Banco de Crédito Nacional

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
BCN
Razão social Banco de Crédito Nacional S/A
Atividade Serviços financeiros
Fundação 1929
Encerramento 2004
Sede São Paulo, SP, Brasil
Produtos Banco
Sucessora(s) Bradesco

Banco de Crédito Nacional ou BCN foi um banco brasileiro, fundado em 1929, mesmo ano do crash da bolsa de Nova Iorque.

Era um banco paulista que foi incorporado pelo Bradesco nos anos 1990.[1]

Teve seu início como um banco familiar chamado Casa Bancária Conde. Na gestão de Pedro Conde teve seu período de expansão.

Para comprar o BCN, o Bradesco pagou 1 bilhão de dólares para seus antigos controladores. O BCN tentou recuperar outra instituição financeira, o Banco Pontual, em 1996, assumindo partes das administrações bancárias, porém não conseguiu evitar a intervenção do BACEN em 1999.[2]

Ícone de esboço Este artigo sobre um banco ou instituição financeira é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências

  1. Adachi, Vanessa (4 de Dezembro de 1997). «Bradesco conclui a compra do BCN». Folha de S. Paulo. Consultado em 23 de setembro de 2018. Cópia arquivada em 23 de setembro de 2018 
  2. «Título ainda não informado (favor adicionar)» (PDF). www2.camara.leg.br