Ataque Parham

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Este artigo usa a notação algébrica para descrever os movimentos do xadrez.
abcdefgh
8
Chessboard480.svg
a8 preto torre
b8 preto cavalo
c8 preto bispo
d8 preto rainha
e8 preto rei
f8 preto bispo
g8 preto cavalo
h8 preto torre
a7 preto peão
b7 preto peão
c7 preto peão
d7 preto peão
f7 preto peão
g7 preto peão
h7 preto peão
e5 preto peão
h5 branco rainha
e4 branco peão
a2 branco peão
b2 branco peão
c2 branco peão
d2 branco peão
f2 branco peão
g2 branco peão
h2 branco peão
a1 branco torre
b1 branco cavalo
c1 branco bispo
e1 branco rei
f1 branco bispo
g1 branco cavalo
h1 branco torre
8
77
66
55
44
33
22
11
abcdefgh
Posição do ataque

O Ataque Parham, também conhecido como Ataque da Rainha Rebelde ou Ataque Danvers é uma abertura que se inicia com os movimentos:

  1. e4 e5
  2. Dh5

Ela foi nomeada após o GM estadunidense Bernard Parham tê-la utilizado. Parham também advogava pelo desenvolvimento da Dama em outras posições para evitar linhas da Defesa Siciliana. O Ataque Parham viola vários princípios da abertura porque desenvolve a dama muito cedo, deixando-a sujeita a ataques, e irá privar o cavalo de sua melhor casa, se precisar retornar para f3. Apesar disso, a abertura pode causar alguns problemas para as Pretas. As opções mais prováveis para as Pretas são ...Cf6, ...Bc5, e ...Cc6. O Ataque Parham confunde essas jogadas por forçar as Pretas a defenderem o seu peão-e (a não ser que desejem sacrificá-lo). Assim como a Abertura Napoleão as Brancas esperam aplicar o Mate do Aprendiz, explorando a fragilidade de f7 mas em ambos os casos as Pretas podem evitar facilmente a armadilha. Entretanto, Dh5 não traz nenhum impedimento ao desenvolvimento das Pretas como Df3 faz. Incidentalmente, o pior movimento para as Pretas é 2...Re7?? 3.Dxe5##.

Ícone de esboço Este artigo sobre enxadrismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.