Avenida Madre Benvenuta (Florianópolis)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Avenida Madre Benvenuta
Trindade e Santa Mônica, Florianópolis, SC, Brasil
Avenida Madre Benvenuta no Santa Mônica
Tipo Avenida
Extensão 2,3 km

A Avenida Madre Benvenuta é uma avenida de Florianópolis, Santa Catarina. Interliga os bairros comerciais e residenciais da Trindade e do Santa Mônica ao bairro Itacorubi, ligando as regiões dos campus da UFSC e da UDESC, as maiores universidades de Florianópolis.[1]

Histórico[editar | editar código-fonte]

Era antes chamada de Rua da Gruta até 1957, devido à Gruta Nossa Senhora de Lourdes, localizada ali desde 1913. Nesse ano, a Sociedade Divina Providência, que administrava a gruta e o convento vizinho a ela, adquiriu glebas de terras na região entre os rios Itacorubi, do Sertão e do Mangue do Itacorubi, com uma área de 603 mil metros quadrados. Com isso, foi criado o Jardim Santa Mônica, do qual a Avenida Madre Benvenuta passou a ser a via principal. O objetivo era construir um loteamento que fosse mais afastado e sossegado, num contraponto à verticalização urbana no Centro.

Com o tempo o bairro deixou de ser afastado e perdeu sua ideia inicial de sossego, e hoje é um dos grandes corredores comercial e gastronômicos de Florianópolis. A presença próxima do campus da Universidade Federal de Santa Catarina, que fica a poucas centenas de metros, e da Universidade do Estado de Santa Catarina, que fica na ponta leste da avenida, além do Shopping Iguatemi, contribuem para o novo status da via.

A Madre Benvenuta, que dá nome a via, foi uma das religiosas que coordenaram a compra das terras que deram origem ao Santa Mônica.[2]

Características[editar | editar código-fonte]

A Avenida Professor Henrique da Silva Fontes, sequência da Avenida Beira Mar Norte, atravessa a via, dividindo em dois trechos: a oeste, o do bairro Trindade, e leste, o do bairro Santa Mônica. Desde o início, saindo da rua Lauro Linhares na Trindade, até próximo ao Supermercado Angeloni, já no Santa Mônica, são quatro faixas, duas em cada sentido, e a partir dali até o final, na Rodovia Admar Gonzaga, os sentidos são divididos por um canteiro.

Atualmente a avenida abriga diversas lojas de decoração de interiores, eletrônicos, automóveis, roupas e restaurantes, além de vários pontos de interesse, e é considerada a principal rua comercial do bairro Santa Mônica.

Como destaques, na parte que fica no Santa Mônica localizam-se o Shopping Iguatemi Florianópolis, o campus da UDESC, incluindo sua Reitoria, e o prédio da Oi, originalmente chamado prédio da TELESC. Este último faz parte de um conjunto de prédios da fase modernista da arquitetura catarinense.[3]

Já no trecho da Trindade ficam a sede do Paula Ramos Esporte Clube, a Escola de Educação Básica Simão José Hess, a Faculdade Barddal e Centro de Ensino da Polícia Militar, onde fica o Colégio Militar Feliciano Nunes Pires e Paróquia Militar Cristo Rei.[4] A Gruta Nossa Senhora de Lourdes e a Casa da Divina Providência, o convento da Sociedade Divina Providência, também ficam ali, separados pela avenida, ao lado da Avenida Professor Henrique da Silva Fontes.

Avenida Madre Benvenuta próxima à Praça Maria Teresa Kock, no Santa Monica.

Referências

  1. «Bairros: Santa Mônica». Guia Floripa 
  2. «Memória de Florianópolis: Santa Mônica, de loteamento distante a bairro frenético». Notícias do Dia 
  3. [www.revistaseletronicas.fiamfaam.br/index.php/situs/article/download/324/pdf «Edifícios Institucionais Modernos em Florianópolis»] Verifique valor |url= (ajuda) 
  4. «Maior promoção da história da Polícia Militar acontece amanhã»