Atme

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Atme
Al-Qurayshi compound post-op.jpg
Geografia
País
Subdivisões
District of Syria
Harem District (en)
Subdistrict of Syria
Al-Dana Nahiyah (en)
Coordenadas

Atme (em árabe: اطمه, translit. ‘Aṭma, também escrito Al-‘Atma ou Atmeh)[1][2][3] é uma cidade no norte da Síria, administrativamente parte da província de Idlib, localizada ao norte de Idlib e a leste da fronteira com a Turquia. Fica a sudeste de Deir Ballut, ao sul de Jindires, a noroeste de Qah e ao norte de Sarmada e al-Dana. No censo de 2004, tinha uma população de 2.255.

O Acampamento das Oliveiras é um campo de refugiados que surgiu durante a Guerra Civil Síria. Desde outubro de 2011, sírios deslocados internamente que não conseguiram atravessar para a Turquia começaram a se estabelecer entre as oliveiras. Segundo a Fundação Maram, mais de 28.000 pessoas vivem neste acampamento.

Uma árvore de 150 anos em Atme foi cortada por membros do Estado Islâmico do Iraque e do Levante em novembro de 2013. Eles acusaram os moradores de venerar a árvore em vez de Deus.[4] A cidade está sob o controle da Hayat Tahrir al-Sham . O líder do ISIS Abu Ibrahim al-Qurashi foi morto durante um ataque das forças especiais dos EUA em uma casa em Atme em 3 de fevereiro de 2022.[5]

Referências

  1. G1, Germano AssadEspecial para o; Reyhanli, em; Turquia (8 de abril de 2012). «Turquia diz que já abriga mais de 24 mil refugiados do conflito na Síria». Revolta Árabe. Consultado em 3 de fevereiro de 2022 
  2. «Líder do Estado Islâmico se mata após ser cercado por forças dos EUA na Síria». Valor Econômico. Consultado em 3 de fevereiro de 2022 
  3. Pinheiro, Guilherme. «Líder do Daesh na Síria morre durante operação de contraterrorismo dos EUA». PÚBLICO. Consultado em 3 de fevereiro de 2022 
  4. «Un chêne vieux de 150 ans, dernière victime d'el-Qaëda en Syrie». L'Orient le Jour. 23 de novembro de 2013. Consultado em 24 de novembro de 2013 
  5. Schmitt, Eric; Hubbard, Ben (3 de fevereiro de 2022). «Live Updates: Pentagon Leaders Speak After ISIS Leader's Death». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 3 de fevereiro de 2022