Badger da Silveira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Badger da Silveira
Badger da Silveira
Governador do Rio de Janeiro Bandeira Estado RiodeJaneiro Brasil2.svg
Período de 31 de janeiro de 1963
a 1.º de maio de 1964
Antecessor(a) Luís Miguel Pinaud
Sucessor(a) Cordolino José Ambrósio
Dados pessoais
Nascimento 1916
Bom Jesus do Itabapoana
Morte 9 de maio de 1999 (83 anos)
Partido PTB (1945-1965)
Profissão político

Badger Teixeira da Silveira (Bom Jesus do Itabapoana, 19169 de maio de 1999) foi um político brasileiro.[1][2]

Era irmão do ex-governador Roberto Silveira e tio do político Jorge Roberto Silveira, quatro vezes prefeito de Niterói.[1][2]

Badger, um dos fundadores do PTB fluminense, foi delegado de polícia e vereador na cidade de Resende e quando da ascensão de seu irmão ao governo do estado, foi nomeado secretário de Educação e posteriormente ministro do Tribunal de Contas do estado do Rio.[1][2]

Leonel de Moura Brizola em palestra com Badger Teixeira da Silveira.

Após a morte de seu irmão num acidente aéreo e dos "governos-tampão" de José de Carvalho Janotti e Luís Miguel Pinaud é eleito governador do estado do Rio nas eleições de 1962. Aliado do presidente João Goulart, perdeu o mandato logo após o Golpe Militar de 1964, tendo seus direitos políticos cassados mesmo havendo negado qualquer envolvimento com movimentos subversivos e reafirmando sua fé católica, nas suas últimas tentativas de se manter no poder.[1][2]

Após a votação do seu impedimento pela Assembléia Legislativa fluminense, foi substituído pelo General Paulo Torres, nomeado pelo presidente Castelo Branco.[1][2] Teve ainda seus direitos políticos cassados por dez anos com base o AI-1 e retirou-se da vida pública.[1][2]

Referências

  1. a b c d e f «BADGER TEIXEIRA DA SILVEIRA». CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 7 de março de 2021 
  2. a b c d e f Barata, Carlos Eduardo de Almeida. «Governadores do Estado do Rio de Janeiro (1889 a 1975)» (PDF). Colégio Brasileiro de Genealogia: 40. Consultado em 7 de março de 2021 

Precedido por
Luís Miguel Pinaud
Governador do Estado do Rio de Janeiro
19631964
Sucedido por
Cordolino José Ambrósio


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.