Saltar para o conteúdo

Associação Cultural Montfort

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Associação Cultural Montfort
Fundação 1983
Sede São Paulo, SP, Brasil
Filiação Igreja Católica
Presidente Alberto Zucchi
Fundador(a) Orlando Fedeli
Sítio oficial http://www.montfort.org.br
Reunião de membros

A Associação Cultural Montfort é uma associação brasileira de católicos fundada por Orlando Fedeli em 1983.[1]

Eles seguem uma orientação católica tradicional e por isso defendem a forma "extraordinária" da celebração litúrgica em Rito Romano (vulgarmente designada de Missa Tridentina). O centro das atividades da Associação é a luta apologética, missionária e cultural em defesa da doutrina da Igreja Católica e da Missa tridentina, contra o que consideram ser as heresias modernistas e suas consequências que, segundo a Associação, se difundiram na Igreja após o Concílio Vaticano II. Um dos meios preferidos de actuação da Associação são os meios universitários e estudantis.[carece de fontes?]

Orlando Fedeli fundou a Associação Cultural Montfort depois de sair da Tradição, Família e Propriedade (TFP), uma associação católica tradicional brasileira. Segundo Fedeli, a TFP tornara-se uma seita que vicejava entre os católicos e prestava um culto delirante a seu fundador, Plínio Corrêa de Oliveira. As críticas de Fedeli contra a TFP estão explicadas no seu livro, "No País das Maravilhas: A Gnose Burlesca da TFP e dos Arautos do Evangelho".[carece de fontes?]

Atualmente, o Professor Alberto Zucchi é o presidente da Associação Cultural Montfort. Em 2018 a associação abriu seu Colégio Imaculado Coração de Maria na região do Grande ABC, mais precisamente em São Caetano do Sul.[carece de fontes?]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Quem Somos Montfort | Associação Cultural». www.montfort.org.br. Consultado em 11 de agosto de 2023 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]