Associação Paulista de Críticos de Arte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Associação Paulista de Críticos de Arte, ou simplesmente APCA, é uma entidade brasileira sem fins lucrativos sediada em São Paulo mantida pelo trabalho voluntário e pela contribuição anual dos associados.

A principal atividade é a premiação anual dos melhores artistas em dez categorias distintas. Originou-se da seção paulista da Associação Brasileira de Críticos Teatrais.

Originalmente denominada Associação Brasileira de Críticos Teatrais (ABCT), fundada por Nicanor de Miranda em 1951[1] com o objetivo de valorizar a produção teatral. Em 1956 a entidade se transforma em Associação Paulista de Críticos Teatrais (APCT), com o interesse de veicular o teatro e as produções pertinentes a São Paulo, e iniciou a premiação dos destaques teatrais de cada ano.

Em 1972 uma reestruturação cria a atual APCA que incorpora críticos dos setores de artes visuais, cinema, literatura, música popular, erudita e televisão. Em 1973 foram incorporados os críticos de dança e música erudita. Em 1979 de teatro infantil e, em 1980, da produção radiofônica.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Apca. Apca.org.br.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre associações é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.