Auto Viação Jabour

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2014). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Auto Viação Jabour (D 86000)
Privada
Fundação 1962
Sede Av. Santa Cruz 12375, - Senador Vasconcelos - Rio de Janeiro
Empregados aprox. 1900
Produtos Transporte urbano de passageiros e turismo
Website oficial http://www.viacaojabour.com.br

Auto Viação Jabour é uma empresa brasileira de transporte coletivo urbano da cidade do Rio de Janeiro. É uma concessionária municipal filiada ao Rio Ônibus.[1]

Área de atuação[editar | editar código-fonte]

A Auto Viação Jabour atua principalmente na ligação da Zona Oeste à Barra e ao Centro do Rio de Janeiro. Tem o bairro de Campo Grande como predominante.

Sua história começa no início dos anos 60, explorando as distantes e remotas regiões dos Bairros de Campo Grande, J. Monteiro e Santa Clara. Ainda nesta década, há indícios que a Jabour se expandiu absorvendo áreas e/ou empresas-lotações das regiões de Santa Cruz, Paciência (Pedra/Praia do Cardo), tais como a extinta Viação Sepetiba e/ou Transportes Coletivos Santa Cruz, além de absorver a concessão das linhas 850, 866 e 867 da extinta Viação Garcia. Existem relatos que indicam que a Jabour adquiriu a linha 918 da Auto Viação Três Amigos nesta ocasião.

Em 1969 a empresa alcançou o topo de 87 carros.

A partir daí a AVJ foi crescendo em frota, serviços e qualidade mesmo com a acirrada concorrência da emergente Expresso Pégaso, que a partir de 1975 passou a operar linhas modais e a união temporária (anos 80) da Transportes Campo Grande e Viação Santa Sofia, que juntas tornaram-se uma "gigante". Com o passar do tempo houve algumas negociações de linhas e carros com as concorrentes, idas e vindas de sócios em comum, encampação no governo Brizola e a cisão da empresa com a criação da Empresa de Viação Algarve (EVA).

Em 2009 a Jabour assumiu, por intervenção judicial, algumas linhas da Viação Oeste Ocidental. Após a padronização imposta pelo poder público municipal em 2010 deixou suas cores originais e adotou as cores do Consórcio Santa Cruz.[2]

Referências

  1. Rio Ônibus. «Jabour». Consultado em 25 de julho de 2015. Cópia arquivada em 25 de julho de 2015 
  2. «Novos ônibus padronizados começam rodar no Rio a partir do dia 30». Revista do Ônibus. 24 de outubro de 2010. Consultado em 3 de abril de 2012. Arquivado do original em 24 de julho de 2015