Balança de capital

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Em contabilidade nacional, a balança de capital é uma das três balanças primárias que compõem a balança de pagamentos, juntamente com a balança corrente e a balança financeira.[1] Esta balança registra as transferências de capital unilaterais, aquelas que não originam um fluxo de pagamentos de rendimentos em sentido oposto, entre residentes e não residentes. O seu saldo é igual à capacidade (ou necessidade) de financiamento dos residentes, mas com o sinal oposto.[2]

O que diferencia esta balança da balança financeira, é o facto de ela tratar activos não-financeiros.[3]

Fontes[editar | editar código-fonte]

  1. «Estatísticas da balança de pagamentos». Banco de Portugal. Consultado em 8 de Abril de 2012. 
  2. «External accumulation accounts». http://circa.europa.eu. Consultado em 9 de Abril de 2012.  Ligação externa em |publicado= (Ajuda)
  3. Lequiller, François; Blades, Derek (2006). Understanding National Accounts (PDF) (em inglês) (França: OCDE). pp. 167–8. ISBN 92-64-02566-9. Consultado em 9 de Abril de 2012.