Atypical

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Atypical
Informação geral
Formato Sitcom
Gênero Comédia, drama, romance
Duração 30 min.
Estado Em exibição
Criador(es) Robia Rashid
País de origem  Estados Unidos
Produção
Diretor(es) Seth Gordon
Produtor(es) Jennifer Jason Leigh
Distribuída por Netflix
Roteirista(s) Robia Rashid
Elenco Jennifer Jason Leigh
Keir Gilchrist
Brigette Lundy-Paine
Amy Okuda
Michael Rapaport
Empresa(s) de produção Weird Brain
Exhibit A
Sony Pictures Television
Exibição
Emissora de televisão original Netflix
Transmissão original 11 de agosto de 2017
N.º de temporadas 1
N.º de episódios 8

Atypical é uma série norte-americana de comédia dramática original Netflix, criada e escrita por Robia Rashid, conta a trama de um garoto de 18 anos portador de autismo.[1] Disponibilizada na rede de streaming desde 11 de agosto de 2017, com oito episódios. A série foi bem recebida pela crítica. Foi renovada para uma segunda temporada com dez episódios em 13 de setembro de 2017.[2]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Sam é um garoto de 18 anos que tem Transtorno do Espectro Autista que por motivação de sua psicóloga decide procurar uma namorada.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Principal[editar | editar código-fonte]

  • Brigette Lundy-Paine como Casey Gardner: a irmã mais nova de Sam
  • Amy Okuda como Julia Sasaki: terapeuta de Sam e interesse amoroso

Recorrente[editar | editar código-fonte]

  • Nik Dodani como Zahid: o melhor amigo de Sam
  • Raúl Castillo como Nick: um barman o qual Elsa tem um caso
  • Jenna Boyd como Paige Hardaway: a "namorada de treino" de Sam
  • Rachel Redleaf como Beth Chapin: irmã de Evan

Episódios[editar | editar código-fonte]

Episódio Título original Título em português
1 Atarctica Antártida
2 A Human Female Uma fêmea humana
3 Julia Says A Júlia que disse
4 A Nice Neutral Smell Um cheiro agradável e neutro
5 That's My Sweatshirt Esse moletom é meu
6 The D-Train to Bone Town Hora de agasalhar o croquete
7 I Lost My Poor Meatball O pobre Almôndega morreu
8 The Silencing Properties of Snow Característica silenciadora da neve

Recepção[editar | editar código-fonte]

Após a liberação, Atypical recebeu críticas geralmente positivas por parte dos críticos. No Metacritic, a primeira temporada recebeu uma pontuação de 66, com base em 20 críticas, indicando "críticas geralmente favoráveis",[3] e uma pontuação de 79% no Rotten Tomatoes.[4] A atuação, especialmente a performance de Gilchrist, foi geralmente bem recebida,[5] [6][7] apesar de alguns críticos acharam a série mal escrita.[8][9] A falta de outras pessoas autistas na série também foi questionada.[10][11]

Referências

  1. «Nova série da Netflix, "Atypical" traz jovem protagonista autista que só quer arranjar uma namorada». ZH 2014 
  2. «'Atypical' Renewed for Season 2 at Netflix». The Hollywood Reporter (em inglês) 
  3. Atypical, consultado em 13 de setembro de 2017 
  4. «Atypical». Wikipedia (em inglês). 11 de setembro de 2017 
  5. «'Atypical': Netflix questions normality». Newsday 
  6. Tallerico, Brian. «Great Cast, Empathetic Writing Make "Atypical" Stand Out | Demanders | Roger Ebert». www.rogerebert.com (em inglês). Consultado em 13 de setembro de 2017 
  7. CNN, Brian Lowry,. «'Atypical' explores autism via mostly ordinary Netflix show». CNN 
  8. «'Atypical': TV Review». The Hollywood Reporter (em inglês) 
  9. Genzlinger, Neil (10 de agosto de 2017). «Review: Autism, Hormones and Family in Netflix's 'Atypical'». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  10. Rowe, Mickey. «I'm Autistic and I Was Majorly Disappointed by Netflix's New Show "Atypical"». Teen Vogue (em inglês) 
  11. «My teen son has autism. Here's what Netflix's new dramedy Atypical gets wrong.». 11 de agosto de 2017 
Netflix-incon.png Este artigo que fala sobre alguma série ou um projeto da(o) Netflix é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.