Baía Sul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2017). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Vista da baía Sul a partir da ilha de Santa Catarina, vendo-se no centro a Ilha Maria Francisca

A baía Sul, localizada no estado brasileiro de Santa Catarina, é formada pelo estreitamento do canal entre a Ilha de Santa Catarina e o continente, que ocorre entre o bairro Coqueiros (parte continental de Florianópolis) e o centro, na parte insular de Florianópolis. Alguns trechos de suas margens foram aterrados para a construção de vias públicas, como o Aterro da Baía Sul (onde foram construídos os acessos às pontes Colombo Salles e Pedro Ivo Campos e o Aterro da Via Expressa Sul, que dá acesso ao Aeroporto Hercílio Luz e ao sul da ilha de Santa Catarina. Na parte continental foi feito outro aterro para a construção da avenida Beira Mar (ou "Litorânea"), no município de São José.

Cidades circunvizinhas[editar | editar código-fonte]

Florianópolis, São José e Palhoça são os municípios em torno da Baía Sul. Florianópolis a envolve tanto pelo lado insular quanto pelo lado continental. Já São José e Palhoça apenas pelo lado continental, do norte para o sul, até a Praia do Sonho, em Palhoça.

Geografia do entorno[editar | editar código-fonte]

Ao redor desta baía estão os pontos culminantes da região: na ilha o Morro do Ribeirão da Ilha, na localidade histórica do Ribeirão da Ilha, com cerca de 532m. No continente, o Morro do Cambirela, com mais de 1000 m de altitude.

Ilhas[editar | editar código-fonte]

São várias as ilhas na baía Sul. Bem próxima ao centro da cidade está uma pequena ilha, com cerca de 1000 m², chamada ilha das Vinhas, perto do bairro José Mendes. Mais ao sul, próximas à foz do rio Imaruí, no bairro Ponta de Baixo, em São José, mais duas ilhas. No centro da baía, a ilha do Largo. Próximas ao bairro Tapera e da Base Aérea de Florianópolis há a ilha Maria Francisca e a ilha das Laranjeiras. No extremo sul da baía, próximas ao canal que a liga ao oceano Atlântico há a ilha dos Papagaios.

Rios[editar | editar código-fonte]

Os principais rios que deságuam na baía Sul são, na margem insular, o rio Tavares e o Ribeirão da Ilha; na margem continental o rio Imaruí, o rio Aririú e o rio Cubatão.

Mangues[editar | editar código-fonte]

Às margens da baía sul pode-se destacar dois grandes manguezais: o Manguezal do Rio Tavares, no qual se encontra a Reserva Extrativista Marinha do Pirajubaé, e o Manguezal de Palhoça, no municipio de Palhoça.

Farol[editar | editar código-fonte]

Na Ponta de Naufragados foi instalado um farol devido à periculosidade do acesso à baía, o que motivou o nome deste acidente geográfico.

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.