Astral (canção)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Astral"
Single de Ivete Sangalo
do álbum Festa
Lançamento 3 de dezembro de 2002
Formato(s) Airplay
Gravação 2001
Gênero(s) Pop
Duração 4:03
Gravadora(s) Universal
Composição
  • Cláudio Martins
  • Gustavo Di Dalva
Produção Alexandre Lins
Cronologia de singles de Ivete Sangalo
"Penso"
(2002)
"Somente Eu e Você"
(2003)

"Astral" é uma canção da cantora brasileira Ivete Sangalo, presente em seu terceiro álbum de estúdio, Festa (2001). A canção explora musicalmente a música pop, liricamente fala sobre a animação de estar numa festa com um grande astral. A canção, escrita por Cláudio Martins e Gustavo Di Dalva, foi lançada como quarto e último single do álbum, em dezembro de 2002. Sendo o último single do álbum, a canção chegou apenas na posição de número 36, mas se tornou mais um Top 40 para a carreira da cantora. Uma versão ao vivo com a participação do músico Davi Moraes, foi gravada para o seu primeiro álbum ao vivo, MTV ao Vivo ( 2004).

Composição e letra[editar | editar código-fonte]

"Astral" foi escrita por Cláudio Martins e Gustavo Di Dalva,[1] e explora musicalmente a música pop em sua sonoridade.[2] Sua letra fala sobre manter "o astral lá em cima", ou seja, ficar sempre positivo para curtir a vida.[3] No refrão, Ivete comanda, "Agora, eu quero ver a galera batendo com a mão, todo mundo saindo do chão com a mãozinha pra lá e pra cá... Subir, subir, subir, subir, subir, subir subir o astral."[3]

Outras versões e performances[editar | editar código-fonte]

Uma versão ao vivo da canção, gravada para o seu primeiro álbum ao vivo, MTV ao Vivo ( 2004).[4] A apresentação teve a participação do músico Davi Moraes (na época, marido de Sangalo) na guitarra.[5] A versão contava com um solo de Moraes e durava 4:45, 50 segundos a mais que a original.[6] Para o crítico Kees Schoof do site Música Brasileira disse que Davi adiciona um solo de guitarra parecendo uma navalha afiada na confusa 'Astral'."[7]

A versão ao vivo serviu como videoclipe para a canção, sendo exibido nos canais de TV.[8] Sangalo cantou "Astral", "Festa", "Ruas e Rios", "O Grande Chefe" e "Aqui vai Rolar" no show em Vital, Espírito Santo, em 2002.[9] "Astral" também fez parte do repertório da cantora no show de lançamento do álbum na Fonte Nova, no Claro Hall, após a canção "Coleção" e antes da canção que encerrou o show, "Sorte Grande".[10]

Desempenho nas paradas[editar | editar código-fonte]

Após o imenso sucesso de "Festa", e após os hits moderados "Penso" e "Tum, Tum, Goiaba", "Astral" foi lançada como quarto e último single do álbum, estreando no dia 22 de fevereiro de 2003 na parada do Hot 100 Brasil. Após um mês, a canção alcançou o pico de número 16, no dia 15 de março, se tornando mais um Top 40 para a cantora - o quarto do mesmo álbum.[11]