Atari Karts

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Atari Karts
Produtora(s) Miracle Designs Ltd.
Editora(s) Atari
Plataforma(s) Atari Jaguar
Data(s) de lançamento Estados Unidos: Dezembro de 1995
Gênero(s) Corrida
Modos de jogo Single player e Multiplayer
Número de jogadores 2
Média Cartucho
Controles Gamepad

Atari Karts é um jogo para Atari Jaguar publicado pela Atari Games e desenvolvido pela Miracle Designs Ltd.[1] O jogo foi claramente inspirado em Mario Kart do Super Nintendo e com este se assemelha muito.

O gráfico do jogo mostraram-se muito bons na época, com muitos efeitos de luzes no fundo do cenário e na pista, sendo muito superior à Mario Kart para Super Nintendo.[2]

No seu lançamento, Atari Karts foi não foi bem recebido pela crítica, que criticou o fato de não haver itens e power-ups. Como não há projéteis direcionaveis como em Mario Kart, a única maneira de atacar é através de um item que inverte os botões do controle dos outros jogadores. Outra crítica apontada foi o fato de quando o jogador colidir com uma parede durante a corrida, o Kart parar de funcionar algumas vezes, o que se torna extremamente irritante nas pistas mais difíceis.[3]

A trilha sonora do jogo foi composta em 1994 por Fabrice Gillet no programa Protracker em um computador Amiga.[4] Os produtores do jogo, que criaram a parte a parte gráfica não são listados nos créditos ao final do jogo, fato curioso. O manual do Atari Karts cita como criadores, o estúdio "Miracle Designs Team".[5]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Bentley Bear, o principal personagem de Crystal Castles é um personagem jogável em Atari Karts.
  • O nome dos campeonatos do jogo contém várias referências de jogos da Atari.
    • The Borregas Cup é uma referência ao antigo endereço da Atari: 1196 Borregas Avenue, Sunnyvale.
    • The Tempest Cup é um tributo ao clássico jogo de Arcade da Atari, Tempest.
    • The Miracle Race é uma referência à Miracle Designs, desenvolvedora do jogo.

Referências

  1. «The official Miracle Designs Ltd. website» (em inglês). Miracle-designs.com. Consultado em 20 de fevereiro de 2007. 
  2. Klein, Stephen. «A review of the game at the site Jagkeeper» (em inglês). AOL. Consultado em 20 de fevereiro de 2007. 
  3. George, Gregory D. «A review of the game at the site Atari Times» (em inglês). Ataritimes.com. Consultado em 20 de fevereiro de 2007. 
  4. «The games' music modules on Amiga Music Preservation, a site collecting Amiga music» (em inglês). Amp.dascene.net. Consultado em 20 de fevereiro de 2007. 
  5. «A transcription of the game's manual» (em inglês). Atariage.com. Consultado em 22 de maio de 2007.