Babaca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Babaca é um termo muito utilizado no português brasileiro para designar, de forma insultiva, uma pessoa tola, ingênua, boba, idiota ou de baixo intelecto[1] [2] . Apesar de ser pouco utilizado nesse sentido, o termo também pode ser aplicado para se referir, de forma chula, aos órgãos sexuais femininos[1] .

Origem e uso atual[editar | editar código-fonte]

Originalmente a palavra babaca consistia em um termo africano, de origem banta[3] utilizado como denominação vulgar da vulva feminina[1] [4] [5] [6] , mas após ser incorporado pelo idioma português, no Brasil, perdeu seu sentido original, passando a ser predominantemente utilizada como um insulto designado a classificar uma pessoa como tola ou ingênua[3] [5] [6] .

Atualmente trata-se de um termo chulo usado como forma de ofensa pessoal em distintos países adeptos do idioma português, sendo particularmente mais utilizado no Brasil[7] [8] , onde esta é a palavra mais comumente utilizada para designar uma pessoa tola[8] .

Na cultura popular[editar | editar código-fonte]

Até a década de 1950, a utilização da palavra "babaca" era considerada um tabu[9] . Nos dias atuais, apesar de ainda ser considerado um termo relativamente chulo e ofensivo[5] , não é incomum a divulgação da palavra "babaca" no cotidiano do brasileiro, sendo utilizada até mesmo pelos grandes órgãos de imprensa, tanto na forma escrita como na falada, sobretudo quando é intencionada a apresentação de certa denotação informal[8] .

Dentre inúmeras menções públicas feitas a esta expressão, destacam-se as seguintes:

Termos similares em outros idiomas[editar | editar código-fonte]

Termos equivalentes, presentes em outros idiomas, também apresentam conotações similares[16] [17] :

  • Apesar de apresentar uma origem distinta, a palavra "cunt"[1], utilizada na língua inglesa apresenta um histórico similar em sua alteração de conotação. Inicialmente correspondia a um termo utilizado exclusivamente para indicar a genitália feminina[18] [19] . Entretanto, posteriormente ganhou novo sentido, indicando também uma pessoa estúpida ou idiota[19] , embora trate-se de uma expressão considerada como sendo bastante ofensiva[16] .
  • O termo equivalente em francês, "con" [2], também apresenta duplo sentido, designando tanto a genitália feminina, de forma vulgar, bem como uma pessoa estúpida, ingênua ou desagradável[17] . Nos países falantes da língua francesa, assim como ocorre no Brasil com o termo babaca, a expressão "con", apesar de chula, é amplamente utilizada em seu sentido figurado[20] .

Referências

  1. a b c http://michaelis.uol.com.br/moderno/portugues/index.php?lingua=portugues-portugues&palavra=babaca
  2. http://www.priberam.pt/dlpo/default.aspx?pal=babaca
  3. a b Nel Lopes (2003). «Novo dicionário Banto do Brasil». 2003. Consultado em 02/01/2012. 
  4. http://www.ideario.org.br/neab/kule2/Textos%20kule2/Rachel.pdf
  5. a b c Altair J. Aranha (2002). «Dicionário Brasileiro de Insultos». 2002. Consultado em 02/01/2012. 
  6. a b http://www.fflch.usp.br/dl/gela/textos/texto_contexto.pdf
  7. «Português 2 - Módulo Único» (PDF). Consultado em 02/01/2012. 
  8. a b c Jean Lauand (dezembro de 2011). «A lacuna de nossos insultos». dezembro de 2011. Consultado em 08/03/2014. 
  9. José Inácio Werneck (Junho de 2011). «Tommaso não era Busqueta». Direto da Redação. Consultado em 03/01/2012. 
  10. Gonzaguinha. «É». Consultado em 03/01/2012. 
  11. Maria Gadú. «Babaca Mirim». Consultado em 03/01/2012. 
  12. «Casseta e Planeta». Consultado em 03/01/2012. 
  13. O Globo (21/01/2010). «Em reunião ministerial, Lula chama Sérgio Guerra de 'babaca'». Globo.com. Consultado em 06/01/2011. 
  14. «Lula chama de "babaca rico" os estudantes contrários ao aumento de vagas em universidades». Zero Hora. 21/08/2008. Consultado em 12/06/2012. 
  15. «Google Search». Consultado em 03/01/2012. 
  16. a b «cunt». Merriam-Webster's Learner's Dictionary. Merriam-Webster. Consultado em 5 March 2011. 
  17. a b «CNRTL». Consultado em 04/01/2012. 
  18. «Definition of CUNT». Dictionary – Merriam-Webster online. Merriam-Webster. Consultado em 5 March 2011. 
  19. a b Morton, Mark (2004). The Lover's Tongue: A Merry Romp Through the Language of Love and Sex (Toronto, Canada: Insomniac Press). ISBN 978-1894663519. 
  20. «dictionnaire arg. pop. fam.». Consultado em 04/01/2012. 
Wikcionário
O Wikcionário possui o verbete Babaca.