Avenida José de Sousa Campos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Avenida José de Sousa Campos
"Norte Sul"
País
Extensão 3,3 km
Início Av. Princesa D'Oeste
Estado São Paulo São Paulo
Cidade Bandeira de São Paulo Campinas
Bairro(s) Cambuí, Taquaral, N. Campinas, C. da Barra
Fim Av. Júlio Prestes

A avenida José de Souza Campos (mais conhecida como Norte-Sul) é uma importante via de Campinas, município brasileiro do interior do estado de São Paulo. Trata-se de uma das principais ligações entre as regiões de Campinas, principalmente entre a região da lagoa do Taquaral e os estádios. A avenida é cercada por prédios comerciais e bairros como o Cambuí e Chácara da Barra. Segue o curso do córrego Proença e sofreu com frequentes enchentes até 1996[1], quando o córrego foi canalizado e coberto. Desde então tornou-se um polo de lojas, prédios comerciais e concessionárias.

História[editar | editar código-fonte]

A via - então ainda uma rua - recebeu seu nome oficial em 1949[1] e foi reconstruída, ampliada e transformada em avenida a partir da implementação de um dos eixos de expansão[2] previstos no PPDI - Plano Preliminar de Desenvolvimento Integrado de Campinas, elaborado entre os anos de 1969 e 1970[3].

Características[editar | editar código-fonte]

Possui aproximadamente três quilômetros de extensão e um fluxo diário de 56 mil veículos[1]. Seus prolongamentos são a avenida Júlio Prestes, que vai ao Taquaral e à região norte. Ao sul, a partir do viaduto "Laurão" a avenida Princesa D'Oeste leva à região sul e aos estádios do Guarani e Ponte Preta.

Referências

  1. a b c SANTOS, Wagner Paulo dos. «Memória: Norte-Sul, a nossa "Avenida Paulista"». EMDEC - Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas. Consultado em 20 de agosto de 2015 
  2. «Histórico dos Planos Urbanísticos e Planos Diretores de Campinas» (PDF). Plano Diretor - 2006. 2006. Consultado em 20 de agosto de 2015 
  3. SEPLAMA - Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Urbano (Julho de 2004). «Seminário 230 anos de Campinas». Prefeitura Municipal de Campinas. Consultado em 20 de agosto de 2015