BSBIOS

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
BSBIOS
Razão social Bsbios Indústria e Comércio de Biodiesel Sul Brasil S/A
Sociedade anônima fechada
Slogan Energia renovável
Atividade Petróleo
Fundação 15 de abril de 2005 (14 anos)
Sede BR 285 Km 294, Passo Fundo, Rio Grande do Sul
Locais Passo Fundo e Marialva
Produtos Biodiesel
Acionistas Petrobras Biocombustíveis - 50,0%
R.P. Biocombustíveis - 50,0%
Website oficial bsbios.com

A BSBIOS é uma empresa brasileira produtora de biodiesel. A empresa pertence 50% à Petrobras Biocombustíveis e 50% à R.P. Biocombustíveis, subsidiária do ECB Group, do empresário Erasmo Carlos Battistella. Duas usinas de biodiesel são administradas pela empresa, uma em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, que produz 288 mil metros cúbicos por ano, e outra em Marialva, no Paraná, com capacidade de produzir 414 mil metros cúbicos por ano.[1]

Em 20 de dezembro de 2019, foi anunciado que a Petrobras Biocombustíveis venderia sua parte na empresa em conjunto com sua sócia, R.P. Biocombustíveis.[2]

História[editar | editar código-fonte]

A empresa foi fundada em 15 de abril de 2005 na cidade de Passo Fundo. Em 12 de junho de 2007, foi iniciada oficialmente a produção de biodiesel.[3]

A usina de Marialva, inaugurada em 14 de maio de 2010, foi adquirida pela Petrobras Biocombustíveis em 19 de novembro de 2009 por R$ 35,7 milhões. Seis meses depois, metade da empresa foi vendida por R$ 55 milhões para estatal.[4]

Referências

  1. «Petrobras inicia processo para vender fatia de 50% na BSBios Biodiesel». G1. 20 de dezembro de 2019. Consultado em 22 de dezembro de 2019 
  2. Corrêa, Douglas (22 de dezembro de 2019). «Petrobras Biocombustível venderá indústria de biodiesel no Sul do país». EBC. Agência Brasil. Consultado em 22 de dezembro de 2019 
  3. «História». BSBIOS. Consultado em 22 de dezembro de 2019 
  4. «TCU pede explicações à Petrobras sobre compra de usinas no PR e RS». G1. 5 de novembro de 2014. Consultado em 22 de dezembro de 2019