Axel Bakunts

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Axel Bakunts
Nascimento 25 de junho de 1899
Morte 8 de julho de 1937 (38 anos)
República Socialista Soviética Armênia
Cidadania União Soviética, Império Russo
Etnia armênios
Ocupação prosista, roteirista, tradutor, escritor, professor, filólogo, artista
Empregador escola

Axel Bakunts (Armênio: Ակսել Բակունց) era a alcunha do escritor, cineasta, tradutor e ativista armênio Alexander Stepani Tevosyan.

Bakunts nasceu em 13 de junho de 1889 em uma família de agricultores.

Seus principais trabalhos são: "Alpiakan manushak", "Lar-Markar", "Namak rusats tagavorin" ("Uma carta ao czar russo") e "Kyores".

Em 1937, foi executado pelo stalinismo.

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.