Auguste François Marie Glaziou

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Auguste François Marie Glaziou
Nome nativo Auguste François Marie Glaziou
Nascimento 30 de agosto de 1828
Lannion
Morte 30 de março de 1906 (77 anos)
Bordeaux
Cidadania França
Ocupação botânico
Prêmios Ordem de Santa Ana, 2ª classe, Ordem de Santo Estanislau, 2.ª classe

Auguste François Marie Glaziou (Lannion, Bretanha, 30 de agosto de 1833Bordeaux,? de 1906) foi um engenheiro e paisagista francês.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Após formar-se em engenharia civil, Glaziou estudou botânica no Museu de História Natural de Paris, onde aprofundou os seus conhecimentos em agricultura e horticultura.

Veio para o Brasil em 1858, a convite do Imperador D. Pedro II, para coordenar a Diretoria de Parques e Jardins da Casa Imperial, no Rio de Janeiro, sendo oficialmente nomeado para o cargo apenas em 1869.

Deve-se a Glaziou a descoberta de diversas espécies de plantas, que receberam o seu nome, como as do gênero de bignoniáceas ("Glaziovia"), e a maniçoba ("Manihot glaziovii"), e a adoção de plantas brasileiras em praças e ruas, destacando-se o oitizeiro. Introduziu no Rio de Janeiro a figueira religiosa (Ficus religiosa).

Obras[editar | editar código-fonte]

Rio de Janeiro - Área demarcada no Passeio Público, onde se localizava o chalé onde morou Auguste Glaziou durante a reforma do parque. Foto: Marcos Faria
Contrato que faz o Governo Imperial com Augusto Glaziou, 1874. Arquivo Nacional.

De acordo com TERRA (1998), consoante a documentação que chegou até aos nossos dias, as obras de Glaziou podem ser agrupadas em três grandes grupos:

É-lhe atríbuída ainda a antiga Praça Princesa Isabel, atual Praça Getúlio Vargas, na cidade de Nova Friburgo e o Jardim da Independência em Corumbá, Mato Grosso do Sul.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • TERRA, Carlos Gonçalves. O Jardim no Brasil do século XIX: Glaziou revisitado. Rio de Janeiro: UFRJ/EBA, 1993.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]