Bancolombia Open

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde agosto de 2013). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O Bancolombia Open é uma competição de tênis masculino, realizado em piso de saibro, atualmente válido pelo ATP Challenger Tour, mas já fez parte do ATP International Series, sediado em Bogotá, Colômbia.

Edições[editar | editar código-fonte]

Simples[editar | editar código-fonte]

Ano Campeão Vice-Campeão Placar
2010 Brasil João Souza Colômbia Alejandro Falla 4–6, 6–4, 6–1
2009 Argentina Horacio Zeballos México Santiago González 7–6(3), 6–0
2008 Brasil Marcos Daniel Espanha Iván Navarro 6–3, 1–6, 6–3
2007 Colômbia Santiago Giraldo Brasil Flávio Saretta 7–6(4), 6–2
2006 Colômbia Alejandro Falla Brasil André Sá 6–4, 6–2
2005 Chile Paul Capdeville Colômbia Pablo González 6–3, 6–4
2004 Colômbia Alejandro Falla Chile Adrián García 4–6, 6–1, 6–2
2003 Não Aconteceu
2002
2001 Espanha Fernando Vicente Argentina Juan Ignacio Chela 6–4, 7–6(6)
2000 Argentina Mariano Puerta Marrocos Younes El Aynaoui 6–4, 7–6(5)
1999 Não Aconteceu
1998 Argentina Mariano Zabaleta Paraguai Ramón Delgado 6–4, 6–4
1997 Espanha Francisco Clavet Equador Nicolás Lapentti 6–3, 6–3
1996 Áustria Thomas Muster Equador Nicolás Lapentti 6–7, 6–2, 6–3
1995 Equador Nicolás Lapentti Colômbia Miguel Tobon 2–6, 6–1, 6–4
1994 Venezuela Nicolás Pereira Colômbia Mauricio Hadad 6–3, 3–6, 6–4

Duplas[editar | editar código-fonte]

Ano Campeões Vice-Campeões Placar
2010 Brasil Franco Ferreiro
México Santiago González
Alemanha Dominik Meffert
Áustria Philipp Oswald
6–3, 5–7, [10–7]
2009 Argentina Sebastián Prieto
Argentina Horacio Zeballos
Áustria Alexander Peya
Espanha Fernando Vicente
4–6, 6–1, [11–9]
2008 Argentina Brian Dabul
Paraguai Ramón Delgado
Brasil Thomaz Bellucci
Brasil Bruno Soares
7–6(5), 6–4
2007 Argentina Martín García
Argentina Diego Hartfield
Portugal Frederico Gil
Bélgica Dick Norman
6–4, 3–6, [10–5]
2006 Estados Unidos Eric Butorac
Estados Unidos Chris Drake
Paraguai Ramón Delgado
Brasil André Sá
W/O
2005 Brasil Marcos Daniel
México Santiago González
Estados Unidos Goran Dragicevic
Estados Unidos Mirko Pehar
7–6(4), 6–3
2004 Colômbia Sebastian Quintero
Colômbia Óscar Rodríguez
Argentina Gustavo Marcaccio
Argentina Diego Veronelli
6–3, 6–4
2003 Não Aconteceu
2002
2001 Argentina Mariano Hood
Argentina Sebastián Prieto
Argentina Martín Rodríguez
Brasil André Sá
6–2, 6–4
2000 Argentina Pablo Albano
Argentina Lucas Arnold Ker
Espanha Juan Balcells
Colômbia Mauricio Hadad
7–6(4), 1–6, 6–2
1999 Não Aconteceu
1998 Argentina Diego del Río
Argentina Mariano Puerta
Hungria Gábor Köves
Filipinas Eric Taino
6–7, 6–3, 6–2
1997 Argentina Luis Lobo
Brasil Fernando Meligeni
Marrocos Karim Alami
Venezuela Maurice Ruah
6–1, 6–3
1996 Venezuela Nicolás Pereira
República Checa David Rikl
Equador Pablo Campana
Equador Nicolás Lapentti
6–3, 7–6
1995 República Checa Jiří Novák
República Checa David Rikl
Estados Unidos Steve Campbell
Estados Unidos MaliVai Washington
7–6, 6–2
1994 Bahamas Mark Knowles
Canadá Daniel Nestor
Estados Unidos Luke Jensen
Estados Unidos Murphy Jensen
6–4, 7–6

Ligações externas[editar | editar código-fonte]