Atentado ao USS Cole

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Atentado ao USS Cole
O rebocador USNS Catawba (T-ATF-168), a frente, rebocando o USS Cole logo após o atentado.
Local Áden, Iêmen
Data 12 de outubro de 2000
11:18 (UTC+3)
Arma(s) Barco (ataque suicida)
Mortes 17
Feridos 39
Responsável(is) al-Qaeda

O Atentado ao USS Cole foi um ataque suicida feito contra o destroyer USS Cole (DDG 67) da Marinha dos Estados Unidos em 12 de outubro de 2000, enquanto este estava reabastecendo no porto de Áden, no Iêmen.[1] Cerca de 17 marinheiros americanos foram mortos e outros 39 ficaram feridos.[2] [3]

O grupo terrorista islâmico al-Qaeda assumiu a autoria do ataque. A resposta da Administração Clinton foi considerada tímida, com pouca ação militar direcionada contra os responsáveis.[4]

O MV Blue Marlin transportando o Cole para a sua base em Pascagoula.

Referências

  1. "Burden of Proof". CNN [S.l.: s.n.] Consult. 27 de maio de 2010. 
  2. Department of Defense Casualty release. Acessado em 30 de janeiro de 2012.
  3. "USS Cole Investigation: New Clues Discovered in Deadly Bombing" (em inglês). Cable News Network. 18 de outubro de 2000. Consult. 21 de maio de 2012. 
  4. Jeremy Lewis. "International Terrorism and Response: notes". Huntingdon College. Consult. 4 de março de 2007. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Atentado ao USS Cole
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.