de Novembro de 2006) foi uma química indiana conhecida pelo seu trabalho nas áreas da química orgânica e da Fitoquímica.[1] Os seus trabalhos mais notáveis incluem investigação sobre os alcalóides da vinca, e o desenvolvimento de fármacos anti-epilépticos e anti-malária. É também autora de um número considerável de trabalhos sobre plantas medicinais do subcontinente indiano.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Início da vida[editar | editar código-fonte]

Asima Chatterjee (nascida Mookerjee)[2] nasceu a 23 de Setembro de 1917 em Bengala. Excelente aluna, Chatterjee cresceu em Calcutá, frequentando a escola e inscrevendo-se depois no Scottish Church College, da Universidade de Calcutá, onde se graduou em Química com distinção, em 1936.[3][4]

Trabalho académico[editar | editar código-fonte]

Asima Chatterjee formou-se em 1938 com o grau de mestre em química orgânica pela Universidade de Calcutá. Concluiu um doutorado nessa instituição em 1944, sendo a sua pesquisa focada em química de produtos vegetais e em química orgânica sintética.[5] Entre os seus instrutores mais notáveis contam-se Prafulla Chandra Ray e Satyendra Nath Bose. Ganhou também experiência em pesquisa na Universidade do Wisconsin-Madison e no Caltech.

A sua pesquisa centrou-se em torno da química de produtos naturais, resultando no desenvolvimento de fármacos anti-convulsivos, anti-malária e destinados à quimioterapia.[6]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Na década de 1940 juntou-se ao Lady Brabourne College da Universidade de Calcutá, como chefe fundadora do departamento de química. Em 1944, tornou-se a primeira mulher a quem foi conferido um Doutorado em Ciências por uma universidade indiana. Em 1954, Asima Chatterjee entrou para a Faculdade de Ciências da Universidade de Calcutá, como professora em química pura. Em 1962, Chatterjee foi nomeada para o prestigiado cargo de professor Khaira de Química na Universidade de Calcutá, posição que ocupou até 1982.

Prémios e reconhecimento[editar | editar código-fonte]

  • Foi Premchand Roychand Scholar da Universidade de Calcutá.
  • Foi a segunda mulher depois de Janaki Ammal a quem foi conferido Doutorado em Ciências por uma universidade indiana, a Universidade de Calcutá em 1944.
  • A partir de 1962 a 1982, foi Professora Khaira de Química, uma das mais importantes e cobiçadas cadeiras da Universidade de Calcutá.
  • Em 1972, foi nomeada Coordenadora Honorária do Programa de Assistência Especial para intensificar o ensino e a pesquisa em produtos naturais e em química, sancionado pela University Grants Commission (Índia).
  • Em 1960, foi eleita Fellow do Academia Nacional das Ciências Indiana, em Nova Deli.
  • Em 1961, recebeu o Prémio Shanti Swarup Bhatnagar na ciência química, tornando-se ao mesmo tempo a primeira mulher a receber este prémio.
  • Em 1975, foi-lhe conferido o prestigiado Padma Bhushan e tornou-se a primeira mulher cientista a ser eleita como Presidente Geral da Indian Science Congress Association.
  • Foi-lhe conferido o grau D Sc (Honoris causa) por várias universidades.
  • Foi indicada pelo Presidente da Índia como Membro do Rajya Sabha, de fevereiro de 1982 a maio de 1990.

Referências

  1. The Shaping of Indian Science. p. 1036. Indian Science Congress Association, Presidential Addresses By Indian Science Congress Association. Published by Orient Blackswan, 2003. ISBN 978-81-7371-433-7
  2. Mention of the maiden name
  3. Some Alumni of Scottish Church College in 175th Year Commemoration Volume Scottish Church College, 2008, p. 584
  4. Chemistry alumni of Scottish Church College Arquivado em 2009-04-06 no Wayback Machine.
  5. valentinaproject (6 de agosto de 2014). «Asima Chatterjee, chemist». The Valentina Project. Consultado em 11 de outubro de 2016. Arquivado do original em 12 de outubro de 2016 
  6. valentinaproject (6 de agosto de 2014). «Asima Chatterjee, chemist». The Valentina Project. Consultado em 11 de outubro de 2016. Arquivado do original em 12 de outubro de 2016