Associação Académica de Coimbra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou se(c)ção:
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo clube de futebol profissional, veja Associação Académica de Coimbra – Organismo Autónomo de Futebol.
Associação Académica de Coimbra
(AAC)
Tipo Associação de estudantes
Fundação 3 de Novembro de 1887
Sede Coimbra
Membros 25 434
Presidente actual Alexandre Amado
Sítio oficial http://www.academica.pt

A Associação Académica de Coimbra (sigla: AAC) ComCComSEMHIHMHL, fundada a 3 de Novembro de 1887, é a mais antiga associação de estudantes de Portugal. Representa os cerca de 25 434 estudantes da Universidade de Coimbra, que são automaticamente considerados seus sócios quando se encontrem inscritos nesta universidade.

A AAC alberga uma série de Secções Culturais e Desportivas bem como os Núcleos de estudantes. Entre as Secções Culturais pontificam a Secção de Fado, que realiza anualmente o Encontro Nacional de etnografia e Folclore (ENEF) e o Festuna - Encontro Internacional de Tunas, o Centro de Estudos Cinematográficos (CEC) que realiza anualmente o Festival "Caminhos do Cinema Português", a Rádio Universidade de Coimbra (RUC), a Secção de jornalismo (que edita o jornal universitário "A Cabra"), a Televisão da Associação Académica de Coimbra. Dos organismos autónomos culturais destaca-se o Orfeon Académico de Coimbra, o Grupo de Folclore e Etnografia (GEFAC) e os grupos de teatro (TEUC e CITAC). As Secções Desportivas abrangem um vasto leque de desportos, tais como o hóquei em patins, futebol, andebol, basquetebol, rugby, canoagem, natação, voleibol, ténis, artes marciais e xadrez, entre outros. A "Académica" é assim o "clube" mais eclético do pais, uma vez que "pratica" o maior número de modalidades. Os Núcleos de estudantes encontram-se repartidos pelas várias Faculdades ou Departamentos da Universidade, e ajudam a DG a actuar em prol de todos os estudantes que representam, uma vez que estes exercem um contacto mais directo com as várias realidades.

Também referido como "Académica", o clube de futebol profissional mais conhecido de Coimbra, de seu verdadeiro nome Associação Académica de Coimbra – Organismo Autónomo de Futebol (AAC–OAF), é considerado o herdeiro da secção de futebol da AAC (que se mantém na pratica amadora), mas é hoje um clube independente, cuja ligação com a AAC é cada vez mais ténue.

A AAC é dirigida pela Direcção Geral (DG), composta por estudantes, e eleita anualmente entre novembro e dezembro em eleições abertas a todos os sócios, tanto estudantes como os sócios seccionistas. À DG compete a administração da AAC bem como a representação política dos estudantes. Em termos políticos, é ainda de referir a importância das Assembleias Magnas, assembleias sobretudo de discussão da política da Academia, abertas a todos os sócios, cujas decisões têm de ser obrigatoriamente cumpridas, independentemente da opinião da DG. Este poder decisório da Assembleia Magna torna-a no palco de discussões acesas, sobretudo entre os estudantes politizados. No passado recente, tem havido no mínimo 5-6 Assembleias Magnas por ano, com participação oscilante, mas um mínimo de cerca de 200 sócios. Infelizmente, a falta de interesse generalizado por estas questões na nossa sociedade, particularmente nas faixas etárias mais jovens, faz-se reflectir na fraca participação das Assembleias Magnas[carece de fontes?]. No entanto, a AAC continua a lutar para pautar a política educativa do Ensino Superior em Portugal[carece de fontes?]. O actual edifício da AAC foi inaugurado em 1961 e alberga praticamente todas as secções da AAC, estando integrado num quarteirão que inclui ainda uma sala de espectáculos (Teatro Académico de Gil Vicente) e um complexo de cantinas.

Actualmente, o Presidente da DG/AAC é Alexandre Amado.

Presidentes da DG/AAC[editar | editar código-fonte]

Associação Académica de Coimbra
Mandato Nome Curso Ref.
1887-1890 António Luís Gomes Direito
1896-1897 António Joaquim de Sá Oliveira Direito
1899-1990 António dos Santos Cidraes Medicina
1900-1901 João Duarte de Oliveira Medicina
1901-1902 João Santos Monteiro Direito
1902-1904 Eugénio da Cunha Pimentel Direito
1904-1905 Avelino César Augusto Maria Calisto

(Comissão Administrativa nomeada pela AM)

Direito
1905 António Santos Silva Medicina
1905-1908 Tenente José Maria Rosa Júnior Direito
1910-1911 Luciano Eustáquio Soares Direito
1911-1912 Álvaro Bettencourt de Athayde Direito
1912-1914 Francisco António Maldonado Direito
1914 Fausto Lopo de Carvalho Medicina
1914-1915 Arnaldo Veiga Cabral Direito
1915-1916 Alexandre Ferreira Braga Direito
1917-1918 António Augusto Malheiro Medicina
1918-1919 Guilherme Luíselo Alves Moreira Direito
1919-1920 Augusto da Fonseca Júnior Medicina
1920-1921 António Pádua Medicina
1921-1922 Alfredo Fernandes Martins Direito
1922-1923 Lúcio de Almeida Medicina
1923-1925 Manuel Gomes de Almeida Medicina
1925-1927 António de Matos Beja Medicina
1927-1928 Manuel de Almeida Neves

(Comissão Administrativa eleita)

Letras
1928-1929 Jaime do Rego Afreixo Direito
1929-1930 António José de Sousa Pereira Direito
1930-1931 João Gaspar Simões Direito
1931-1932 João de Brito Câmara Direito
1932-1934 António de Arruda Ferrer Correia Direito
1934-1935 António de Sousa Direito
1935-1936 Ernesto Domingues de Andrade Direito
1936-1937 João Pedro Miller Guerra

(Comissão Administrativa nomeada pelo Governo,

situação que se manteve até à nomeação

de Salgado Zenha,1945)

Medicina
1937-1939 José Guilherme de Melo e Castro Letras
1939-1940 Luís Nunes da Ponte

(Eleito por AM e homologado pelo Ministério da Educação)

Direito
1940-1941 Manuel Deniz Jacinto Ciências Matemáticas

Engenharia Geográfica

Ciências Pedagógicas

1941 Ramiro Machado Valadão Letras
1942-1943 João de Matos Antunes Varela Direito
1943-1944 Manuel Tarujo de Almeida Direito
1944 Arménio António Cardo Direito
1945 Francisco Salgado Zenha

(Eleito por AM e homologado pelo Ministério da Educação)

Direito
1945-1947 Manuel Joaquim Rebelo da Silva

(Comissão Administrativa nomeada pelo Governo)

Direito
1947 Luís Guilherme Mendonça de Albuquerque Ciências Matemáticas
1947-1949 Augusto Amorim Afonso Medicina
1949-1950 Fernando Pereira Rebelo Direito
1950-1951 Joaquim António Santos Simões Ciências
1951-1952 Carlos Augusto Paes d'Assumpção Direito
1952-1953 Afonso de Sousa Freire Moura Guedes (1º mandato) Direito
1953-1954 Fernando Luís Mendes da Silva
1954-1955 Afonso de Sousa Freire Moura Guedes (2º mandato) Direito
1955-1956 António Manuel Ferreira de Mascarenhas Gaivão Ciências Matemáticas
1956-1957 Manuel Pinho Rocha Medicina
1957-1958 Ruy Edmundo Vasconcelos Pereira Alvim Direito
1958-1959 Manuel Henriques Mesquita Direito
1959-1960 Manuel Cardoso da Costa
1960-1961 Carlos Manuel Natividade da Costa Candal Direito
1961 José Pinheiro Lopes de Almeida Direito
1961-1962 Jorge Manuel Amado de Aguiar Direito
1962 Francisco Leal Paiva Medicina
1962 José Pedro Belo Soares

(Presidente Mesa AM, não houve DG)

Medicina
1963-1964 João Henriques Fernandes Loja Medicina
1964 António Correia de Campos Direito
1964-1965 Joaquim Romero de Magalhães Letras
1965 Octávio Luís Andrade da Cunha Medicina
1965-1966 Alexandre Augusto de Magalhães

(comissão administrativa, que se verificou até 1969,

com Jorge Manuel Ponce de Leão)

Direito
1966-1967 Luís da Cunha Melo
1967-1968 João Santos Chaves Direito
1968-1969 Jorge Manuel Ponce Leão Direito
1969 Alberto Martins Direito
1970 António José Pires Remédio Letras
1970-1971 Carlos Fraião
1974 Carlos Amorim
1974 Carlos Delgado
1975-1976 António Gomes Martins Ciências

(Engenharia Eletrotécnica)

1976 Clara Grabbé Rocha Letras
1976-1977 Henrique Fernandes
1977-1978 José Neves dos Santos Ciências
1978-1979 José Gabriel Letras
1979-1980 António Maló de Abreu Medicina
1980-1981 Luís Teixeira Medicina
1981-1982 Luís Pais de Sousa
1982-1983 Guilherme Carreira Ciências

(Engenharia Civil)

1983-1984 Luís Parreirão
1984-1985 Ricardo Roque
1985-1986 Diogo Portugal Medicina
1986-1987 Paulo Barreto
1987-1988 Benjamim Lousada Medicina
1988-1989 Ana Paula Barros
1989-1990 José Manuel Viegas Ciências

(Engenharia Civil)

1990-1991 Emídio Guerreiro Psicologia
1991-1992 Fernando Guerra Medicina
1992-1993 António Vigário Direito
1994 Tiago Magalhães Ciências
1995-1996 Zita Henriques Ciências
1997-1998 António Silva Economia
1999 Hugo Capote Medicina
2000 Humberto Martins Farmácia
2001 Humberto Martins Farmácia
2002-2003 Vitor Hugo Salgado Direito
2003-2014 Vitor Hugo Salgado Direito
2004 Miguel Duarte Economia
2005 Fernando Gonçalves Direito
2006 Fernando Gonçalves Direito
2007 Paulo Fernandes Farmácia
2008 André Oliveira Economia
2009 Jorge Serrote Direito
2010 Miguel Portugal Gestão
2011 Eduardo Melo Bioquímica
2012 Ricardo Morgado Engenharia Biomédica [1]
2013 Ricardo Morgado Engenharia Biomédica [2]
2014 Bruno Matias Direito [3]
2015 Bruno Matias Direito
2016 José Dias Gestão
2017-2018 Alexandre Amado Direito

Secções da AAC[editar | editar código-fonte]

Culturais[editar | editar código-fonte]

Desportivas[editar | editar código-fonte]

Organismos autónomos[editar | editar código-fonte]

Condecorações[editar | editar código-fonte]

A Associação Académica de Coimbra já recebeu as seguintes condecorações:[4]

Outras distinções[editar | editar código-fonte]

  • Medalha de Mérito Cultural (27 de Outubro de 1987)[5]
  • Medalha de Ouro da Cidade de Coimbra
  • Medalha Honorífica da Universidade de Coimbra (18 de Dezembro de 2008)
  • Troféu Olímpico Português
  • Instituição de Utilidade Pública

Referências

  1. Agência Lusa (7 de dezembro de 2011). «Ricardo Morgado é o novo presidente da Associação Académica de Coimbra». Jornal Público. Consultado em 20 de maio de 2014. Cópia arquivada em 20 de maio de 2014 
  2. António Alves (28 de novembro de 2012). «Ricardo Morgado reeleito presidente da AAC». Diário As Beiras. Consultado em 20 de maio de 2014. Cópia arquivada em 20 de maio de 2014 
  3. Agência Lusa (15 de abril de 2014). «Novo presidente da Associação Académica de Coimbra quer congelamento da propina». RTP. Consultado em 16 de maio de 2014 
  4. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Associação Académica de Coimbra". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 16 de maio de 2014 
  5. «Medalhas de Mérito Cultural» (PDF). Ministério da Cultura. Outubro de 2008. Consultado em 6 de julho de 2010. Arquivado do original (PDF) em 3 de agosto de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]