Augusto Ramos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Augusto Ramos
Nascimento 1860
Cantagalo
Morte 28 de julho de 1939 (79 anos)
Cidadania Brasil

Augusto Ferreira Ramos (Cantagalo,RJ, 1860[1]Rio de Janeiro, 28 de julho de 1939) foi um engenheiro brasileiro, lente da Escola Politécnica de São Paulo e o idealizador do caminho aéreo do Pão de Açúcar. A ele se deve também um plano de valorização do café. Interessante, neste aspecto, examinar a obra “História da Riqueza no Brasil - Cinco Séculos de Pessoas, Costumes e Governos”, Editora “Estação Brasil”, do historiador brasileiro Jorge Caldeira, que atribui ao plano concebido por Augusto Ramos, de valorização do café, a partir de acordos entabulados no Convênio de Taubaté, um período de forte crescimento e desenvolvimento da economia brasileira.

Uma herma sua está localizada no Morro da Urca, obra do escultor Armando Schnoor.

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Dicionário das curiosidades do Rio de Janeiro, A. Campos - Da Costa e Silva, São Paulo, s/data.[vago]

Ícone de esboço Este artigo sobre engenheiro(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.