Ataque à mesquita Al Rawdah em 2017

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção se refere ou tem relação com um evento atual.
A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (Editado pela última vez em 1 de dezembro de 2017.)
Ataque à mesquita Al Rawdah em 2017
Local Bir al-Abed, perto de al-Arish, Sinai do Norte, no Egito
Data 24 de novembro de 2017
Mortes 305[1]
Feridos 128 +
Alvo(s) Fiéis muçulmanos, seguidores do sufismo
Suspeito(s) Flag of the Islamic State of Iraq and the Levant2.svg Estado Islâmico do Iraque e do Levante[2]

O ataque à mesquita Al Rawdah em 2017 foi um atentado terrorista perpetrado em 24 de novembro de 2017 na localidade de Bir al-Abed, perto de al-Arish, Sinai do Norte, no Egito, a uma mesquita no dia de Jumu'ah. O ataque, à bomba e com armas de fogo, terá feito pelo menos 235 mortes e 109 feridos.[3][4][5]

Inicialmente o número de vítimas mortais foi estimado em 155, mais tarde o número foi atualizado para 200 mortos e 130 feridos[6] e a CNN avançou com pelo menos 235 mortos e 109 feridos.[5] No dia seguinte ao massacre contaram-se 305 mortes.[1]

O presidente do Egito Abdel Fattah Al-Sissi decretou três dias de luto nacional.[7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «numero-de-mortos-em-atentado-em-mesquita-no-egito-sobe-para-305». Veja. Consultado em 25 de novembro de 2017 
  2. «Gunmen in Egypt mosque attack carried Islamic State flag, prosecutor says». Reuters. Consultado em 25 de novembro de 2017 
  3. expresso.pt. «Egito: ataque a mesquita fez 184 mortos e 125 feridos». 24-11-2017. Consultado em 24 de novembro de 2017 
  4. observador.pt. «Atentado em mesquita no Egito faz pelo menos 155 mortos». 24-11-2017. Consultado em 24 de novembro de 2017 
  5. a b «Hundreds killed in Egypt mosque attack». www.cnn.com. Consultado em 24 de novembro de 2017 
  6. «Egypt mosque attack: Death toll rises to at least 200 after militants' bomb and gun assault in north Sinai». The Independent (em inglês). 24 de novembro de 2017. Consultado em 24 de novembro de 2017 
  7. Ouest-France (24 de novembro de 2017). «Égypte. Attaque contre une mosquée dans le Sinaï : au moins 184 morts» (em francês). Consultado em 24 de novembro de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre o Egito é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.