Lista de publicações de Astérix

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Astérix e o Grande Fosso)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Capacete de Astérix

Esta é uma lista de publicações da série de banda desenhada franco-belga Astérix, criada por René Goscinny e Albert Uderzo.

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Álbuns por Goscinny e Uderzo[editar | editar código-fonte]

Ordem Ano de publicação Título Títulos em português Enredo
1 1961 Astérix le Gaulois Brasil: Asterix o Gaulês /Portugal: Astérix o Gaulês O centurião romano Caius Bonus, após descobrir sobre a poção mágica sequestra Panoramix para descobrir como fazê-la.
2 1962 La Serpe d'or Brasil: Asterix e a Foice de Ouro /Portugal: Astérix e a Foice de Ouro Panoramix quebra sua foice, e Asterix e Obelix vão comprar outra em Lutécia.
3 1963 Astérix et les Goths Brasil: Asterix e os Godos /Portugal: Astérix e os Godos Panoramix é sequestrado pelos godos, e Asterix e Obelix vão à Germânia resgatá-lo.
4 1964 Astérix Gladiateur Brasil: Asterix Gladiador /Portugal: Astérix Gladiador Chatotorix é sequestrado pelos romanos como presente para César, e Asterix e Obelix vão a Roma. Para conseguir resgatá-lo, entram para a escola de gladiadores.
5 1965 Le tour de Gaule Brasil: Asterix e a Volta à Gália /Portugal: Astérix e a Volta à Gália Após um romano começar a isolar a aldeia com uma paliçada, Asterix propõe a ele desistir após um banquete com comidas pegas ao redor da Gália (num trajeto parecido com o Tour de France).
6 1965 Astérix et Cleopatre Brasil: Asterix e Cleópatra /Portugal: Astérix e Cleópatra O arquiteto egípcio Numerobis é incumbido pela rainha Cleópatra de construir um palácio para Júlio César em três meses, para que Cleópatra ganhe uma aposta feita com o imperador romano. Por sorte, seu pai conheceu Panoramix e vai pedir ajuda ao druida e a Asterix e Obelix.
7 1966 Le Combat des Chefs O Combate dos Chefes Um chefe de aldeia simpático aos romanos propõe um duelo a Abracurcix, valendo a aldeia. No meio-tempo, Panoramix é atingido por um menir e enlouquece.
8 1966 Astérix chez les Bretons Brasil: Asterix entre os Bretões /Portugal: Astérix entre os Bretões Após conquistar quase toda a Gália, César decide invadir a Bretanha (atual Reino Unido). Apenas uma aldeia resiste, e Cinemapax, um contraparente de Asterix, resolve ir à Gália para pedir a ajuda de seu primo e da poção de Panoramix.
9 1967 Astérix et les Normands Brasil: Asterix e os Normandos /Portugal: Astérix e os Normandos Abracurcix recebe seu sobrinho covarde, Calhambix, com a missão de torná-lo um homem. No meio-tempo, normandos vêm à Gália em busca do "campeão do medo".
10 1967 Astérix Légionnaire Brasil: Asterix Legionário /Portugal: Astérix Legionário Obelix se apaixona por Falbalá - e ao descobrir que o noivo desta, Tragicomix fora alistado à força e mandado para a África, Asterix e Obelix entram na legião romana para resgatá-lo.
11 1968 Le Bouclier arverne Brasil: O Escudo Arverno /Portugal: O Escudo de Arverne) Abracurcix é enviado para uma estância hidroterápica por estar doente, Asterix e Obelix vão para Gergóvia, e César busca o escudo de Vercingetórix.
12 1968 Astérix aux Jeux Olympiques (1968) Brasil: Asterix nos Jogos Olímpicos /Portugal: Astérix nos Jogos Olímpicos Asterix descobre que os romanos e os gregos participam, de quatro em quatro anos, de uma competição chamada jogos olímpicos. Como a Gália está ocupada pelo Império Romano, Asterix pode participar dos jogos, como representante da Gália. Mas há um problema: ele não pode usar a poção de Panoramix…
13 1969 Astérix et le Chaudron Brasil: Asterix e o Caldeirão /Portugal: Astérix e o Caldeirão Um gaulês deixa um caldeirão cheio de serstécios na aldeia por segurança - e após o dinheiro sumir, Asterix e Obelix buscam recuperá-los.
14 1969 Astérix en Hispanie Brasil: Asterix na Hispânia /Portugal: Astérix na Hispânia O filho do chefe da última aldeia resistente à ocupação na Hispânia é sequestrado e levado para a Gália - e Asterix e Obelix resolvem levá-lo de volta.
15 1970 La Zizanie Brasil: A Cizânia /Portugal: A Zaragata César decide conquistar a aldeia acabando com a união dos gauleses - para isso, usa um romano especializado em discórdia, Tulius Detritus.
16 1970 Astérix chez les Helvètes Brasil: Asterix entre os Helvéticos /Portugal: Astérix entre os Helvécios Um questor romano é envenenado pelo governador da Gália, e apela à Panoramix - porém a poção antídoto exige uma flor montanhosa, que Asterix e Obelix vão buscar na Helvécia (Suíça).
17 1971 Le Domaine des Dieux O Domínio dos Deuses Para conquistar a aldeia, César começa a construir um grande hotel, o Domínio dos Deuses, na floresta que a circunda.
18 1972 Les Lauriers de César Os Louros de César Um bêbado Abracurcix promete ao cunhado um guisado temperado com a coroa de louros de César, e Asterix e Obelix acabam em Roma tentando conquistá-la.
19 1972 Le Devin O Adivinho Enquanto Panoramix está ausente, um adivinho começa a se aproveitar da credulidade dos gauleses.
20 1973 Astérix en Corse Brasil: Asterix na Córsega /Portugal: Astérix na Córsega Após descobrirem um líder corso sequestrado, Asterix e Obelix resolvem acompanhá-lo de volta para casa.
21 1974 Le cadeau de César Brasil: Asterix e o Presente de César /Portugal: Astérix e o Presente de César César dá a um legionário por se aposentar, as terras da aldeia, e este legionário repassa-as a um taverneiro, que vai reclamar seu terreno.
22 1975 La Grande Traversée A Grande Travessia Asterix e Obelix vão pescar e... acabam por chegar à América do Norte.
23 1976 Obélix et Compagnie Brasil: Obelix e Companhia /Portugal: Obélix e Companhia Para desunir a aldeia, um assessor de César começa a comprar os menires de Obelix, estimulando a concorrência na aldeia.
24 1979 Astérix chez les Belges Brasil: Asterix entre os Belgas /Portugal: Astérix entre os Belgas Abracourcix não se conforma com o fato de César achar os belgas o povo mais bravo da Gália e vai à Bélgica tirar satisfações.
32 2003 Astérix et la Rentrée gauloise Brasil: Asterix e a Volta às Aulas /Portugal: Astérix e o Regresso dos Gauleses[nota 1] Reedição de álbum de 1993 que reúne histórias curtas criadas por René Goscinny e Albert Uderzo publicadas na revista Pilote, acrescentadas de quatro histórias inéditas.
34 2009 L'Anniversaire d'Astérix et Obélix - Le Livre d'Or Brasil: O Aniversário de Asterix e Obelix - O Livro de Ouro /Portugal: O Aniversário de Astérix e Obélix - O Livro de Ouro Álbum comemorando os 50 anos de Asterix. Na história, Asterix e Obelix fazem aniversário e são visitados por pessoas conheceram em suas viagens.

Álbuns apenas por Uderzo[editar | editar código-fonte]

Após a morte de Goscinny, Uderzo continuou a série sozinho, escrevendo suas próprias histórias sobre temas como feminismo e estrangeiros, com viagens para a Índia e a Atlântida. Esses álbuns mais recentes são muitas vezes criticados por falta de humor e estilo de escrita de Goscinny, e alguns fãs consideram que a série terminou com a Asterix na Bélgica. No entanto, os números de vendas não mostraram indícios de popularidade diminuída.

Ordem Ano de publicação Título Títulos em português Enredo
25 1980 Le Grand Fossé O Grande Fosso Asterix e Obelix se envolvem com uma aldeia separada por um fosso, as rivalidades de seus dois chefes e as artimanhas de um gaulês traidor que quer se casar com a filha de um dos chefes.
26 1981 L'Odyssée d'Astérix Brasil: A Odisséia de Asterix /Portugal: A Odisseia de Astérix Asterix e Obelix viajam até a Galiléia conseguir petróleo para o druida acompanhados por um druida espião Zerozerosix (feito à imagem de Sean Connery, ator de 007).
27 1983 Le Fils d'Astérix Brasil: O Filho de Asterix /Portugal: O Filho de Astérix Um bebê é deixado na porta da casa de Asterix, que se vê obrigado a encontrar seus verdadeiros pais - ninguém menos que César e Cleópatra.
28 1987 Astérix chez Rahazade Brasil: As 1001 Horas de Asterix /Portugal: As 1001 Horas de Astérix Asterix e Obelix vão à Índia com Chatotorix para que o bardo use sua voz para fazer chover e livrar a princesa Jade de ser executada.
29 1991 La Rose et le Glaive A Rosa e o Gládio Os guerreiros se envolvem com a galanteria gaulesa, a liberação feminina e uma nova e diferente legião de legionário(a)s.
30 1996 La Galère d'Obélix Brasil: A Galera de Obelix /Portugal: O Pesadelo de Obélix Escravos roubam a galera de César e a escondem na aldeia gaulesa; Obelix se transforma em granito ao beber a poção mágica e Asterix e o druida vão com os escravos atrás de uma possível cura.
31 2001 Astérix et Latraviata Brasil: Asterix e Latraviata /Portugal: Astérix e Latraviata Os romanos usam uma atriz idêntica à bela Falbala para que ela recupere o gládio e o elmo de Pompeu, dados de presente a Asterix e Obelix por seus pais.
33 2005 Le Ciel lui Tombe sur la Tête Brasil: Asterix e o Dia em que o Céu Caiu /Portugal: O Céu Cai-lhe em cima da Cabeça Os gauleses recebem a visita de estranhos seres espaciais que querem confiscar a poção mágica (referências Walt Disney Company, aos mangás e a Arnold Schwarzenegger).

Jean-Yves Ferri e Didier Conrad[editar | editar código-fonte]

A série agora não é escrita por Albert Uderzo, mas sim por Jean-Yves Ferri com desenhos de Didier Conrad - Essa é a primeira vez que a criação da história foi compartilhada entre duas pessoas desde a morte de Goscinny em 1977.

Ordem Ano de publicação Título Títulos em português Enredo
35 2013 Asterix Chez les Pictes Brasil: Asterix entre os Pictos /Portugal: Astérix entre os Pictos Após encontrar um picto congelado na praia, Asterix e Obelix o levam de volta à Caledônia para impedir que sua amada se case com um rival.
36 2015 Le Papyrus de César O Papiro de César Um álbum sobre a história das suas campanhas gaulesas dá a entender que Júlio César conquistou toda a Gália mas os habitantes de uma determinada aldeia têm umas palavras a acrescentar...
37 2017 Astérix et la Transitalique Astérix e a Transitálica
38 2019 La fille de Vercingétorix A filha de Vercingétorix

Livros ilustrados[editar | editar código-fonte]

Astérix também deu origem a álbuns que não são banda desenhada, mas sim livros ilustrados.

  • Álbuns publicados por Rouge et Or (textos e ilustrações de Albert Uderzo, 1983):
  • L'Abominable Horrifix
    • Jéricocorix
    • La Course de chars
    • Le Feu de pommes
    • Marmaille et pagaille
    • L'Eau du ciel
    • Les pirates
    • L'Illustrissime Belcantus
  • Álbuns de adaptações cinematográficas:

Fora da colecção[editar | editar código-fonte]

Para o 80º aniversário de Albert Uderzo, dezenas de artistas de banda desenhada criam algumas pranchas no universo Astérix.


Álbuns promocionais oferecidos pela Total em 1992 (estes três álbuns são compilações de excertos dos álbuns originais, cada um abordando um determinado tema):

    • Histoire de Voyage
    • Histoire de Pirates
    • Histoire de Sports

Livros-jogos[editar | editar código-fonte]

Um dos personagens da série, o jovem Goudurix, sobrinho de Abraracourcix foi o herói de uma série chamada Alea Jacta Est! De quatro livros-jogos, publicados na década de 1980.

História editorial[editar | editar código-fonte]

Na França, as primeiras vinte histórias foram publicadas pela primeira vez nas páginas da revista em quadrinhos Pilote, desde a sua primeira edição lançada em 29 de outubro 1959, sob licença da editora Dargaud ; em seguida, a mesma Dargaud publicou as histórias em álbuns a partir de 1961. Os álbuns vinte e um (Le cadeau de César), vinte e dois (La Grande Traversée), e vinte e três (Obélix et Compagnie) foram pré-publicados, respectivamente, nos periódicos Le Monde, Sud-Ouest e Le Nouvel Observateur. Após o vigésimo-quarto (Astérix chez les Belges), as histórias saíram diretamente no formato álbum.[nota 2]

Em 1998 a Dargaud perdeu os direitos da série, após uma longa batalha judicial em favor de uma nova editora, a Editions Albert René, fundada por Uderzo.[1] Em 2008 o mesmo Uderzo cedeu uma participação majoritária (60%) da Editions Albert René para a editora Hachette Livre, que se tornou a proprietária de todos os direitos do publicações francesas do herói gaulês. A decisão, tomada com Anne Goscinny, filha do falecido roteirista e detentora de 20% das ações da editora Albert René, foi motivada por Uderzo aos 80 anos, como uma para garantir a sobrevivência de sua personagem após a sua morte. A filha do cartunista Sylvie Uderzo, por sua vez detém 40% das ações da Albert René, no entanto, ele se opôs publicamente à venda, acusando que o pai foi motivado unicamente por razões econômicas, e que ele havia sido "manipulado".[2]

Notas

  1. Editado no Brasil apenas em 2007.
  2. Semelhante ao conceito de graphic novel

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]