At the Mountains of Madness

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
At the Mountains of Madness
Nas Montanhas da Loucura (BR)
Autor (es) H. P. Lovecraft
Idioma inglês
País Estados Unidos
Género Terror
Ilustrador Howard V. Brown
Editora Analog Science Fiction and Fact
Lançamento 1936
ISBN 0-8129-7441-7

At the Mountains of Madness é uma novela literária de horror escrito por H. P. Lovecraft, em fevereiro/março de 1931 e foi rejeitada pelo editor Farnsworth Wright da Weird Tales que argumentou que o livro era longo demais. Foi então lançado em formato de série em fevereiro, março e abril de 1936, pela revista Astounding Stories. Já foi reproduzida em várias coleções.[1]

A história detalha os eventos de uma expedição desastrosa ao continente antárctico em setembro de 1930 e era fundado por um grupo de exploradores liderados pelo narrador do conto, Dr. William Dyer da Universidade de Miskatonic. Durante a história, Dyer detalha uma série de eventos não contados na esperança de deter um outro grupo de exploradores que desejavam retornar ao continente.[2]

O título da novela vem de uma fala de "The Hashish Man", um conto curto do escritor de fantasia fantasy writer Edward John Plunkett Dunsany: "E nós viemos finalmente para aquelas montanhas de marfim que são nomeadas Montanhas da Loucura ('Mountains of Madness')..."[3]

Essa história popularizou o conceito de astronautas da antiguidade.[4]

A recepção da crítica foi evoluindo ao longo do tempo e hoje a novela é aclamada como um dos melhores trabalhos de Lovecraft.[5]

Referências

  1. Joshi, S. T. (2001). A dreamer and a visionary: H.P. Lovecraft in his time. Liverpool University Press, 302. ISBN 0-85323-946-0
  2. Joshi, S. T.; Schultz, David E. An H.P. Lovecraft Encyclopedia. Greenwood Press. p. 12. ISBN 0313315787.
  3. Plunkett, Edward (1910). A Dreamer's Tales: Hashish Man Modern Library [S.l.] 
  4. Jason Colavito, The Cthulhu Comparison
  5. "Book Review", Astounding Science Fiction, Novembro de 1948.