Augusto Murer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Augusto Murer
Nascimento 21 de maio de 1922
Falcade
Morte 11 de junho de 1985 (63 anos)
Pádua
Cidadania Itália
Ocupação escultor, pintor

Augusto Murer (Falcade, 21 maio de 1922 - Pádua, 11 de junho de 1985) foi um escultor, pintor, artista gráfico e guerrilheiro da resistência italiana.

Sua primeira formação artística teve lugar na escola de arte em Ortisei. Foi fundamental para seu desenvolvimento a breve colaboração com Arturo Martini, em Veneza, no outono de 1943. Apesar da divergência posterior de suas trajetórias artísticas e culturais, Murer sempre reconheceu sua dívida para com Martini.

Participou da Resistência na Itália, combatendo nas montanhas de Belluno, integrando a brigada Fratelli Fenti. Depois de 1945 participou com grande entusiasmo na fase de renovação civil e artística que marcou a história republicana e democrática do país. Obras de grande importância deste período são a Via Crucis para a igreja de Falcade (1946), a Pietà do monumento-ossário de Belluno (1949) e a Preghiera dei montanari (1952). Após uma exposição em 1953 na Galleria Cairola em Milão, Murer estabeleceu-se como um artista de nível nacional, através do reconhecimento de críticos importantes, como Orio Vergani, e artistas consagrados, como Renato Birolli. Nos anos seguintes e durante o período que chega a 1980, junto com o sucesso recebeu comissões importantes para a construção de monumentos e obras civis, que claramente destacam seu estilo expressionista.

A sua carreira artística foi marcada pelo desejo constante de explorar e confirmar sua criatividade, o que o levou a lidar com temas existenciais - amor, sensualidade, trabalho, sacrifício, luta, morte - e experimentar com diferentes formas de expressão artística além de seus gêneros favoritos, a escultura em madeira e bronze, produzindo obras em pintura, desenho e gravura. Após sua morte seu estúdio se tornou um museu.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • De Grada, R. Murer. Milano, Giorgio Mondadori & Associati, 1985.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]