Banco Privado Português

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Banco Privado Português (BPP) foi um banco português fundado por João Rendeiro[1] e do qual foi accionista José Miguel Júdice.

Em 24 de julho de 2009, Paulo Guichard e Salvador Fezas Vital, dois ex-administradores do BPP que foram suspensos pelo Banco de Portugal, juntaram-se a João Rendeiro no processo do caso BPP ao serem constituídos arguidos por serem indiciados de falsificação de contas, crimes fiscais e branqueamento de capitais[2]

Em 15 de abril de 2010, o Banco de Portugal, "depois de verificada a inviabilidade dos esforços de recapitalização e recuperação desta instituição", decretou o fim do Banco Privado Português[3]

Em 11 de outubro de 2010, foi noticiado que a Polícia Judiciária conduziu buscas nas casas de ex-responsáveis do BPP sob o âmbito de uma investigação sobre suspeitas de branqueamento de capitais e de burla[4]

Os três principais administradores do Banco Privado Português - João Rendeiro, Paulo Guichard e Fezas Vital -, receberam 6,4 milhões de euros em 2008, ano em que a instituição faliu. Só João Rendeiro, antigo presidente do conselho de administração, arrecadou 2,8 milhões[5].

A 5 de Junho de 2015 os três arguidos João Rendeiro, Paulo Guichard e Salvador Fezas Vital foram absolvidos do crime de burla qualificada.[6]

Referências

  1. «BPP: João Rendeiro saldou três milhões de dívidas ao fisco». Semanário Expresso. 31 de julho de 2009. Consultado em 16 de julho de 2011 
  2. «Caso BPP: constituídos mais dois arguidos». Diário de Notícias (Portugal). 25 de julho de 2009. Consultado em 16 de julho de 2011 
  3. «Banco de Portugal decreta fim do BPP». Semanário Expresso. 16 de abril de 2010. Consultado em 16 de julho de 2011 
  4. «BPP: Buscas na casa de ex-administradores». Semanário Expresso. 11 de outubro de 2011. Consultado em 16 de julho de 2011 
  5. «Rendeiro ganhou 2,8 milhões no ano em que o BPP caiu» 
  6. «João Rendeiro absolvido da acusação de burla qualificada no BPP». Público. 5 de Junho de 2015. Consultado em 7 de Junho de 2015 
Ícone de esboço Este artigo sobre um banco ou instituição financeira é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.