Aya Kitō

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Aya Kitō
Kitō, aos dezasseis anos.
Nascimento 19 de julho de 1962
Toyohashi, Aichi
Morte 23 de maio de 1988 (25 anos)
Japão
Nacionalidade japonesa

Aya Kitō (kanji: 木藤 亜也, hiragana: きとう あや Kitō Aya?, Toyohashi, 19 de julho de 196223 de maio de 1988), foi uma jovem estudante japonesa, e autora de um diário onde relatou experiências pessoais que viveu em sua juventude. Sofreu de uma doença chamada degeneração espinocerebelar, descoberta quando ela tinha apenas quinze anos.[1]

Seu diário intitulado 1 Litre no Namida (1リットルの涙 Ichi Rittoru no Namida?, lit. "1 Litro de Lágrimas") foi publicado no Japão a 25 de fevereiro de 1986, dois anos antes do seu falecimento. Kito lutava contra a doença há mais de dez anos e apesar da imensa dor que teve de suportar, nunca perdeu a esperança, como evidenciado no seu diário. O diário foi adaptado para o cinema em 2005, e também para uma série de televisão no mesmo ano, com a atriz Erika Sawajiri interpretando Aya.

A forte vontade de Aya teve um impacto considerável para muitos pacientes japoneses, que estavam desesperados por seu caso, e o diário acabou sendo publicado nos Estados Unidos. Aya faleceu aos vinte e cinco anos.

Referências

  1. «Aya Kitō» (em inglês). Projeto Gutenberg. Consultado em 17 de março de 2016 


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.