Associação Brasileira de Agências de Publicidade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Associação Brasileira de Agências de Publicidade (ABAP) fundada em 1° de agosto de 1949, é uma associação civil, de direito privado, sem fins lucrativos ou políticos, de caráter empresarial. [1] Sua função é representar as agências associadas a ela com relação aos interesses do mercado publicitário, ou seja, os veículos e empresas anunciantes. O conjunto de todas as agências associadas à Abap representa 78% de todo investimento em publicidade feito no Brasil, e envolve 3.200 profissionais e 4.100 clientes. [2] É regida por um Estatuto próprio além de contar com uma diretoria formada por publicitários. [3]

História[editar | editar código-fonte]

Em 23 de fevereiro de 1949, onze agências de propaganda assinaram um convênio que buscava fixar normas padrão de relacionamento entre agências de propaganda e jornais, revistas e estações de rádio. O documento baseou-se em normas similares da American Association of Advertising Agencies,[4] fundada em 4 de junho de 1917 nos Estados Unidos. O texto foi adaptado à realidade brasileira por Armando Moraes Sarmento, Aldo Xavier da Silva, Armando D’Almeida e Augusto de Ângelo. [5]

Referências

  1. «Estatuto da ABAP - Associação Brasileira de Agências de Publicidade» (PDF). Consultado em 11 de abril de 2012 
  2. «ABAP - A Entidade». Consultado em 11 de abril de 2012 
  3. «ABAP - Diretoria Executiva Nacional». Consultado em 11 de abril de 2012 
  4. «A's - About the Association». Consultado em 11 de abril de 2012 
  5. «Almanaque da Comunicação - Associação Brasileira de Agências de Publicidade – ABAP». Consultado em 11 de abril de 2012 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.