Babaca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Babaca é um termo muito utilizado no português brasileiro para designar, de forma insultiva, uma pessoa tola, ingênua, boba, idiota ou de baixo intelecto[1][2]. Apesar de ser pouco utilizado nesse sentido, o termo também pode ser aplicado para se referir, de forma chula, aos órgãos sexuais femininos[1].

Origem e uso atual[editar | editar código-fonte]

Originalmente a palavra babaca consistia em um termo africano, de origem banta[3] utilizado como denominação vulgar da vulva feminina[1][4][5][6], mas após ser incorporado pelo idioma português, no Brasil, perdeu seu sentido original, passando a ser predominantemente utilizada como um insulto designado a classificar uma pessoa como tola ou ingênua[3][5][6].

Atualmente trata-se de um termo chulo usado como forma de ofensa pessoal em distintos países adeptos do idioma português, sendo particularmente mais utilizado no Brasil[7][8], onde esta é a palavra mais comumente utilizada para designar uma pessoa tola[8].

Na cultura popular[editar | editar código-fonte]

Até a década de 1950, a utilização da palavra "babaca" era considerada um tabu[9]. Nos dias atuais, apesar de ainda ser considerado um termo relativamente chulo e ofensivo[5], não é incomum a divulgação da palavra "babaca" no cotidiano do brasileiro, sendo utilizada até mesmo pelos grandes órgãos de imprensa, tanto na forma escrita como na falada, sobretudo quando é intencionada a apresentação de certa denotação informal[8].

Dentre inúmeras menções públicas feitas a esta expressão, destacam-se as seguintes:

Termos similares em outros idiomas[editar | editar código-fonte]

Termos equivalentes, presentes em outros idiomas, também apresentam conotações similares[16][17]:

  • Apesar de apresentar uma origem distinta, a palavra "cunt"[1], utilizada na língua inglesa apresenta um histórico similar em sua alteração de conotação. Inicialmente correspondia a um termo utilizado exclusivamente para indicar a genitália feminina[18][19]. Entretanto, posteriormente ganhou novo sentido, indicando também uma pessoa estúpida ou idiota[19], embora trate-se de uma expressão considerada como sendo bastante ofensiva[16].
  • O termo equivalente em francês, "con" [2], também apresenta duplo sentido, designando tanto a genitália feminina, de forma vulgar, bem como uma pessoa estúpida, ingênua ou desagradável[17]. Nos países falantes da língua francesa, assim como ocorre no Brasil com o termo babaca, a expressão "con", apesar de chula, é amplamente utilizada em seu sentido figurado[20].

Referências

  1. a b c http://michaelis.uol.com.br/moderno/portugues/index.php?lingua=portugues-portugues&palavra=babaca
  2. http://www.priberam.pt/dlpo/default.aspx?pal=babaca
  3. a b Nel Lopes (2003). «Novo dicionário Banto do Brasil». 2003. Consultado em 2 de janeiro de 2012 
  4. http://www.ideario.org.br/neab/kule2/Textos%20kule2/Rachel.pdf
  5. a b c Altair J. Aranha (2002). «Dicionário Brasileiro de Insultos». 2002. Consultado em 2 de janeiro de 2012 
  6. a b http://www.fflch.usp.br/dl/gela/textos/texto_contexto.pdf
  7. «Português 2 - Módulo Único» (PDF). Consultado em 2 de janeiro de 2012 
  8. a b c Jean Lauand (dezembro de 2011). «A lacuna de nossos insultos». dezembro de 2011. Consultado em 8 de março de 2014 
  9. José Inácio Werneck (Junho de 2011). «Tommaso não era Busqueta». Direto da Redação. Consultado em 3 de janeiro de 2012 
  10. Gonzaguinha. «É». Consultado em 3 de janeiro de 2012 
  11. Maria Gadú. «Babaca Mirim». Consultado em 3 de janeiro de 2012 
  12. «Casseta e Planeta». Consultado em 3 de janeiro de 2012 
  13. O Globo (21 de janeiro de 2010). «Em reunião ministerial, Lula chama Sérgio Guerra de 'babaca'». Globo.com. Consultado em 6 de janeiro de 2011 
  14. «Lula chama de "babaca rico" os estudantes contrários ao aumento de vagas em universidades». Zero Hora. 21 de agosto de 2008. Consultado em 12 de junho de 2012 
  15. «Google Search». Consultado em 3 de janeiro de 2012 
  16. a b «cunt». Merriam-Webster's Learner's Dictionary. Merriam-Webster. Consultado em 5 March 2011  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  17. a b «CNRTL». Consultado em 4 de janeiro de 2012 
  18. «Definition of CUNT». Dictionary – Merriam-Webster online. Merriam-Webster. Consultado em 5 March 2011  Verifique data em: |access-date= (ajuda)
  19. a b Morton, Mark (2004). The Lover's Tongue: A Merry Romp Through the Language of Love and Sex. Toronto, Canada: Insomniac Press. ISBN 978-1894663519 
  20. «dictionnaire arg. pop. fam.». Consultado em 4 de janeiro de 2012 
Wikcionário
O Wikcionário possui o verbete Babaca.