Banda Styllus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Banda Styllus
Informação geral
Origem Limoeiro do Norte, CE
País  Brasil
Período em atividade 1989 -Atualmente
Gravadora(s) Somzoom

Banda Styllus é um grupo musical formado por Ednir Maia (formação inicial), Ailson Maia e Joáb Maia.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Grupo de forró fundado em julho de 1989, pelo cantor e compositor Edinir. O grupo inicialmente chamava-se “Banda Styllus 7”, pois era formado por Edinir e seus 6 irmãos. Segundo as palavras dele, “eram 7 irmãos e 7 notas musicais”. Em 1991, já com o nome modificado para “Ednir e Banda Styllus”, lançaram seu primeiro disco, “Mistura”, que apresentou a música de trabalho “Coração Velho”. O segundo LP foi gravado no início de 1992. Entretanto, dias após a gravação, o criador do grupo, Edinir, faleceu em um acidente de moto. No CD, foi lançada a sua composição “Vida de Vaqueiro”, que seria regravada por vários outros artistas, entre eles, Mastruz com Leite.

Após a morte de Edinir, os irmãos Ailson Maia e Joáb Maia assumiram a liderança. Em 1994, assinaram contrato com a gravadora Som Zoom, através da qual gravaram vários CDs, entre eles, Dor de Saudade, que trouxe os sucessos “Dor de Saudade”, Coração Velho II, “Styllão” e "Você me Magoou”. Músicos participantes do Cd Dor de Saudadade ( Acordeon: Raimundo Silva, Bateria: Everton Maia (Batatinha) Baixo: Adalberto, Guitarra: Zé Guitarra, Teclados: Carlinhos Tecla, Percussão: Berg e Sérgio, Sax: José Nilson, Voz: Nilberton, Joab e Tetê, Vocal: Tetê, França, Carlinhos, Silvina e Everton Maia (Batatinha) Nesse mesmo ano, a cantora Rosângela passa a integrar o grupo. O quinto CD da banda, “Flertes”, lançado em 1997, fez sucesso com as músicas “Vem me amar”, “Lágrimas de amor” e a própria faixa-título “Flertes”, ganhando destaque na voz de Daniela Campelo, na época, recém chegada na banda. A partir de 1998, com um nome já consolidado no nordeste, passaram a gravar de forma independente.

Em 2001, após uma década dedicada ao forró, lançaram o CD ”O Lambadão 2001”, que apresentou o maior sucesso da história do grupo, a música “Toque Toque DJ”, com a qual fizeram sucesso nacional, e apresentaram-se em programas de TV a nível nacional, em canais como Rede Globo, SBT, Record e Rede TV. Mas após a febre do lambadão, o grupo retorna ao estilo que o consagrou. Até 2012, lançaram 14 discos, sendo 2 LPs com o nome “Edinir e Banda Styllus”, e, 12 CDs após a morte de Edinir.

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Notas e Referências

  1. «Biografia no Cravo Albin». dicionariompb.com.br. Consultado em 5 de maio de 2013 
Crystal Clear app kguitar.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.