Australian Open de 2021

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Australian Open de 2021
Detalhes
Data 8 a 21 de fevereiro
Edição 109ª
Local Melbourne Park
Austrália Melbourne, Austrália
Organização Federação Internacional de Tênis (ITF)
Tennis Australia
Direção Craig Tiley
Categoria Grand Slam
Piso duro (GreenSet)
Premiação total A$ 71 500 000
Campeões
Profissionais
Simples masculino Sérvia Novak Djokovic
Simples feminino Japão Naomi Osaka
Duplas masculinas Croácia Ivan Dodig
Eslováquia Filip Polášek
Duplas femininas Bélgica Elise Mertens
Bielorrússia Aryna Sabalenka
Duplas mistas Chéquia Barbora Krejčíková
Estados Unidos Rajeev Ram
Cadeirantes
Simples masculino Bélgica Joachim Gérard
Simples feminino Países Baixos Diede de Groot
Simples tetraplégico Austrália Dylan Alcott
Duplas masculinas Reino Unido Alfie Hewett
Reino Unido Gordon Reid
Duplas femininas Países Baixos Diede de Groot
Países Baixos Aniek van Koot
Duplas tetraplégicas Austrália Dylan Alcott
Austrália Heath Davidson
Edições
Australian Open
2020
2022
Grand Slam

O Australian Open de 2021 foi um torneio de tênis disputado nas quadras duras do Melbourne Park, em Melbourne, na Austrália, entre 8 e 21 de fevereiro.[1] Foi a 53ª edição da era aberta e a 109ª de todos os tempos.

Novak Djokovic repetiu a performance habitual no torneio e conquistou seu nono troféu na Austrália. É o décimo oitavo do Grand Slam, ficando a apenas dois êxitos dos recordistas Rafael Nadal e Roger Federer. A final foi descomplicada, durou menos de duas horas e com sets diretos sobre o Daniil Medvedev.[2]

Entre as mulheres, Naomi Osaka entrou favorita contra a estreante em finais Jennifer Brady, conquistando o quarto troféu da carreira em slams e o segundo Australian Open.[3]

Ivan Dodig e Filip Polášek não permitiram quebras contra Rajeev Ram e Joe Salisbury. O croata levantou a segunda taça, enquanto essa é a primeira de major do eslovaco.[4]

Nas duplas femininas, uma história curiosa: Aryna Sabalenka e Elise Mertens venceram tranquilamente as tchecas Barbora Krejčíková e Kateřina Siniaková. No fim da cerimônia de premiação, anunciaram a descontinuação da parceria, pelo menos nos Grand Slam. É que Sabalenka deseja se focar na carreira de simples. Justamente quando, na segunda-feira seguinte, a bielorrussa aparecerá como número 1 do mundo no ranking de duplas.[5]

Mas uma vice-campeã não saiu apenas com um prato. Barbora Krejčíková ganhou o título de duplas mistas ao lado de Rajeev Ram. Derrotaram facilmente as pratas da casa Samantha Stosur e Matthew Ebden. É o terceiro seguindo da tcheca na Austrália. Feito semelhante ao de Djokovic em simples.[6]

Impacto da pandemia de COVID-19[editar | editar código-fonte]

Em 17 de dezembro de 2020, a Federação de Tênis Australiana (Tennis Australia) anunciou que o Australian Open seria adiado em três semanas, de 18 de janeiro para 8 de fevereiro de 2021, impactando jogadores da Europa e das Américas ao ficarem limitados em um número selecionado de voos para Melbourne. O governo do Estado de Vitória orientou uma quarentena obrigatória de 14 dias para os atletas, como precaução de segurança contra a COVID-19. Alguns torneios foram organizados, todos na própria cidade, uma semana antes, para preparação e aquecimento para o de Grand Slam.[7]

Pela primeira vez na história dos Grand Slam, os jogos da fase qualificatória fora do país-sede, no caso, devido às restrições de quarentena da Austrália. Os homens jogaram em Doha, no Catar, e as mulheres, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, entre 10 e 13 de janeiro.[8][9] Assim, os qualificados e os potenciais lucky losers teriam tempo de chegar na Austrália e realizar em quarentena até 8 de fevereiro, ficando aptos a disputar a chave principal.[10]

Em 30 de janeiro, o ministro dos esportes de Victória Martin Pakula declarou que o número de espectadores seria limitado a 30 000 por dia durante a maior parte do torneio, sendo por volta 50% da capacidade normal. Nos últimos cinco dias de evento, o número seria reduzido a 25 000 espectadores por dia.[11]

Em 4 de fevereiro, todos os eventos programados do dia, a ATP Cup e torneios preparatórios, tiveram que ser suspensos depois que um homem de 26 anos, que trabalhava no hotel em que os jogadores estavam quarentenados, foi diagnosticado com COVID-19. O premier da Victória Daniel Andrews comunicou que o Australian Open não seria afetado devido à mudança de cronograma. Houve o adiamento para 5 de fevereiro para a programação daquele dia, assim como a cerimônia de sorteio das chaves do Grand Slam.[12]

Em 12 de fevereiro, o Governo de Victória decretou um lockdown de 5 dias, a partir das 23h59min locais da sexta-feira, após um surto do vírus nos subúrbios da cidade. Este começou em um hotel perto do aeroporto de Melbourne. Presume-se que os casos sejam a cepa britânica do coronovíris, mais contagiosa e difícil de conter que a original. Assim, o torneio será realizado sem público até novo comunicado.[13][14][15] A partida entre Novak Djokovic e Taylor Fritz foi a última a ser jogada com espectadores presentes. Ela foi interrompida às 23h30min, para que estes pudessem cumprir o lockdown, em casa.[16]

Arena renomeada[editar | editar código-fonte]

Em 3 de fevereiro de 2020, o premier do estado de Vitória Daniel Andrews anunciou que a Melboure Arena seria renomeada para John Cain Arena, em homenagem a John Cain, o 41º premier vitoriano, considerado uma figura fundamental na manutenção do Australian Open em Melbourne, em meados dos anos 1980.[17] O novo nome entrou em vigor em dezembro de 2020.[18]

Transmissão[editar | editar código-fonte]

Estes foram os países e regiões, e seus respectivos meios de comunicação, que transmitiram esta edição do torneio:[19]

Distribuição de pontos[editar | editar código-fonte]

ATP[20] e WTA[21] informam suas pontuações em Grand Slam, distintas entre si, em simples e em duplas. A ITF responde exclusivamente pelos juvenis[22] e cadeirantes.[23]

Considerado torneio amistoso, o de duplas mistas não gera pontos.

No juvenil, os simplistas jogam duas fases de qualificatório, mas só os que passam à chave principal pontuam. Em duplas, a pontuação é por jogador. A partir da fase com 16, os competidores recebem pontos adicionais de bônus (os valores da tabela já somam as duas pontuações). As competições para esta modalidade, no entanto, foram adiadas, com a promessa de acontecer no final de 2021, segundo o diretor Craig Tiley.[24]

Profissional[editar | editar código-fonte]

Evento V F SF QF R16 R32 R64 R128 Q Q3 Q2 Q1
Simples masculino 2000 1200 720 360 180 90 45 10 25 16 8 0
Duplas masculinas 0
Simples feminino 1300 780 430 240 130 70 10 40 30 20 2
Duplas femininas 10

Cadeirante[editar | editar código-fonte]

Evento V F SF/3º lugar QF/4º lugar
Simples 800 500 375 100
Simples tetraplégico 800 500 375 100
Duplas 800 500 100
Duplas tetraplégicas 800 100

Premiação[editar | editar código-fonte]

A premiação geral aumentou 1% em relação a 2020. Os títulos de simples tiveram um decréscimo de A$ 1.370.000 cada.

Entre os cadeirantes, além de simples e duplas, há a adição dos mesmos eventos para tetraplégicos, o que também ocorre no US Open. Contudo, os valores dos prêmios não são detalhados, constando o total em "Outros eventos". Os juvenis não são pagos.[25]

Evento V F SF QF Últimos 16 Últimos 32 Últimos 64 Últimos 128 Q3 Q2 Q1
Contemplados 1 1 2 4 8 16 32 64 16 32 64
Simples (2) A$ 2 750 000 A$ 1 500 000 A$ 850 000 A$ 525 000 A$ 320 000 A$ 215 000 A$ 150 000 A$ 100 000 A$ 52 500 A$ 35 000 A$ 25 000
Duplas (2) A$ 600 000 A$ 340 000 A$ 200 000 A$ 110 000 A$ 65 000 A$ 45 000 A$ 30 000
Duplas mistas A$ 150 000 A$ 85 000 A$ 45 000 A$ 24 000 A$ 12 000 A$ 6 250

Total dos eventos acima: A$ 66 197 000

Outros eventos + per diem (estimado): A$ 5 303 000

Total da premiação: A$ 71 500 000

Cabeças de chave[editar | editar código-fonte]

Cabeças baseados(as) nos rankings de 1º de fevereiro de 2021.[nota 1][26][27] Os rankings e pontos são de 8 de fevereiro de 2021.

Por causa da pandemia, ATP[28] e WTA[29] criaram sistemas de ranking extraordinários para não impactar o progresso dos atletas que terão suas rotinas mudadas durante o período.

Como o cálculo de pontos está nebuloso, já que o torneio não aconteceu nas mesmas semanas do ano anterior, e há a questão de congelamentos, além do calendário com hiatos e incertezas, as colunas "Pontos a defender" e "Pontos conquistados" serão trocadas excepcionalmente pela campanha da edição anterior.

Em verde, o(s) cabeça(s) de chave campeão(ões). Em vermelho, o(s) vice-campeão(ões).

Simples[editar | editar código-fonte]

Masculino[editar | editar código-fonte]

Cabeça[30] Ranking[31] Jogador[31] Pontos
anteriores[31]
Campanha
em 2020
Nova
pontuação[32]
Eliminado
na
Eliminado por
1 1 Sérvia Novak Djokovic 12 030 Campeão 12 030 Estável Campeão
2 2 Espanha Rafael Nadal 9 850 QF 9 850 Estável QF Grécia Stefanos Tsitsipas [5]
3 3 Áustria Dominic Thiem 9 125 F 9 125 Baixa 4ª fase Bulgária Grigor Dimitrov [18]
4 4 Rússia Daniil Medvedev 8 715 4ª fase 9 735 Aumento F Sérvia Novak Djokovic [1]
5 6 Grécia Stefanos Tsitsipas 5 965 3ª fase 6 595 Aumento SF Rússia Daniil Medvedev [4]
6 7 Alemanha Alexander Zverev 5 615 SF 5 615 Baixa QF Sérvia Novak Djokovic [1]
7 8 Rússia Andrey Rublev 4 429 4ª fase 5 615 Aumento QF Rússia Daniil Medvedev [4]
8 9 Argentina Diego Schwartzman 3 480 4ª fase 3 480 Baixa 3ª fase Rússia Aslan Karatsev [Q]
9 10 Itália Matteo Berrettini 3 345 2ª fase 3 480 Aumento 4ª fase, w.o. Grécia Stefanos Tsitsipas [5]
10 11 França Gaël Monfils 2 860 4ª fase 2 860 Baixa 1ª fase Finlândia Emil Ruusuvuori
11 12 Canadá Denis Shapovalov 2 830 1ª fase 2 910 Aumento 3ª fase Canadá Félix Auger-Aliassime [20]
12 13 Espanha Roberto Bautista Agut 2 710 3ª fase 2 710 Baixa 1ª fase Moldávia Radu Albot
13 15 Bélgica David Goffin 2 600 3ª fase 2 600 Baixa 1ª fase Austrália Alexei Popyrin [WC]
14 14 Canadá Milos Raonic 2 630 QF 2 630 Baixa 4ª fase Sérvia Novak Djokovic [1]
15 16 Espanha Pablo Carreño Busta 2 585 3ª fase 2 585 Estável 3ª fase, ab. Bulgária Grigor Dimitrov [18]
16 17 Itália Fabio Fognini 2 535 4ª fase 2 535 Estável 4ª fase Espanha Rafael Nadal [2]
17 18 Suíça Stan Wawrinka 2 365 QF 2 365 Baixa 2ª fase Hungria Márton Fucsovics
18 21 Bulgária Grigor Dimitrov 2 260 2ª fase 2 575 Aumento QF Rússia Aslan Karatsev [Q]
19 20 Rússia Karen Khachanov 2 290 3ª fase 2 290 Estável 3ª fase Itália Matteo Berrettini [9]
20 19 Canadá Félix Auger-Aliassime 2 346 1ª fase 2 516 Aumento 4ª fase Rússia Aslan Karatsev [Q]
21 23 Austrália Alex de Minaur 2 065 não jogou 2 155 Aumento 3ª fase Itália Fabio Fognini [16]
22 25 Croácia Borna Ćorić 1 855 1ª fase 1 890 Aumento 2ª fase Estados Unidos Mackenzie McDonald [PR]
23 27 Sérvia Dušan Lajović 1 785 3ª fase 1 875 Aumento 4ª fase Alemanha Alexander Zverev [6]
24 28 Noruega Casper Ruud 1 739 1ª fase 1 909 Aumento 4ª fase, ab. Rússia Andrey Rublev [7]
25 29 França Benoît Paire 1 738 2ª fase 1 738 Baixa 1ª fase Bielorrússia Egor Gerasimov
26 30 Polónia Hubert Hurkacz 1 735 2ª fase 1 735 Baixa 1ª fase Suécia Mikael Ymer
27 31 Estados Unidos Taylor Fritz 1 695 3ª fase 1 695 Estável 3ª fase Sérvia Novak Djokovic [1]
28 33 Sérvia Filip Krajinović 1 673 2ª fase 1 718 Aumento 3ª fase Rússia Daniil Medvedev [4]
29 34 França Ugo Humbert 1 671 1ª fase 1 706 Aumento 2ª fase Austrália Nick Kyrgios
30 26 Reino Unido Daniel Evans 1 794 2ª fase 1 794 Baixa 1ª fase Reino Unido Cameron Norrie
31 35 Itália Lorenzo Sonego 1 588 1ª fase 1 623 Aumento 2ª fase Espanha Feliciano López
32 36 França Adrian Mannarino 1 561 1ª fase 1 641 Aumento 3ª fase Sérvia Miomir Kecmanović
Desistências[editar | editar código-fonte]
Ranking[31] Jogador[30][31] Pontos
anteriores[31]
Nova
pontuação[32]
Motivo
5 Suíça Roger Federer 6 630 6 630 Recuperação de cirurgia no joelho direito[33]
22 Chile Cristian Garín 2 180 2 180 Lesão no pulso esquerdo[34]
24 Estados Unidos John Isner 1 895 1 895 Discordância das restrições de quarentena australianas[35]

Feminino[editar | editar código-fonte]

Cabeça[36] Ranking[37] Jogadora[37] Pontos
anteriores[37]
Campanha
em 2020
Nova
pontuação[38]
Eliminada
na
Eliminada por
1 1 Austrália Ashleigh Barty 9 186 SF 9 186 Baixa QF Chéquia Karolína Muchová [25]
2 2 Roménia Simona Halep 7 255 SF 7 255 Baixa QF Estados Unidos Serena Williams [10]
3 3 Japão Naomi Osaka 5 965 3ª fase 7 835 Aumento Campeã
4 4 Estados Unidos Sofia Kenin 5 760 Campeã 5 760 Baixa 2ª fase Estónia Kaia Kanepi
5 5 Ucrânia Elina Svitolina 5 260 3ª fase 5 370 Aumento 4ª fase Estados Unidos Jessica Pegula
6 6 Chéquia Karolína Plíšková 5 205 3ª fase 5 205 Estável 3ª fase Chéquia Karolína Muchová [25]
7 7 Bielorrússia Aryna Sabalenka 4 580 1ª fase 4 810 Aumento 4ª fase Estados Unidos Serena Williams [10]
8 9 Canadá Bianca Andreescu 4 555 não jogou 4 735 Aumento 2ª fase Taipé Chinesa Hsieh Su-wei
9 8 Chéquia Petra Kvitová 4 571 QF 4 571 Baixa 2ª fase Roménia Sorana Cîrstea
10 11 Estados Unidos Serena Williams 4 265 3ª fase 4 915 Aumento SF Japão Naomi Osaka [3]
11 12 Suíça Belinda Bencic 4 010 3ª fase 4 010 Estável 3ª fase Bélgica Elise Mertens [18]
12 13 Bielorrússia Victoria Azarenka 3 525 não jogou 3 535 Aumento 1ª fase Estados Unidos Jessica Pegula
13 15 Reino Unido Johanna Konta 3 206 1ª fase 3 206 Estável 1ª fase, ab. Eslovénia Kaja Juvan [Q]
14 14 Espanha Garbiñe Muguruza 3 320 F 3 320 Baixa 4ª fase Japão Naomi Osaka [3]
15 17 Polónia Iga Świątek 3 014 4ª fase 3 014 Estável 4ª fase Roménia Simona Halep [2]
16 19 Croácia Petra Martić 2 850 2ª fase 2 850 Baixa 1ª fase Sérvia Olga Danilović [Q]
17 21 Cazaquistão Elena Rybakina 2 718 3ª fase 2 718 Baixa 2ª fase França Fiona Ferro
18 16 Bélgica Elise Mertens 3 060 4ª fase 3 060 Estável 4ª fase Chéquia Karolína Muchová [25]
19 20 Chéquia Markéta Vondroušová 2 722 1ª fase 2 952 Aumento 4ª fase Taipé Chinesa Hsieh Su-wei
20 23 Grécia Maria Sakkari 2 570 4ª fase 2 570 Baixa 1ª fase França Kristina Mladenovic
21 22 Estónia Anett Kontaveit 2 575 QF 2 575 Baixa 3ª fase Estados Unidos Shelby Rogers
22 24 Estados Unidos Jennifer Brady 2 475 1ª fase 3 765 Aumento F Japão Naomi Osaka [3]
23 25 Alemanha Angelique Kerber 2 370 4ª fase 2 370 Baixa 1ª fase Estados Unidos Bernarda Pera
24 26 Estados Unidos Alison Riske 2 256 4ª fase 2 256 Baixa 1ª fase Rússia Anastasia Potapova
25 27 Chéquia Karolína Muchová 2 135 2ª fase 2 845 Aumento SF Estados Unidos Jennifer Brady [22]
26 28 Cazaquistão Yulia Putintseva 2 015 3ª fase 2 015 Estável 3ª fase Ucrânia Elina Svitolina [5]
27 30 Tunísia Ons Jabeur 1 915 QF 1 915 Baixa 3ª fase Japão Naomi Osaka [3]
28 33 Croácia Donna Vekić 1 880 3ª fase 1 990 Aumento 4ª fase Estados Unidos Jennifer Brady [22]
29 32 Rússia Ekaterina Alexandrova 1 900 3ª fase 1 900 Estável 3ª fase Austrália Ashleigh Barty [1]
30 34 China Wang Qiang 1 735 4ª fase 1 735 Baixa 1ª fase Itália Sara Errani [Q]
31 35 China Zhang Shuai 1 693 3ª fase 1 693 Baixa 1ª fase Estados Unidos Ann Li
32 36 Rússia Veronika Kudermetova 1 680 1ª fase 1 800 Aumento 3ª fase Roménia Simona Halep [2]
Desistências[editar | editar código-fonte]
Ranking[37] Jogadora[36][37] Pontos
anteriores[37]
Nova
pontuação[38]
Motivo
10 Países Baixos Kiki Bertens 4 505 4 505 Recuperação de cirurgia no pé esquerdo[39]
18 Estados Unidos Madison Keys 2 962 2 962 COVID-19[40]
29 Ucrânia Dayana Yastremska 1 925 1 925 Suspensão provisória por doping[41]
31 Estados Unidos Amanda Anisimova 1 905 1 905 COVID-19[42]

Duplas[editar | editar código-fonte]

Mistas[editar | editar código-fonte]

Cabeça[47] Ranking[46][44] Equipe[47]
1 8 Chéquia Barbora Strýcová Croácia Nikola Mektić
2 12 Estados Unidos Nicole Melichar Colômbia Robert Farah
3 13 Canadá Gabriela Dabrowski Croácia Mate Pavić
4 18 Taipé Chinesa Chan Hao-ching Colômbia Juan Sebastián Cabal
5 19 Países Baixos Demi Schuurs Países Baixos Wesley Koolhof
6 22 Chéquia Barbora Krejčíková Estados Unidos Rajeev Ram
7 32 Taipé Chinesa Latisha Chan Croácia Ivan Dodig
8 36 Brasil Luisa Stefani Brasil Bruno Soares

Convidados à chave principal[editar | editar código-fonte]

Simples[editar | editar código-fonte]

Masculino Feminino

Duplas[editar | editar código-fonte]

Masculinas Femininas Mistas

Qualificados à chave principal[editar | editar código-fonte]

O qualificatório aconteceu entre 10 e 13 de janeiro de 2021. O masculino, em Doha, no Catar, e o feminino, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.[8][9]

Simples[editar | editar código-fonte]

Masculino Feminino

Lucky losers

Dia a dia[editar | editar código-fonte]

Eliminações em simples[editar | editar código-fonte]

Masculino[editar | editar código-fonte]

Feminino[editar | editar código-fonte]

Finais[editar | editar código-fonte]

Profissional[editar | editar código-fonte]

Categoria Evento Campeã(s)(o/ões) Vice-campeã(s)(o/ões) Resultado Chave(s)
Simples Masculino Sérvia Novak Djokovic Rússia Daniil Medvedev 7–5, 6–2, 6–2
principal
qualificatório
Feminino Japão Naomi Osaka Estados Unidos Jennifer Brady 6–4, 6–3
principal
qualificatório
Duplas Masculino Croácia Ivan Dodig
Eslováquia Filip Polášek
Estados Unidos Rajeev Ram
Reino Unido Joe Salisbury
6–3, 6–4
principal
Feminino Bélgica Elise Mertens
Bielorrússia Aryna Sabalenka
Chéquia Barbora Krejčíková
Chéquia Kateřina Siniaková
6–2, 6–3
principal
Misto Chéquia Barbora Krejčíková
Estados Unidos Rajeev Ram
Austrália Samantha Stosur
Austrália Matthew Ebden
6–1, 6–4
principal

Juvenil[editar | editar código-fonte]

As competições juvenis não ocorreram em fevereiro. A promessa é que aconteça no final de 2021.[24]

Cadeirante[editar | editar código-fonte]

Categoria Evento Campeã(s)(o/ões) Vice-campeã(s)(o/ões) Resultado Chave
Simples Masculino Bélgica Joachim Gérard Reino Unido Alfie Hewett 6–0, 4–6, 6–4
principal
Feminino Países Baixos Diede de Groot Japão Yui Kamiji 6–3, 46–7, 7–6(10–4)
principal
Tetraplégico Austrália Dylan Alcott Países Baixos Sam Schröder 6–1, 6–0
principal
Duplas Masculino Reino Unido Alfie Hewett
Reino Unido Gordon Reid
França Stéphane Houdet
França Nicolas Peifer
7–5, 7–63
principal
Feminino Países Baixos Diede de Groot
Países Baixos Aniek van Koot
África do Sul Kgothatso Montjane
Reino Unido Lucy Shuker
6–4, 6–1
principal
Tetraplégico Austrália Dylan Alcott
Austrália Heath Davidson
Reino Unido Andy Lapthorne
Estados Unidos David Wagner
6–2, 3–6, [10–7]
principal

Notas

  1. De acordo com o Grand Slam Rule Book, a seleção de cabeças de chave era feita de acordo com o comitê de cada torneio do Grand Slam. Em 2021, a listagem precisa ser de sete dias antes de torneio começar.

Referências

  1. «When is the Australian Open 2021? Schedule, dates, how to watch TV coverage and live stream guide» (em inglês). inews.co.uk. Cópia arquivada em 7 de fevereiro de 2021 
  2. «Djokovic chega ao 9º troféu na Austrália e 18º Slam». tenisbrasil.com.br. 21 de fevereiro de 2021 
  3. «Em final nervosa, Osaka é bi e fatura seu 4º Slam». tenisbrasil.com.br. 20 de fevereiro de 2021 
  4. «Dodig e Polasek conquistam as duplas em Melbourne». tenisbrasil.com.br. 21 de fevereiro de 2021 
  5. «Sabalenka e Mertens conquistam título de pares no Australian Open… e suspendem parceria». bolamarela.pt. 19 de fevereiro de 2021 
  6. «Sabalenka e Mertens conquistam título de pares no Australian Open… e suspendem parceria». bolamarela.pt. 19 de fevereiro de 2021 
  7. «Australian Open pushed back three weeks into February» (em inglês). reuters.com. 17 de dezembro de 2020 
  8. a b «Doha to host Australian Open 2021 men's qualifying» (em inglês). ausopen.com. Cópia arquivada em 13 de janeiro de 2021 
  9. a b «Dubai to host Australian Open 2021 women's qualifying» (em inglês). ausopen.com. Cópia arquivada em 12 de janeiro de 2021 
  10. «Australian Open confirmed to start on February 8» (em inglês). abc.net.au. 16 de dezembro de 2020 
  11. «Australian Open to allow up to 30,000 fans a day at Melbourne Park» (em inglês). skysports.com. 30 de janeiro de 2021 
  12. «Australia Open warm-up events cancelled for Thursday after COVID-19 case» (em inglês). firstpost.com. 3 de fevereiro de 2021 
  13. «Tennis crowds banned from Australian Open as Melbourne enters COVID-19 lockdown» (em inglês). espn.com. 11 de fevereiro de 2021 
  14. «Victoria to enter lockdown with fans barred from Australian Open» (em inglês). bbc.com. 12 de fevereiro de 2021 
  15. «Australian Open ficará sem público por pelo menos cinco dias após anúncio de lockdown». espn.com.br. 12 de fevereiro de 2021 
  16. «Australian Open: Cameron Norrie to face Rafael Nadal behind closed doors». bbc.com. 12 de fevereiro de 2021 
  17. «Melbourne Arena to be renamed in honour of John Cain» (em inglês). theage.com.au. 3 de fevereiro de 2020 
  18. «Melbourne Arena renamed John Cain Arena» (em inglês). austadiums.com. 7 de dezembro de 2020 
  19. «Broadcast Partners» (em inglês). ausopen.com. Cópia arquivada em 5 de fevereiro de 2021 
  20. «2021 ATP Media Guide» (pdf) (em inglês). atptour.com. p. 54 (arquivo); 105 (digitalização). Cópia arquivada (PDF) em 13 de fevereiro de 2021 
  21. «WTA Tour: 2021 Media Guide - All-Time Rankings & Statistics (2021 WTA Ranking System)» (pdf) (em inglês). wtatennis.com. p. 152 (digitalização). Cópia arquivada (PDF) em 13 de fevereiro de 2021 
  22. «2021 ITF World Tennis Tour Juniors Regulations» (pdf) (em inglês). itftennis.com. p. 19 (arquivo); 13 (digitalização). Cópia arquivada (PDF) em 13 de fevereiro de 2021 
  23. «2021 Wheelchair Tennis Regulations» (pdf) (em inglês). itftennis.com. p. 67 (arquivo); 64 (digitalização). Cópia arquivada (PDF) em 13 de fevereiro de 2021 
  24. a b «Australian Open confirms postponement of junior evets» (em inglês). itftennis.com. Cópia arquivada em 13 de fevereiro de 2021 
  25. «Australian Open Prize Money 2021» (em inglês). perfect-tennis.com. Cópia arquivada em 13 de fevereiro de 2021 
  26. «"One of the changes in the 2021 Grand Slam Rule Book is Selection of Seeds".» (em inglês). tennisforum.com. Cópia arquivada em 14 de fevereiro de 2021 
  27. «2021 Official Grand Slam Rule Book» (pdf) (em inglês). itftennis.com. p. 30 (arquivo); 24 (digitalização). Cópia arquivada (PDF) em 10 de fevereiro de 2021 
  28. «FedEx ATP Rankings COVID-19 Adjustments FAQ» (em inglês). atptour.com. Cópia arquivada em 22 de janeiro de 2021 
  29. «WTA announces revised WTA ranking system» (em inglês). wtatennis.com. Cópia arquivada em 17 de novembro de 2020 
  30. a b «Australian Open 2021 - Men's Singles» (PDF) (em inglês). protennislive.com. Cópia arquivada (PDF) em 14 de fevereiro de 2021 
  31. a b c d e f «Rankings Singles ATP Tour: 2021.02.08» (em inglês). atptour.com. Cópia arquivada em 8 de fevereiro de 2021 
  32. a b «Rankings Singles ATP Tour: 2021.02.22» (em inglês). atptour.com. Cópia arquivada em 22 de fevereiro de 2021 
  33. «Federer desiste do Australian Open e adia o retorno». tenisbrasil.com.br. 27 de dezembro de 2020 
  34. «Cristian Garin falha Australian Open por lesão». raquetc.com. 13 de janeiro de 2021 
  35. «Isner surpreende e diz que não vai ao Australian Open por não querer viajar sozinho». bolamarela.pt. 12 de janeiro de 2021 
  36. a b «Australian Open 2021 - Women's Singles» (PDF) (em inglês). wtatennis.com. Cópia arquivada (PDF) em 14 de fevereiro de 2021 
  37. a b c d e f «WTA Tour - Singles Rankings for 8 February 2021» (PDF) (em inglês). wtatennis.com. Cópia arquivada (PDF) em 14 de fevereiro de 2021 
  38. a b «WTA Tour - Singles Rankings for 22 February 2021» (PDF) (em inglês). wtatennis.com. Cópia arquivada (PDF) em 22 de fevereiro de 2021 
  39. «Bertens está de volta aos treinos, mas perderá Australian Open». lance.com.br. 6 de janeiro de 2021 
  40. «Keys testa positivo para Covid e está fora do Australian Open». lance.com.br. 14 de janeiro de 2021 
  41. «TAS rejeita recurso e Yastremska está fora do AO». tenisbrasil.com.br. 3 de fevereiro de 2021 
  42. «Ainda com Covid-19, Anisimova vai mesmo falhar o Australian Open». bolamarela.pt. 14 de janeiro de 2021 
  43. a b «Australian Open 2021 - Men's Doubles» (PDF) (em inglês). protennislive.com. Cópia arquivada (PDF) em 14 de fevereiro de 2021 
  44. a b «Rankings Doubles ATP Tour: 2021.02.08» (em inglês). atptour.com. Cópia arquivada em 14 de fevereiro de 2021 
  45. a b «Australian Open 2021 - Women's Doubles» (PDF) (em inglês). wtatennis.com. Cópia arquivada (PDF) em 14 de fevereiro de 2021 
  46. a b «WTA Tour - Doubles Rankings for 8 February 2021» (PDF) (em inglês). wtatennis.com. Cópia arquivada (PDF) em 14 de fevereiro de 2021 
  47. a b «Draws: Event - Mixed Doubles» (em inglês). ausopen.com. Cópia arquivada em 24 de fevereiro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]