Associação Atlética de Altos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Altos
Associação Esportiva de Altos.png
Nome Associação Atlética de Altos
Alcunhas Jacaré
Manga Mecânica
Mascote Jacaré
Fundação 2013 (5 anos)
Estádio Felipão
Capacidade 4.000 pessoas
Localização Altos, PI
Presidente Warton Lacerda
Treinador Leandro Campos
Patrocinador Governo do Piauí
Material (d)esportivo Kanxa
Competição Campeonato Piauiense
Série D
Copa do Nordeste
Copa do Brasil
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

Associação Esportiva de Altos é um clube brasileiro de futebol, da cidade de Altos, no estado do Piauí. Vem obtendo destaque nos últimos anos pelo bom desempenho no campeonato estadual e por boas campanhas em competições a nível regional e nacional.

História[editar | editar código-fonte]

Fundado em 2013, apos chamada pública da prefeitura de Altos para formar um time, a Seleção de Altos, para disputar a edição da Copa Meio-Norte. O bom resultado na competição, fez com que as autoridades públicas e o empresariado local fomentassem a formação de um time.

Profissionalizou-se apenas em 2015 para disputar a Segunda Divisão estadual, que voltava a ser realizada 8 anos após sua última edição (2007). Na fase inicial, coube ao atacante Rafael Barbosa marcar o primeiro gol da história profissional do Altos, na partida contra o Timon. A equipe ficou em segundo lugar (atrás do Picos) e garantiu, além da classificação para a final, o acesso à Primeira Divisão em 2016. Na decisão, o "Jacaré" venceu o Picos por 2 a 0 no estádio Felipão, e, na partida de volta, um empate por 1 a 1 garantiu o título da Segunda Divisão ao Altos, logo em seu ano de estréia como equipe profissional.

Em 2016, disputando pela primeira vez a elite do futebol piauiense, obteve a melhor campanha da competição, e na final, do segundo turno, ganhou de (3x1) no Estádio Felipão do maior campeão piauiense, o River; no entanto, logo após esse título, constatou-se a inscrição de um jogador irregular, e o time de Altos acabou por perdê-lo via Tribunal Esportivo. Na Série D de 2016, teve a melhor campanha de um clube na fase de grupos da história da competição, mas acabou sendo eliminado pelo CSA, perdendo o primeiro jogo por 3x0, em Alagoas, e em Teresinaganhando por 2x0, com a campanha de 10J - 8V - 1E - 1D.

O clube estreou em 8 de fevereiro de 2017 na Copa do Brasil contra o CRB e fez história, ganhando por 2 a 0 no Estádio Lindolfo Monteiro. O clube disputou a segunda fase da Copa do Brasil contra o Criciúma, que já foi campeão da competição, empatando no tempo normal e perdendo por 4 a 3 nos pênaltis, sendo eliminado de forma invicta. Por fim, em 2017 sagrou-se Campeão Piauiense e único detentor de todas as vagas para os campeonatos em 2018: Copa do Brasil, Copa do Nordeste e Série D do Campeonato Brasileiro.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Estaduais
Competição Títulos Temporadas
Piauí Campeonato Piauiense 2 2017 e 2018
Piauí Taça Cidade de Teresina 2 2017 e 2018
Piauí Campeonato Piauiense - Segunda Divisão 1 2015

Presidentes[editar | editar código-fonte]

  • 2013 - atualmente: Brasil Warton Lacerda

Técnicos[editar | editar código-fonte]

Nome Período
Brasil Nivaldo Lancuna 2015 - 2016
Brasil Francisco Diá 2017
Brasil Ruy Scarpino 2017
Brasil Paulinho Kobayashi 2017
Brasil Waldemar Lemos 2018
Brasil Paulinho Kobayashi 2018

Retrospecto por Técnico[editar | editar código-fonte]

Ano Treinador J V E D GP GC SG %
2015 - 2016 Brasil Nivaldo Lancuna 42 24 13 5 83 33 +50 67,4%
2017 Brasil Francisco Diá 8 4 4 0 12 7 +5 66,6%
2017 Brasil Ruy Scarpino 8 2 3 3 7 10 -3 37,5%
2017 Brasil Paulinho Kobayashi 18 9 6 3 37 18 +19 61,1%
2018 Brasil Waldemar Lemos 7 2 3 2 6 7 -1 42,8%
2018 Brasil Oliveira Canindé 6 3 2 1 11 6 +5
TOTAL TOTAL 83 41 29 13 145 75 +70 61%

Confrontos em Competições Nacionais e Regionais[editar | editar código-fonte]

[1]

Pos Equipes J V E D GP GC SG
1 Maranhão Moto Club 4 1 2 1 6 6 0
2 Amapá Santos-AP 4 0 3 1 5 6 -1
3 Bahia Bahia 4 0 1 3 2 10 -8
4 Ceará Icasa 2 2 0 0 8 1 +7
5 Maranhão Maranhão 2 2 0 0 7 1 +6
6 Tocantins Tocantins de Miracema 2 2 0 0 7 1 +6
7 Pernambuco América-PE 2 2 0 0 4 1 +3
8 Rio Grande do Norte ASSU 2 2 0 0 3 1 +2
9 Bahia Juazeirense 2 1 1 0 7 3 +4
10 Tocantins Sparta 2 1 1 0 4 1 +3
11 Maranhão Cordino 2 1 0 1 5 2 +3
12 Alagoas CSA 2 1 0 1 2 3 -1
13 Pernambuco Náutico 2 0 2 0 4 4 0
14 Ceará Fortaleza 2 0 2 0 2 2 0
15 Paraíba Botafogo-PB 2 0 1 1 0 1 -1
16 Alagoas CRB 1 1 0 0 2 0 +2
17 Goiás Atlético Goianiense 1 1 0 0 2 1 +1
18 Santa Catarina Criciúma 1 0 1 0 2 2 0
19 São Paulo Bragantino 1 0 0 1 0 1 -1

Elenco Atual[editar | editar código-fonte]

Goleiros
Jogador
Brasil Gideão
Brasil Jaílson
Defensores
Jogador Pos.
Brasil Leone Z
Brasil Willian Gustavo Z
Brasil Everton Z
Brasil Alisson Z
Brasil Jean LD
Brasil Wesley Raizeman LE
Brasil Jefferson Sandes LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
Brasil Marconi V
Brasil Dos Santos Capitão V
Brasil Macedo Junior V
Brasil Douglas Camilo V
Brasil Éder Guerreiro V
Brasil Pedro Neto V
Brasil Alex Mineiro M
Brasil Roger Gaúcho M
Brasil Adrianinho M
Brasil Vagner M
Brasil Dudu M
Brasil Ivo M
Atacantes
Jogador
Brasil Manoel
Brasil Rogélio Balotelli
Brasil Ítalo Sousa
Brasil Américo
Brasil Joélson
Brasil Junior Saudade
Comissão técnica
Nome Pos.
Brasil Oliveira Canindé T

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Site oficial do Altos Futebol Clube - Associação Esportiva de Altos

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.