Atletismo nos Jogos Olímpicos de Verão de 2020 - 10000 m masculino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Olympic Rings white.svg
10000 metros masculino nos
Jogos Olímpicos de Verão de 2020
Japão Tóquio, Japão
Olympic Athletics.png
Dados
Participantes 25 de 15 CONs
Sede Estádio Olímpico
Data 30 de julho de 2021 (final)
Dias de competição 1
Medalhistas
Medalha de ouro Ouro Selemon Barega
EtiópiaETH Etiópia
Medalha de prata Prata Joshua Cheptegei
UgandaUGA Uganda
Medalha de bronze Bronze Jacob Kiplimo
UgandaUGA Uganda
◄◄ Brasil 2016 Olympic Rings white.svg 2024 França ►►
Atletismo nos
Jogos Olímpicos de Verão de 2020
Athletics pictogram.svg
Provas de pista
100 m masc fem
200 m masc fem
400 m masc fem
800 m masc fem
1500 m masc fem
5000 m masc fem
10000 m masc fem
100 m com barreiras fem
110 m com barreiras masc
400 m com barreiras masc fem
3000 m
com obstáculos
masc fem
Revezamento 4×100 m masc fem
Revezamento 4×400 m masc fem mis
Provas de estrada
Maratona masc fem
20km marcha atlética masc fem
50km marcha atlética masc
Provas de campo
Salto em distância masc fem
Salto triplo masc fem
Salto em altura masc fem
Salto com vara masc fem
Arremesso de peso masc fem
Lançamento de dardo masc fem
Lançamento de disco masc fem
Lançamento de martelo masc fem
Eventos combinados
Heptatlo fem
Decatlo masc

O evento dos 10000 metros masculino nos Jogos Olímpicos de Verão de 2020 ocorreu em 30 de julho de 2021 no Estádio Olímpico. Vinte e cinco atletas participaram da competição.[1]

Qualificação[editar | editar código-fonte]

Um Comitê Olímpico Nacional (CON) pode inscrever até 3 atletas qualificados no evento masculino dos 10000 metros desde que todos os atletas atendam ao padrão de inscrição ou se classifiquem pelo ranking durante o período de qualificação (o limite de 3 está em vigor desde o Congresso Olímpico de 1930). O tempo padrão a qualificação é 27:28.00. Este padrão foi "estabelecido com o único propósito de qualificar atletas com desempenhos excepcionais incapazes de se qualificar através do caminho do Ranking Mundial da IAAF". O ranking mundial, baseado na média dos cinco melhores resultados do atleta durante o período de qualificação e ponderado pela importância do evento, foi usado para qualificar os atletas até que o limite de 27 fosse alcançado.[2][3]

O período de qualificação foi originalmente de 1 de maio de 2019 a 29 de junho de 2020. Devido à pandemia de COVID-19, este período foi suspenso de 6 de abril de 2020 a 30 de novembro de 2020, com a data de término estendida para 29 de junho de 2021. O início do período do ranking mundial a data também foi alterada de 1 de maio de 2019 para 30 de junho de 2020; os atletas que atingiram o padrão de qualificação naquela época ainda estavam qualificados, mas aqueles que usavam as classificações mundiais não seriam capazes de contar os desempenhos durante esse tempo. Os padrões de tempo de qualificação podem ser obtidos em várias competições durante o período determinado que tenham a aprovação da IAAF. Tanto competições ao ar livre quanto em recinto fechado eram elegíveis para a qualificação. Os campeonatos continentais mais recentes podem ser contados no ranking, mesmo que não durante o período de qualificação.[4]

Os CONs também podem usar sua vaga de universalidade — cada CON pode inscrever um atleta masculino independentemente do tempo, se não houver nenhum atleta masculino que atenda ao padrão de entrada a um evento de atletismo — nos 10000 metros.

Formato da competição[editar | editar código-fonte]

O evento consiste de uma única bateria, já valendo a definição das medalhas.

Calendário[editar | editar código-fonte]

Horário local (UTC +9)[1]

30 de julho
20:30
Final

Medalhistas[editar | editar código-fonte]

Gold medal.svg Ouro EtiópiaETH Selemon Barega
Silver medal.svg Prata UgandaUGA Joshua Cheptegei
Bronze medal.svg Bronze UgandaUGA Jacob Kiplimo

Recordes[editar | editar código-fonte]

Antes desta competição, os recordes mundiais e olímpicos da prova eram os seguintes:[5]

Tipo Atleta Tempo Local Data
Sport records icon WR.svg Uganda Joshua Cheptegei 26:11.00 Espanha Valência 7 de outubro de 2020
Sport records icon OR.svg Etiópia Kenenisa Bekele 27:01.17 China Pequim 17 de agosto de 2008

Por região[editar | editar código-fonte]

Área Tempo Atleta Nação
África 26:11.00 Recorde mundial Joshua Cheptegei Uganda Uganda
Ásia 26:38.76 Ahmad Hassan Abdullah Catar Catar
Europa 26:46.57 Mo Farah Reino Unido Reino Unido
América do Norte, Central e Caribe 26:44.36 Galen Rupp Estados Unidos Estados Unidos
Oceania 27:22.55 Patrick Tiernan Austrália Austrália
América do Sul 27:28.12 Marílson dos Santos Brasil Brasil

Resultados[editar | editar código-fonte]

A final foi disputada em 30 de julho, às 20:30 locais.[6]

Pos. Atleta CON Tempo Notas
Medalha de ouro Selemon Barega EtiópiaETH Etiópia 27:43.22
Medalha de prata Joshua Cheptegei UgandaUGA Uganda 27:43.63 Recorde da temporada
Medalha de bronze Jacob Kiplimo UgandaUGA Uganda 27:43.88
4 Berihu Aregawi EtiópiaETH Etiópia 27:46.16
5 Grant Fisher Estados UnidosUSA Estados Unidos 27:46.39
6 Mohammed Ahmed CanadáCAN Canadá 27:47.76 Recorde da temporada
7 Rodgers Kwemoi QuêniaKEN Quênia 27:50.06
8 Yomif Kejelcha EtiópiaETH Etiópia 27:52.03
9 Rhonex Kipruto QuêniaKEN Quênia 27:52.78
10 Morhad Amdouni FrançaFRA França 27:53.58
11 Yemaneberhan Crippa ItáliaITA Itália 27:54.05 Recorde da temporada
12 Aron Kifle EritreiaERI Eritreia 28:04.06
13 Carlos Mayo EspanhaESP Espanha 28:04.71
14 Marc Scott Grã-BretanhaGBR Grã-Bretanha 28:09.23
15 Woody Kincaid Estados UnidosUSA Estados Unidos 28:11.01
16 Joe Klecker Estados UnidosUSA Estados Unidos 28:14.18
17 Akira Aizawa JapãoJPN Japão 28:18.37 Recorde da temporada
18 Isaac Kimeli BélgicaBEL Bélgica 28:31.91
19 Patrick Tiernan AustráliaAUS Austrália 28:35.06 Recorde da temporada
20 Weldon Langat QuêniaKEN Quênia 28:41.42
21 Julien Wanders SuíçaSUI Suíça 28:55.29 Recorde da temporada
22 Tatsuhiko Ito JapãoJPN Japão 29:01.31
23 Kieran Tuntivate TailândiaTHA Tailândia 29:01.92
Sam Atkin Grã-BretanhaGBR Grã-Bretanha DNF
Stephen Kissa UgandaUGA Uganda DNF
Legenda
Recorde mundial Recorde mundial (World record) Recorde africano Recorde africano (African) Q Classificado por posição (Qualified)
Recorde olímpico Recorde olímpico (Olympic record) Recorde da América Recorde da América (Americas) q Classificado por melhor tempo (Qualified)
Melhor marca do ano Melhor marca do ano (World leading) Recorde asiático Recorde asiático (Asian) DNS Não largou (Did not start)
Recorde nacional Recorde nacional (National record) Recorde europeu Recorde europeu (European) DNF Não terminou (Did not finish)
Recorde pessoal Recorde pessoal do atleta (Personal best) Recorde da Oceania Recorde da Oceania (Oceania) DSQ / DQ Desclassificado (Disqualified)
Recorde da temporada Recorde da temporada do atleta (Season best) Recorde sul-americano Recorde sul-americano (South America) NM Sem marca (No mark)

Referências

  1. a b «Olympic Stadium - Track - 30 Jul - 20:30 - Official» (em inglês). Tokyo 2020 Olympics. Consultado em 22 de agosto de 2021 
  2. «IAAF to follow other sports with world ranking system for athletes». BBC Sport. 7 de março de 2018. Consultado em 2 de agosto de 2018 
  3. «New ranking system to change athletics» (em inglês). BBC Sport. Consultado em 21 de julho de 2021 
  4. «Olympic qualification period suspended until 1 December 2020». World Athletics. 6 de abril de 2020. Consultado em 9 de abril de 2020 
  5. «Records by Event - Men's 10,000m» (PDF) (em inglês). Tokyo 2020 Olympics. 28 de julho de 2021. Consultado em 2 de agosto de 2021 
  6. «Athletics – Men's 10000m – Final» (PDF). Olympics.com. Consultado em 14 de outubro de 2021. Cópia arquivada (PDF) em 14 de outubro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]