Associação dos Juízes Federais do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Associação dos Juízes Federais do Brasil
Ajufe.jpg
(AJUFE)
Fundação 20 de setembro de 1972
Tipo Associação brasileira
Propósito Defender os interesses dos magistrados
Sede Brasília
Membros Cerca de 1 500 associados
Presidente Roberto Veloso
Fundador(a) Jesus Costa Lima
Sítio oficial www.ajufe.org.br
Sérgio Moro na AJUFE

A Associação dos Juízes Federais do Brasil (AJUFE) é uma associação brasileira, atualmente presidida pelo juiz federal Roberto Veloso.[1]

Foi fundada em 20 de setembro de 1972, no Ceará para "congregar os juízes federais para realizar uma efetiva troca de experiência e idéias", conforme sugeriu o juiz federal Jesus Costa Lima. A Ajufe foi criada para defender os interesses dos magistrados e discutir os problemas da Justiça brasileira, encampando também a luta em defesa dos direitos humanos, da democracia brasileira e da qualidade do serviço judiciário no país.

A Ajufe reúne mais de 1.500 associados, entre os quais os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e desembargadores de vários tribunais regionais. Os dirigentes da associação estiveram no Congresso Nacional por ocasião da discussão e votação da Reforma do Judiciário. A Ajufe vai assinar convênio com a Organização das Nações Unidas (ONU) para facilitar a integração dos Judiciários dos países que integram o Mercosul.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Juiz federal Roberto Veloso é o novo presidente da Ajufe». Consultor Jurídico. 12 de abril de 2016. Consultado em 2 de maio de 2017 
  2. Agência Senado. Pavan registra 33 anos da Associação dos Juízes Federais do Brasil. Brasília: Agência Senado, Senado Federal, 20 de setembro de 2005

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre direito é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.