Aylín Mujica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Translation to english arrow.svg
A tradução deste artigo está abaixo da qualidade média aceitável. É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, tente encontrar a página original e melhore este verbete conforme o guia de tradução.
Aylín Mújica
Nome completo Aylín Mújica Ricard
Nascimento 24 de novembro de 1974 (44 anos)
Havana, Cuba
Cuba
Ocupação Atriz

Aylín Mújica Ricard (Havana, 24 de novembro de 1974) é uma atriz e modelo cubana, com carreira no México e Estados Unidos[1].

Biografia[editar | editar código-fonte]

Aylín começou estudando aos 8 anos n Escuela Nacional de Ballet, onde fez dança folclórica, ballet clássico, coreografia e música. Aos 18 anos ingressou no Instituto Superior de Artes para estudar drama e logo após estudou na Escola Internacional de Cine em Havana.

Em 1992, viajou ao México para a sua carreira com videoclipes de artistas como Marcelo Cezán, Willy Chirino e Albita Rodríguez entre outros.

Estreou na televisão em 1995, na telenovela La dueña.

Em 1999 protagonizou a telenovela Yacaranday, junto com Jorge Luis Pila, na TV Azteca[2].

Em 2006, começou a trabalhar para a Telemundo e participou de telenovelas como Marina (2006), Niños ricos, os padres dos pobres (2009), e Aurora (2010).

Em 2012 interpretou uma das antagonistas da telenovela Corazón valiente[3].

Em 2014, interpretou uma das antagonistas da telenovela Los miserables[4].

Em 2018 participou da telenovela La bella y las bestias, interpretando La Madame[5].

Carreira[editar | editar código-fonte]

Telenovelas[editar | editar código-fonte]

Ano Telenovela Personagem
1995 La dueña Fabiola Hernández Antagonista
1996 Canción de amor Estrella Coadjuvante
1998 Señora Isabel Fernández Antagonista
1999 Yacaranday Yacaranday / Mónica Robles Protagonista
1999-2000 Háblame de amor Lucía Velázquez Coadjuvante
2002 Agua y aceite Déborah Alcalá Estrelar
2004-2005 La heredera Lorena Beatríz Madero Grimaldi Estrelar
2006-2007 Marina Verónica Saldívar Castaño / Laura Saldívar Castaño Principal Antagonista / co-protagonista
2008 Sin senos no hay paraíso Lorena Magallanes Antagonista
2009-2010 Niños ricos, pobres padres Verónica Ríos de la Torre Principal Antagonista
2010-2011 Aurora Vanessa Miller Quintana Vda. de Hutton Principal Antagonista
2012-2013 Corazón valiente Fernanda del Castillo / Victoria Villafañe Principal Antagonista
2014-2015 Los miserables Liliana Durán Monteagudo "La Diabla" Principal Antagonista
2018 La bella y las bestias María Estela González "La Madame" Principal Antagonista
2020 Cómo tú no hay dos Sonia Urrutia Antagonista


Cinema[editar | editar código-fonte]

  • Desde dentro (2015) - Carmen Altamirano
  • A propósito de Alexa (2007) - Elisa
  • Mi amor secreto (2006)
  • Los cómplices del infierno (1995)
  • El castrado (1995) - Doctora
  • El jinete de acero (1994) - Gloria

Teatro[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «BRIEF Biography of AYLIN MUJICA, Actriz, Model (Born: Habana)""». The Cuban History. 21 de fevereiro de 2018. Consultado em 10 de janeiro de 2019 
  2. «Soy revolucionaria en mi casa: Aylin». Jornada. 21 de fevereiro de 1999. Consultado em 10 de janeiro de 2019 
  3. «Aylín Mujica:Malvada belleza». Nacion. 22 de julho de 2012. Consultado em 10 de janeiro de 2019 
  4. «Aylín Mujica, sobre sus papeles de villana: "Me gusta darles humanidad"». People en Español. 20 de outubro de 2014. Consultado em 10 de janeiro de 2019 
  5. «Aylín Mujica será 'La Madame' en 'La bella y las bestias'». El Diario NTR. 24 de janeiro de 2018. Consultado em 10 de janeiro de 2019 
  6. Aylin Mújica, Laura Zapata y Alfredo Adame , entre el reparto de "Celia, el musical" - TV Teleprogramas.tv. Consultado el 8 de agosto de 2016

Ligações externas[editar | editar código-fonte]