Bad Day at Black Rock

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bad day at black rock
A Conspiração do Silêncio (PT)
Conspiração do Silêncio (BR)
 Estados Unidos
1955 •  Cor •  81 min 
Direção John Sturges
Produção Dore Schary
Género Drama
Faroeste
Música André Previn
Direção de arte Malcolm Brown
Cedric Gibbons
Direção de fotografia William C. Mellor
Edição Newell P. Kimlin
Companhia(s) produtora(s) Metro-Goldwyn-Mayer
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

Bad day at black rock (br: Conspiração do Silêncio; pt: A Conspiração do Silêncio) é um filme de suspense em estilo western, produzido em 1955 nos Estados Unidos, dirigido por John Sturges. Não se trata de um Western no sentido literal da palavra, mas sim um "thriller" com ambiente (de fundo social) tendo como cenário o Oeste do Século XX. O excelente uso do cinemascope perde-se na TV.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

John J. Macreedy, um ex-combatente da recém-terminada Segunda Guerra Mundial (o filme se passa em 1945), desperta curiosidade ao ser o primeiro passageiro dos últimos 4 anos a descer na minúscula estação de trem (comboio) de Black Rock, Arizona. Mas logo a curiosidade por sua chegada se transforma em uma aberta hostilidade, quando Macreedy começa a investigar um caso abafado por uma quadrilha local, que tenta impedi-lo de descobrir o que aconteceu com um agricultor japonês.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Foi o primeiro filme produzido pela MGM feito em Cinemascope;
  • Nicholas Schenck, presidente da MGM, era contrário à produção de Conspiração do Silêncio, por considerar sua história subversiva;
  • De acordo com a biografia de Spencer Tracy, a versão original do roteiro não dizia que o personagem John J. Macreedy tinha apenas um braço. Os produtores queriam que Tracy o interpretasse e, para atraí-lo, incluíram esta característica. Os produtores acreditavam que nenhum ator resistiria à tentação de interpretar um personagem com esta deficiência física;
  • O roteiro original previa que John J. Macreedy conseguia acender fósforos com apenas um braço. Spencer Tracy, que estava com dificuldades em realizar esta cena, sugeriu ao diretor John Sturges que seu personagem usasse um isqueiro Zippo, alegando que todo veterano que conhecia o possuía. 
  • A sequência de abertura com o trem foi incluída após exibições-teste, nas quais o público reagiu mal à abertura original.

Referências gerais[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.