Atentados em Jacarta em 2016

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Atentados em Jacarta em 2016
Local Jacarta, Indonésia
Data 14 de janeiro de 2016
a partir das 10:55 hora local (UTC+2)
Arma(s) Vários atentados suicidas com bombas e tiroteios
Mortes 17 (incluindo 5 terroristas)
Feridos não determinado
Alvo(s) Turistas e polícias indonésios
Responsável(is) Estado Islâmico do Iraque e do Levante

Os atentados em Jacarta em 2016 ocorreram a partir das 10:55 da manhã de 14 de janeiro de 2016 no centro de Jacarta, capital e maior cidade da Indonésia[1]. Constaram de sete explosões e tiroteios. Fontes da polícia relataram que entre os mortos confirmados estão cinco terroristas, cinco polícias e sete civis.[2] As explosões ocorreram num raio de 50 metros. A Al Jazeera informou que um posto de trânsito da polícia foi destruído por uma granada.[2]. Um dos mortos é um cidadão neerlandês e um dos feridos é argelino. O ataque foi levado a cabo por homens com armas de fogo e granadas, que se faziam transportar, alguns deles, de mota. Há ainda relatos de que seis homens se terão barricado no edifício Skyline, na rua Thamrin.

É o primeiro grande atentado terrorista na Indonésia desde os atentados em Jacarta em julho de 2009.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre a Indonésia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.