Auto Diesel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde abril de 2012).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ambox grammar.svg
Esta página ou secção precisa de correção ortográfico-gramatical.
Pode conter incorreções textuais, podendo ainda necessitar de melhoria em termos de vocabulário ou coesão, para atingir um nível de qualidade superior conforme o livro de estilo da Wikipédia. Se tem conhecimentos linguísticos, sinta-se à vontade para ajudar.
Auto Diesel
Tipo Privada
Fundação 1931 - presente
Sede Brasil Brasil
Locais Rio de Janeiro
Produtos Transporte urbano de passageiros

Auto Diesel é uma empresa brasileira de transporte coletivo urbano da cidade do Rio de Janeiro.

Surgiu na década de 30 e começou a expandir-se na década de 60, incorporando pequenas empresas de ônibus da época. Em meados da década de 80 o empresário Nenê Constantino comprou a empresa e para ela transferiu parte dos ônibus de suas empresas pelo país afora, sobretudo de São Paulo no caso dos urbanos e da viação Riviera no caso dos rodoviários. Prova disso é que a empresa possuía uma frota com os mais variados tipo de chassis e carrocerias passando por Mercedes monoblocos, Scania e Mafersa. Na mesma década de 80 a empresa incorporou a Viação Paraense que fazia as linhas que posteriormente foram operadas pela Breda Rio.

No final de 1993 Nenê Constantino decide vendê-la e reparti-la. Ele a dividiu em 3: Vila Real, Auto Diesel e Breda Rio. A Vila Real surgiu de linhas que ele vendeu para o empresário Jacob Barata, a Breda de linhas que eram da Paraense e foram vendidas para a mesma, enquanto a Auto Diesel ficou com o restante. Em meados de 1996 ele vende a empresa para a Breda Rio, que revitaliza a empresa. Em 1999 a Auto Diesel incorporar e administrar a Viação Via Rio. Em 2010 foi feita uma licitação para reorganizar as linhas de ônibus do Rio de Janeiro. A Auto Diesel, a Breda Rio e a Via Rio foram impedidas de participar da licitação, com isso ambas foram fundidas formando assim a City Rio que também passou a operar boa parte das linhas então pertencentes a estas três empresas.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]