Astral (canção)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Astral"
Single de Ivete Sangalo
do álbum Festa
Lançamento 3 de dezembro de 2002
Formato(s) Airplay
Gravação 2001
Gênero(s)
Duração 4:03
Gravadora(s) Universal
Composição
  • Cláudio Martins
  • Gustavo Di Dalva
Produção Alexandre Lins
Cronologia de singles de Ivete Sangalo
"Penso"
(2002)
"Somente Eu e Você"
(2003)

'Astral" é uma canção da cantora brasileira Ivete Sangalo, presente em seu terceiro álbum de estúdio, Festa (2001). A canção de axé e pop fala sobre a animação de estar numa festa com um grande astral. A canção, escrita por Cláudio Martins e Gustavo Di Dalva, foi lançada como quarto e último single do álbum, em dezembro de 2002.

Sendo o último single do álbum, a canção chegou apenas na posição de número 36, mas se tornou mais um Top 40 para a carreira da cantora. Uma versão ao vivo com a participação do músico Davi Moraes foi gravada para o CD MTV ao Vivo: Ivete Sangalo de 2004.

Composição e letra[editar | editar código-fonte]

"Astral" foi escrita por Cláudio Martins e Gustavo Di Dalva,[1] e é uma canção que mistura axé music e pop.[2] Sua letra fala sobre manter "o astral lá em cima", ou seja, ficar sempre positivo para curtir a vida.[3] No refrão, Ivete comanda, "Agora, eu quero ver a galera batendo com a mão, todo mundo saindo do chão com a mãozinha pra lá e pra cá... Subir, subir, subir, subir, subir, subir subir o astral."[3]

Outras versões e performances[editar | editar código-fonte]

Uma versão ao vivo da canção, gravada para o seu primeiro álbum ao vivo MTV ao Vivo: Ivete Sangalo de 2004[4], teve a participação do músico Davi Moraes (na época, marido de Ivete) na guitarra.[5] A versão contava com um solo de Davi e durava 4:45, 50 segundos a mais que a original.[6] Para o crítico Kees Schoof do site Música Brasileira disse que Davi adiciona um solo de guitarra parecendo uma navalha afiada na confusa 'Astral'."[7]

A versão ao vivo serviu como videoclipe para a canção, sendo exibido nos canais de TV.[8] Ivete cantou "Astral", "Festa", "Ruas e Rios", "O Grande Chefe" e "Aqui vai Rolar" no show em Vital, Espírito Santo, em 2002.[9] "Astral" também fez parte do repertório da cantora no show de lançamento do DVD na Fonte Nova, no Claro Hall, após a canção "Coleção" e antes da canção que encerrou o show, "Sorte Grande".[10]

Desempenho nas paradas[editar | editar código-fonte]

Após o imenso sucesso de "Festa", e após os hits moderados "Penso" e "Tum, Tum, Goiaba", "Astral" foi lançada como quarto e último single do álbum, estreando no dia 22 de fevereiro de 2003 na parada do Hot 100 Brasil. Após um mês, a canção alcançou o pico de número 16, no dia 15 de março, se tornando mais um Top 40 para a cantora - o quarto do mesmo álbum.[11]

Posições[editar | editar código-fonte]

Parada (2002) Melhor
posição
 Brasil (Hot 100 Brasil)[11] 36

Referências

  1. Mônica Loureiro (2001). «Cliquemusic: Disco: FESTA». Consultado em 29 de dezembro de 2013 
  2. «Ivete Sangalo - Festa | Allmusic». Consultado em 29 de dezembro de 2013 
  3. a b «Astral, de Ivete Sangalo». Letras e Músicas. UOL. Consultado em 19 de janeiro de 2014 
  4. «Ivete Sangalo - MTV ao Vivo - iTunes». iTunes. Consultado em 21 de janeiro de 2014 
  5. «Ivete Sangalo aposta alto em 2004». Nordeste Web. Consultado em 21 de janeiro de 2014 
  6. «Astral (ao vivo), de Ivete Sangalo». Letras e Músicas. UOL. Consultado em 21 de janeiro de 2014 
  7. «Ivete Sangalo: MTV Ao Vivo». Música Brasileira. 25 de setembro de 2004. Consultado em 21 de janeiro de 2014 
  8. «Astral >> Ivete Sangalo >> Letra e vídeo no Multishow». Multishow. Consultado em 21 de janeiro de 2014 
  9. «VITAL: Carnaval fora de época de Vitória-ES. Ivete Sangalo, Chiclete com Banana e muitos outros excelentes cantores. São três dias de folia». Jornal dos Poetas Trovadores. Consultado em 21 de janeiro de 2014 
  10. Marcos Paulo Bin (20 de setembro de 2004). «Furacão Ivete arrasta quase 10 mil pessoas ao Claro Hall». Universo Musical. Consultado em 21 de janeiro de 2014 
  11. a b «Hot 100 Brasil» (PDF). Consultado em 2 de outubro de 2013