Avenida Antônio Abrahão Caram

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Avenida Antônio Abraão Caram nas proximidades do Estádio Governador Magalhães Pinto.

A Avenida Antônio Abrahão Caram é uma via da região da Pampulha, em Belo Horizonte. Nela estão localizados o Estádio Governador Magalhães Pinto (Mineirão) e o Estádio Jornalista Felipe Drummond (Mineirinho), que integram a lista de bens tombados pelo município.[1]

Trajeto[editar | editar código-fonte]

Seu traçado faz limite com o perímetro noroeste do campus Pampulha da Universidade Federal de Minas Gerais, e atravessa os bairros São Luís e São José, ambos localizados no entorno da Lagoa da Pampulha. Serve ainda como ligação entre a Avenida Antônio Carlos e a Avenida Presidente Carlos Luz.[2]

História[editar | editar código-fonte]

A Avenida recebeu este nome em função de Projeto de Lei proposto à Câmara Municipal de Belo Horizonte em 27 de Janeiro de 1966[3] pelos vereadores José Greco e Abdo Meni, com o apoio dos Vereadores Nilson Gontijo Santos e Antonio F. Dutra, e posteriormente sancionada pelo prefeito Oswaldo Pieruccetti em 27 de Abril do mesmo ano), dando o nome de Avenida Antonio Abrahão Caram à via que conecta a Avenida Presidente Antonio Carlos ao (então denominado) Estádio Minas Gerais[4]. Seu nome anterior era Avenida Perimetral Norte.[carece de fontes?]

Referências

  1. «Bens culturais tombados» (PDF). Fundação Municipal de Cultura. Consultado em 8 de fevereiro de 2013 
  2. ERBETTA, Gabriela (ed.) (2010). Guia Brasil 2011. São Paulo: Abril. p. 148. ISBN 978-85-3641007-4 
  3. Camara dos Vereadores de Belo Horizonte - Projeto de Lei Municipal de 27-Jan-1966
  4. Prefeitura de Belo Horizonte – Lei Municipal 1241 de 27-Abr-1966
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.